Tartan Arquitetura e Urbanismo

Tartan Arquitetura e Urbanismo

Tartan Arquitetura e Urbanismo
Tartan Arquitetura e Urbanismo
Número incorreto. Por favor, corrija o código do país (+55 para o Brasil), código da cidade ou número de telefone.
Ao clicar em 'Enviar', confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação será processada para responder ao meu pedido.
Nota: Poderá anular seu consentimento enviando email privacy@homify.com com efeito futuro
Enviado!
O profissional irá responder o mais breve possível.!

Prédio 17

Projetar em uma universidade exige posturas. A primeira, de respeito, ao ideal da educação, das ideias, da academia. A segunda, de reflexão, passados quase 40 anos de sua fundação, a Univates já possui uma identidade no seu campus e em sua comunidade. A terceira, de se lançar ao futuro, através de uma arquitetura que reflita o espírito da sua época.

Unir estes dois tempos, passado e futuro, na concepção de um prédio que abrigará os estudantes da área da tecnologia foi o que entendemos como nosso desafio.

Um volume maior porém mais leve, que abriga laboratórios de alta tecnologia e outro menor porém vernacular, que abriga a tradição, a sala de aula.

As grandes escadas de acesso conduzem o visitante ao espaço aberto coberto distribuidor. Da mesma forma a possibilidade de transposição do terreno permite que a praça participe ativamente do cotidiano do edifício

O prédio 17 da Univates foi concebido com clareza e simplicidade estrutural, o que permite contínuas ampliações, aproveitamento racional e grande flexibilidade na ocupação. Para alcançar grandes vãos, a opção foi pela utilização da estrutura metálica e lajes alveolares.

As vedações, internas e externas, foram pensadas de forma a articular os espaços com a flexibilidade, opacidade e transparências necessárias ou desejáveis. Vidros, painéis divisórias, placas de concreto.

Soluções consagradas pela arquitetura industrial, com um desenho eficiente, protegem as fachadas expostas ao sol mantendo a visual do campus. O vento é captado através do desenho dos edifícios, das aberturas cruzadas e dos vazios da edificação. Coberturas com isolamentos térmicos, contribuem para a manutenção de uma temperatura mais agradável no interior dos edifícios.

Placas fotovoltaicas na cobertura captam a energia do sol, transformam em energia elétrica. A água da chuva é coletada nas coberturas, e direcionada para um sistema de reuso, os esgotos sanitários são tratados e devolvidos puros ao meio ambiente. A sala de aula também pode ensinar.

  • Prédio 17: Escolas  por Tartan Arquitetura e Urbanismo

    Prédio 17

  • Prédio 17: Escolas  por Tartan Arquitetura e Urbanismo

    Prédio 17

  • Prédio 17: Escolas  por Tartan Arquitetura e Urbanismo

    Prédio 17

  • Prédio 17: Escolas  por Tartan Arquitetura e Urbanismo

    Prédio 17

  • Prédio 17: Escolas  por Tartan Arquitetura e Urbanismo

    Prédio 17

  • Prédio 17: Escolas  por Tartan Arquitetura e Urbanismo

    Prédio 17

  • Prédio 17: Escolas  por Tartan Arquitetura e Urbanismo

    Prédio 17

Admin-Area