Douglas Piccolo Arquitetura e Planejamento Visual LTDA.

Douglas Piccolo Arquitetura e Planejamento Visual LTDA.

Douglas Piccolo Arquitetura e Planejamento Visual LTDA.
Douglas Piccolo Arquitetura e Planejamento Visual LTDA.
Número incorreto. Por favor, corrija o código do país (+55 para o Brasil), código da cidade ou número de telefone.
Ao clicar em 'Enviar', confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação será processada para responder ao meu pedido.
Nota: Poderá anular seu consentimento enviando email privacy@homify.com com efeito futuro
Enviado!
O profissional irá responder o mais breve possível.!

Centro Comercial Angeloni Agronômica – Florianópolis/ SC

Área Terreno – 21.707,20m²
Área total construída – 37.440,85m²

PROGRAMA

- Nave central que abriga o hipermercado

- Centro comercial, em torno da nave com as seguintes atividades:

- Áreas de eventos culturais e recreação infantil;

- Lojas de alimentação – 14 unidades;

- Praça de alimentação – 472 lugares;

- Lojas de comércio diversificado – 15 unidades;

– Estacionamento coberto – 561 vagas;

– Estacionamento descoberto – 81 vagas;

– Área de apoio Angeloni.

ARQUITETURA – Conceitos Gerais:

- Privilegiar a iluminação natural para reduzir o consumo de energia e consequentemente reduzir o impacto ambiental, beneficiando a saúde do usuário da edificação;

- Isolar as fontes de calor e adequar a construção no aproveitamento da irradiação solar – Placas térmicas para aquecimento de água e placas fotovoltaicas para geração de energia elétrica;

- Procurar o melhor equilíbrio da relação micro clima e topografia entre o ambiente natural e o artificial (construído).

- Utilização do conceito OBRA LIMPA privilegiando a pré-fabricação (estruturas de concreto e aço) diminuindo os resíduos e abreviando o prazo de construção.

ARQUITETURA – Materiais:

- Matérias primas de origem renovável;

- Aproveitamento de resíduos na composição dos produtos;

- Fabricante com atuação social responsável;

- Origem e fabricação próximo ao local para melhorar a logística e minimizar os impactos de transporte;

- Durabilidade e adaptabilidade em função da vida útil do produto;

- Baixo impacto ambiental;

- Produtos de fácil conservação e limpeza.

INSTALAÇÕES HIDROSANITÁRIAS

- Aproveitamento de Água de Chuva;

- Água quente por aproveitamento térmico dissipadores;

- Separação de lixo;

- Tratamento efluentes;

INSTALAÇÕES DE CLIMATIZAÇÃO

- Grupos de Água Gelada que utilização refrigerante tipo HFC, com ODP=0 (ODP: Potencial de Destruição da Camada de Ozônio).

- Implantação de Reservatório de Termo Acumulação que permite o desligamento dos Grupos de Água Gelada no Horário de Ponta da Energia Elétrica (HP), reduzindo o impacto sobre o carregamento das linhas de transmissão nesse horário.

- Operação da instalação de ar condicionado através de BMS (automação centralizada) que possibilita o gerenciamento de horários e disponibilidades.
 

INSTALAÇÕES DE FRIO ALIMENTAR

- Instalação centralizada com a utilização de refrigerante tipo HFC, com ODP=0.

- Utilização de fluidos secundários tanto na instalação de Média (MT) como na de Baixa Temperatura (BT), com redução acentuada no Potencial de Aquecimento Global (GWP) em função da pequena quantidade de refrigerante e da redução dos riscos de vazamento.

-Utilização de técnicas de aumento do desempenho dos Chillers de Frio Alimentar tais como: sub-resfriamento do líquido em cascata (ar condicionado resfria o liquido do Chiller de Media (MT) e este do Chiller de Baixa Temperatura (BT)), operação em baixíssima temperatura de condensação nos meses de meia estação e inverno, controle de capacidade por temperatura de líquido e não por pressão. Disso tudo resulta em valores de TWP (Potencial de Aquecimento Total) bem inferiores a de instalações convencionais.

- Utilização de ventiladores com motores tipo eletrônicos nos condensadores a ar, com efetiva redução de consumo tanto em carga total e principalmente, em carga parcial.

- Degelo dos balcões de baixa temperatura com fluido secundário aquecido pela recuperação do calor dos compressores, dispensando o uso de resistências elétricas.

- Recuperação do calor dos compressores para aquecimento da água de higienização e banhos.

- Vidros e resistências de desembaçamento dos balcões frigoríficos com controle de potência individual e regulável conforme o clima interno da loja, reduzindo o sobre aquecimento, comum nesses casos.

- Instalação de ventiladores na parte inferior dos balcões verticais para recuperação do frio normalmente perdido e transferência para a instalação de ar condicionado.

- Balcões frigoríficos e forçadores de câmaras com ventiladores de baixo consumo com redução de 75% da energia consumida.

- Utilização de cortinas noturnas em balcões verticais com que propicia a redução de 30% da carga térmica de refrigeração nesse horário.

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

- Utilização de lâmpadas de alta eficiência energética em toda edificação, LEDs e similares;

- Plano de acionamento que permite o comando da iluminação de forma racional;

- Utilização de sensores de presença, timers e fotocélulas para comando da iluminação objetivando redução no consumo de energia

- A Geração de energia também é um ponto que contribui com a otimização das instalações mas que só é encarado como item de sustentabilidade quando utilizadas fontes limpas ou combustível não fóssil*.

- Previsão da instalação dos painéis fotovoltaicos*.

ACESSIBILIDADE

- Sistema de rampas, sanitários, piso tátil, outros, conforme NBR 9050;

- Equipamentos mecanizados – Esteiras e Elevadores.

  • Foto maquete técnica.: Lojas e imóveis comerciais  por Douglas Piccolo Arquitetura e Planejamento Visual LTDA.

    Foto maquete técnica.

  • Foto maquete técnica.: Lojas e imóveis comerciais  por Douglas Piccolo Arquitetura e Planejamento Visual LTDA.

    Foto maquete técnica.

  • Foto maquete técnica.: Lojas e imóveis comerciais  por Douglas Piccolo Arquitetura e Planejamento Visual LTDA.

    Foto maquete técnica.

  • Foto maquete técnica.: Lojas e imóveis comerciais  por Douglas Piccolo Arquitetura e Planejamento Visual LTDA.

    Foto maquete técnica.

  • Vista parcial para Avenida Governador Irineu Bornhausem com vista para Ponta do Lessa.: Lojas e imóveis comerciais  por Douglas Piccolo Arquitetura e Planejamento Visual LTDA.

    Vista parcial para Avenida Governador Irineu Bornhausem com vista para Ponta do Lessa.

  • Detalhe da cobertura.: Lojas e imóveis comerciais  por Douglas Piccolo Arquitetura e Planejamento Visual LTDA.

    Detalhe da cobertura.

  • Vista parcial Avenida Governador Irineu Bornhausem com vista para o Parque do Manguezal do Itacorubi.: Lojas e imóveis comerciais  por Douglas Piccolo Arquitetura e Planejamento Visual LTDA.

    Vista parcial Avenida Governador Irineu Bornhausem com vista para o Parque do Manguezal do Itacorubi.

  • Vista parcial do estacionamento superior coberto e acesso principal.: Lojas e imóveis comerciais  por Douglas Piccolo Arquitetura e Planejamento Visual LTDA.

    Vista parcial do estacionamento superior coberto e acesso principal.

  • Vista parcial do estacionamento superior coberto e acesso principal.: Lojas e imóveis comerciais  por Douglas Piccolo Arquitetura e Planejamento Visual LTDA.

    Vista parcial do estacionamento superior coberto e acesso principal.

  • Praça de alimentação.: Lojas e imóveis comerciais  por Douglas Piccolo Arquitetura e Planejamento Visual LTDA.

    Praça de alimentação.

Admin-Area