Logi Arquitetura

Logi Arquitetura

Logi Arquitetura
Logi Arquitetura
Número incorreto. Por favor, corrija o código do país (+55 para o Brasil), código da cidade ou número de telefone.
Ao clicar em 'Enviar', confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação será processada para responder ao meu pedido.
Nota: Poderá anular seu consentimento enviando email privacy@homify.com com efeito futuro
Enviado!
O profissional irá responder o mais breve possível.!

DW Logistics

A DW Comissária, empresa do ramo de comércio exterior, necessitava de uma nova sede para suas atividades. Como premissas, o produto final deveria apresentar, acima de tudo, espaços flexíveis para mudanças de layout, devido à natureza da atividade, e desempenho superior ao de edificações similares convencionais.

Inserido em um terreno de pequenas dimensões (660 m²), o empreendimento, composto por térreo, três pavimentos e área técnica, totalizando 1.270,75 m², está edificado em lote urbano na cidade de Curitiba.

LUZ NATURAL

A implantação e a forma do edifício foram pensadas para evitar as insolações indesejáveis e privilegiar a luz natural. Inserido em um terreno de pequenas dimensões (660 m²), o empreendimento, composto por térreo, três pavimentos e área técnica, totalizando 1.270,75 m², está edificado em lote urbano na cidade de Curitiba. Luz natural A implantação e a forma do edifício foram pensadas para evitar as insolações indesejáveis e privilegiar a luz natural. Com base nisso, a fachada sul da edificação apresenta grandes vãos de vidro, sobretudo junto à escada, como forma de conseguir o maior ganho possível da luz do dia, sem prejuízos térmicos. A planta linear dos pavimentos possibilita que o alcance da iluminação externa vinda das janelas atinja boa parte da área de piso, o que reduz a necessidade de uso de iluminação artificial. As fachadas mais expostas à insolação foram trabalhadas limitando-se as áreas de aberturas (leste e oeste) ou com a instalação de elementos de controle solar (fachada norte). 

VÃOS LIVRES

Os espaços de trabalho desenvolvem-se em plantas livres, conseguidas por meio de lajes em concreto protendido, com áreas variando, aproximadamente, entre 280 m² e 330 m² cada. O núcleo de circulação vertical concentra, além da escada de incêndio, um elevador e uma escada para uso mais frequente pelos usuários da edificação, posicionados estrategicamente para que sua grande área envidraçada funcione como um captador da luz externa para as áreas de circulação dos pavimentos. 

OTIMIZANDO A TOPOGRAFIA

Pelas características do tipo de solo da região, optou-se por não construir subsolo, uma vez que demandaria custos excessivos com as fundações. Assim, o estacionamento, bem como o bicicletário, fica no pavimento térreo, o que contribui para a redução significativa dos resíduos gerados pela obra. 

FLEXIBILIDADE

Enfatizando o caráter flexível dos espaços, os pavimentos apresentam sistema de piso elevado e forros em sistema modular, de maneira que haja menos resíduos para sua instalação, além de facilitar manutenções e modificações de layout. A utilização de divisórias internas em drywall apresenta vantagens com relação aos sistemas convencionais quanto à menor carga e à maior velocidade de execução, mas, sobretudo, no que diz respeito à redução dos desperdícios e resíduos gerados. 

Seguindo o mesmo pensamento, os fechamentos das fachadas laterais consistem de sistema steel-frame com vedação externa em placas cimentícias (e interna em gesso, com isolamento termoacústico entre as faces), cuja modulação foi utilizada no tratamento plástico das mesmas. A fachada frontal, reta e sem aberturas caracteriza-se pela simplicidade. 

BIM 

Todo o projeto foi desenvolvido em tecnologia BIM, otimizando os resultados e gerando informações mais próximas da realidade da obra. A conexão entre todas as informações do projeto produz informações e documentações mais precisas, permitindo a minimização de erros e a antecipação de possíveis problemas na fase de execução da obra, aumentando significativamente a qualidade do serviço entregue ao cliente e, por consequência, de todo o processo construtivo relativo ao empreendimento.

  • DW Logistics: Edifícios comerciais  por Logi Arquitetura

    DW Logistics

  • DW Logistics: Edifícios comerciais  por Logi Arquitetura

    DW Logistics

  • DW Logistics: Edifícios comerciais  por Logi Arquitetura

    DW Logistics

  • DW Logistics: Edifícios comerciais  por Logi Arquitetura

    DW Logistics

  • DW Logistics: Edifícios comerciais  por Logi Arquitetura

    DW Logistics

  • DW Logistics: Edifícios comerciais  por Logi Arquitetura

    DW Logistics

Admin-Area