Tacoa

Tacoa

Tacoa
Tacoa
Número incorreto. Por favor, corrija o código do país (+55 para o Brasil), código da cidade ou número de telefone.
Ao clicar em 'Enviar', confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação será processada para responder ao meu pedido.
Nota: Poderá anular seu consentimento enviando email privacy@homify.com com efeito futuro
Enviado!
O profissional irá responder o mais breve possível.!

Galeria Adriana Varejão

O Centro de Arte Contemporânea Inhotim, localizado em Brumadinho, um pequeno município próximo da capital do Estado de Minas Gerais, Belo Horizonte é uma iniciativa pessoal do empresário Bernardo Paz. O museu possui um conceito arquitetônico diferenciado: ao invés de possuir todas as duas instalações em um único edifício, é composto por diversas galerias espalhadas em um parque de aproximadamente 35 hectares.

A Galeria Adriana Varejão foi encomendada para abrigar dois trabalhos da artista adquiridos pelo museu e exibidos na fundação Cartier: a escultura Linda do Rosário e o políptico Celacanto Provoca Maremoto (com o desenvolvimento do projeto a artista colocaria outras quatro peças no edifício, duas delas especialmente concebidas para ele). O projeto deveria ocupar parte de um monte típico da topografia mineira parcialmente rodeado pela mata nativa da região, utilizado até então como depósito de containers. A topografia original havia sido modificada para esse uso, e um grande corte havia sido feito, criando o grande plano horizontal necessário ao armazenamento.

O projeto procurou recompor a topografia original do sitio, e inserir nele um elemento artificial, um bloco regular de concreto armado (não foi necessária protensão), inserido parcialmente no morro. A estrutura é composta por um muro de arrimo irregular, que conquista o espaço do térreo e recebe as cargas do bloco, na sua parte mais profunda através de duas vigas, e no meio através de quatro colunas integradas ao muro.

O edifício também foi concebido como um percurso em espiral que conecta dois níveis diferentes do parque, alternando espaços e contração/passagem e de expansão/exposição: a partir do térreo, 1. no meio do espelho d’água, em uma passagem estreita, afastando-se do edifício; 2. a pequena praça quadrada do térreo (de Varejão: Panacea Phantastica, um banco revestido de azulejos com desenhos de plantas alucinógenas); 3. a passagem se volta para o edifício; 4. o térreo, dentro do morro, abaixo do bloco de concreto (obras de Varejão: a escultura Linda do Rosário e a pintura O Colecionador); 5. a escada; 6. o primeiro pavimento, dentro do bloco de concreto (de Varejão, o políptico Celacanto provoca maremoto); 7. a rampa; 8. a cobertura, sobre o bloco de concreto (de Varejão, outro banco revestido com azulejos, agora com desenhos de pássaros, Passarinhos, de Inhotim a Demini); 9. a ponte. Ou vice-versa.

  • Fachada: Museus  por Tacoa

    Fachada

  • Entrada do térreo: Museus  por Tacoa

    Entrada do térreo

  • Térreo: Museus  por Tacoa

    Térreo

  • Cobertura: Museus  por Tacoa

    Cobertura

Admin-Area