Eletricistas - Belem: Encontre os melhores profissionais | homify

8 Eletricistas em Belém

Cidade

Tudo que você precisa saber para contratar Eletricistas em Belém

Com pouco mais de 400 anos de fundação, a cidade de Belém é a mais populosa do Pará, chegando a 1,5 milhão de habitantes. Entretanto, foi só nas últimas décadas que a cidade passou por uma grande verticalização por conta do plano de valorização dos espaços urbanos, mesclando os prédios com a arquitetura colonial que é tão evidente e importante para o cenário de Belém.

Essa verticalização movimentou em especial o setor de engenharia civil, arquitetura e todos os serviços relacionados, incluindo o dos eletricistas em Belém. Esses profissionais atuam de várias formas e nem sempre as pessoas sabem para quais tipos de serviços podem contratá-los.

Quando devo contratar um eletricista em Belém?

Lidar com energia elétrica é para quem sabe como ela funciona, pois é uma atividade de alto risco. Por isso que os eletricistas são essenciais sempre que há necessidade de instalação ou manutenção de redes elétricas.

Você deve contratar um eletricista quando precisar de manutenção corretiva ou preventiva da elétrica da sua casa ou empresa, quando precisar executar um projeto de elétrica desenvolvido por um engenheiro eletricista, fazer vistorias nas instalações e também para pequenos reparos no dia a dia, caso não possa ou não saiba fazê-los por conta própria.

Pequenos reparos: muitas pessoas pensam que não há necessidade de chamar um profissional apenas para fazer a troca de um chuveiro, por exemplo. Mas se a própria pessoa não sabe fazer essa tarefa do jeito certo, não vale a pena colocar a vida em risco e deve sim chamar um eletricista para garantir um trabalho benfeito.  

Construção e reforma: quando estiver construindo ou reformando uma casa, esse profissional também entra em cena. O arquiteto ou o engenheiro vai elaborar o projeto, incluindo da parte elétrica, e o eletricista vai ler o projeto e executá-lo conforme as orientações recebidas.

Revitalização de construção antiga: como a eletricidade só chegou a Belém no começo do século 20, as edificações anteriores a esse período não possuíam sistema de eletricidade e nem havia muitos eletricistas, pois foi somente nessa época que a profissão começou a surgir. Mas atualmente, por ainda ser uma cidade repleta de construções antigas, muitos eletricistas são especializados em atuar com esse nicho, quando as edificações centenárias necessitam de revitalização ou reparos.

Instalações para o conforto térmico: mesmo sendo uma das cidades mais chuvosas do país porque é influenciada pelo clima de floresta tropical, Belém é uma cidade quente, com temperatura média de 26 graus. Essa é mais uma razão para que o serviço dos eletricistas em Belém seja tão necessário. Constantemente há necessidade de instalação e manutenção de sistemas de ar-condicionado e execução de projetos de iluminação mais econômicos e que gerem menos aquecimento nos ambientes. Então é para todas essas atividades você pode e deve contratar eletricistas em Belém.     

Quanto cobram os eletricistas em Belém?

Por existirem vários tipos de serviços que os eletricistas em Belém podem prestar, não é possível determinar um preço sem antes saber o que será feito e qual a complexidade do trabalho. Se você precisar de um serviço simples e quiser contratar um profissional autônomo, geralmente ele vai cobrar por diária.

Essa forma de cobrança é a mais comum porque acontece muito de o cliente solicitar algo simples, mas quando chega ao local o eletricista percebe que não era tão simples assim. Então terá que dedicar mais tempo ao serviço e, dessa forma, não sairá no prejuízo por ter cobrado por um serviço mais simples do que realmente precisou fazer.

Existe também o tipo de cobrança por metro quadrado, quando por exemplo se trata de fazer a instalação elétrica em uma construção. O profissional vai ler o projeto e terá ideia de quanto tempo vai levar para executá-lo. Então poderá fazer um orçamento com mais precisão, pois a existência de um projeto facilita pensar em tudo o que precisará ser feito, com menos chance de imprevistos e custos extras.   

Contudo, de modo geral, em qualquer forma de cobrança, o valor é definido pelo profissional que poderá incluir na sua hora trabalhada custos como deslocamento, refeição e INSS, por exemplo. Cada profissional sabe da sua realidade e necessidades, mas isso pode ser um problema quando o cliente não tem ideia se o preço orçado é justo ou não.

Dicas para contratar eletricistas em Belém

Por conta da dúvida que surge quando um profissional passa um orçamento e o cliente não tem ideia se está pagando o quanto vale, o ideal é solicitar pelo menos três orçamentos para o mesmo serviço. Assim poderá fazer comparações e escolher com base na média de preços orçados.

Outra dica é sempre procurar por eletricistas em Belém que estejam perto da casa ou empresa onde o serviço será executado. Por causa do custo de deslocamento, o simples fato de chamar um profissional de outro bairro poderá aumentar consideravelmente o custo do serviço. Só faça isso se já tiver recomendação do profissional e confiar no serviço dele, pois nesse caso justifica pagar um pouco mais e garantir um bom resultado.

Se você precisar de um eletricista para um serviço maior ou de alta complexidade, o ideal é que tenha um projeto de elétrica em mãos, elaborado por um engenheiro eletricista. Sim, será um custo a mais, porém deve considerá-lo investimento ao invés de despesa.

Embora os eletricistas tenham que saber interpretar um projeto, eles não possuem habilitação para a elaboração desse tipo de documento. Sendo assim, se não tiver um projeto a seguir, o serviço poderá ficar muito mais complicado, desorganizado e demorado, fazendo o que parecia ser barato acabar custando muito mais caro.

Agora que já tem as dicas de como contratar eletricistas em Belém sem ter prejuízo, comece a sua busca por profissionais aqui na homify, visitando os perfis e entrando em contato para solicitar orçamentos. Seja claro sobre o tipo de serviço a ser prestado e também sobre a localização para que, assim, o orçamento seja feito de forma justa, tanto para você quanto para o profissional.