Designers de interiores e decoradores - Londrina: Encontre os melhores profissionais | homify

1 Designers de interiores e decoradores

Cidade

Designers de interiores e decoradores em Londrina

Popularmente conhecida como a capital do café, Londrina é uma cidade que cresceu muito durante o século XX devido ao cultivo e comercialização do café e conta atualmente com o reflexo deste crescimento histórico. Fundada em 1934 Londrina foi assim batizada por ingleses que viram semelhança entre a névoa característica da mata atlântica, com a neblina de Londres, ficando assim traduzido como “pequena Londres”, em homenagem à capital da Inglaterra e do Reino Unido. A cidade então foi inicialmente colonizada por ingleses, porém atualmente a maior parte das pessoas que vivem em Londrina são descendentes de italianos, alemães e japoneses.

É uma cidade com mais de 550 mil habitantes e conta com diversos parques e áreas verdes, estes que contabilizam mais de 7 milhões de metros quadrados, quase o dobro de área verde recomendada pela ONU.

Nos dias atuais a cidade tem como base econômica a prestação de serviços, indústria e agropecuária. Grandes shoppings centers, hospitais e o comércio forte e diversificado fazem parte da economia da cidade e além disso, o município está providenciando incentivos e suporte para fomentar o crescimento de novas empresas e negócios através da implantação de novos programas.

No setor da prestação de serviços estão alguns grandes profissionais da área do design e decoração de interiores, que atuam fortemente em projetos de apartamentos, comerciais, corporativos e outros. Entenda mais sobre como funciona esse setor em Londrina a seguir:

Qual a diferença entre designer de interiores e decorador?

Essas duas profissões, tão importantes e complementares entre si podem parecer a mesma coisa, mas não são. Uma das principais diferenças entre ambas é a formação. O designer de interiores passa por um curso de 2 a 4 anos, enquanto que o decorador pode ser autodidata ou ter frequentado diversos cursos da área, porém menos extensos. O designer atua no desenvolvimento de um projeto de um ambiente como um todo, enquanto que o decorador faz a parte de finalização do ambiente com decoração.

O que faz um designer de interiores?

O designer de interiores, como o próprio nome diz, faz desenho de interiores, ou seja, ele programa e define a melhor configuração de um ambiente interno. O designer irá primeiramente lançar um projeto de layout de um espaço fazendo uso de marcenaria e divisórias, e posteriormente ele irá definir materiais, iluminação, revestimentos, mobiliário e decoração. Este profissional irá indicar lojas e parceiros para a execução e montagem do projeto, assim como deixará tudo especificado para a compreensão e execução do mesmo. 

O que faz um decorador?

O decorador trabalha focadamente em espaços internos, porém ele não faz projeto de marcenaria, gesso e luminotécnica. O decorador atua mais na parte sensorial, definindo combinações de cores, texturas e revestimentos que transmitem a personalidade de seus clientes, além de proporcionar bem-estar aos mesmos. É o profissional que faz a seleção de acessórios de decoração, móveis soltos, cortinas, tapetes e luminárias. O decorador comumente é autodidata e possui um olhar altamente aguçado para trabalhar com a repaginação e transformação de ambientes sem causar grandes transtornos com obra.

Como encontrar um bom designer de interiores ou decorador em Londrina?

Londrina é uma cidade com uma população exigente e de muito bom gosto, portanto poder contar com esses profissionais na hora de adquirir ou reformar um imóvel é indispensável. A forma mais rápida e fácil de encontrá-los é pela internet. A pesquisa por tipo de profissional e cidade já trará resultados para você. Além desta pesquisa no buscador comum a homify é uma plataforma especializada em arquitetura, design e decoração e portanto aqui você também encontra profissionais, sendo estes de alta qualidade e confiança. Outra boa forma de encontrá-los é por meio de indicação feita por conhecidos. E se você for uma pessoa que gosta de buscar profissionais em campo, ir em lojas de decoração, marcenarias, lojas de móveis em Londrina pode render boas indicações, já que esses estabelecimentos  normalmente possuem contato direto com esses profissionais. 

Quanto custa um projeto de interiores em Londrina?

Os valores podem variar muito de acordo com a complexidade do projeto, dimensão do mesmo e profissional. A Associação Brasileira de Designers de Interiores (ABD) define que para um projeto de 10 a 59 metros quadrados o valor estimado é de 76 reais a cada metro projetado. Para um projeto de 60 a 99 metros quadrados, o valor é 74 reais, e assim por diante. Esta tabela varia a cada ano e esses valores são para o estado do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Mesmo conhecendo a tabela e seus respectivos valores, cada profissional tem a liberdade de cobrar da forma que preferir, portanto para saber o valor exato de um projeto, o ideal é entrar em contato com o profissional diretamente. Aqui na homify é possível solicitar orçamento diretamente com o profissional, basta acessar a página do mesmo, para então conversar diretamente com o designer ou decorador. 

De uma forma geral um projeto de decoração, sem grandes intervenções, normalmente tem um valor mais baixo e, dependendo do caso, você pode até optar por uma consultoria online, que também é uma boa opção para quem busca custo e benefício.

Quais materiais não podem faltar em um projeto de interiores?

Londrina é uma cidade com uma população acolhedora e calorosa, portanto esses aspectos podem ser boas partidas para um bom design de interiores localizado neste município. Materiais como a madeira, tecidos e pedras são sempre grandes aliados na hora de proporcionar aconchego e conforto. As cores quentes também valem muito aqui, também para espantar um pouco do frio que faz no inverno de Londrina. 

Um bom projeto de interiores deve contar com as disciplinas necessárias para tal e sendo que cada projeto possui suas particularidades, de uma forma geral um projeto de interiores engloba: projeto de gesso, luminotécnica, layout, marcenaria, definição de revestimentos, têxteis, móveis soltos, decoração, equipamentos, metais, vidros, pinturas e acessórios em geral. Com esses itens um projeto fica completo e bem definido. Na parte da decoração, acessórios devem ser escolhidos para cada ambiente de acordo com as premissas dos clientes, e além destes, vale lembrar que as plantas naturais agregam muito valor a um bom projeto de interiores.