Colocador de piso - Salvador: Encontre os melhores profissionais | homify

0 Colocador de piso em Salvador

Cidade
A sua pesquisa não obteve resultados. Seja o primeiro a carregar fotos nesta categoria.

Colocador de pisos em Salvador

Uma das mais antigas cidades das Américas, fundada em 1549, e uma das primeiras planejadas, Salvador é o principal centro da cultura afro-brasileira e seu Centro Histórico foi declarado patrimônio mundial pela UNESCO em 1985. Com mais de 2,8 milhões de habitantes, a capital baiana é considerada a cidade com maior número de descendentes de africanos do mundo, os quais têm origem iorubá de países como Nigéria, Togo, Benim e Gana. Um estudo genético de 2015 demonstrou que 50,8% da população de Salvador é de ancestralidade africana, seguida por 42,9% de ancestralidade europeia e 6,4% de ancestralidade indígena. Na sua população, com predominância das mulheres (53,3%) em relação aos homens (46,7%), os pardos são maioria (51,7%), seguidos pelos negros (27,8%), brancos (18,9%) e pequenas porcentagens de amarelos e indígenas.

A herança africana pode ser encontrada em muitos aspectos culturais da vida cotidiana da capital baiana, como na culinária, na música e na religião. O candomblé convive lado a lado com o catolicismo, enquanto a capoeira encanta com a sua mistura de luta e dança e os tabuleiros das baianas oferecem quitutes únicos como vatapá e acarajé. Já o carnaval local, considerado a maior festa popular do mundo pelo Guinness Book de 2004, é um dos principais eventos da música da capital baiana, a qual foi reconhecida em 2015 como Cidade da Música pela UNESCO, título inédito que integrou Salvador à Rede de Cidades Criativas da organização, ao lado de Curitiba (design) e Florianópolis (gastronomia), as duas outras únicas cidades brasileiras a participar da rede.  

Também no que diz respeito ao meio ambiente e às belezas naturais, Salvador se destaca, oferecendo 80 km de praias com agradável temperatura da água e a presença de coqueiros, lagoas e dunas. A capital baiana também conta com quatro áreas de proteção ambiental (como as Lagoas e Dunas do Abaeté, parque reconhecido pela UNESCO como posto avançado da reserva da Mata Atlântica) e 12 áreas de proteção de recursos naturais.

Um dos destinos turísticos mais procurados no Brasil, atrás apenas do Rio de Janeiro, Salvador é uma cidade para se estar ao ar livre. Sua orla conta com quase 200 km de ciclovias, ciclorrotas e ciclofaixas, estimulando os passeios de bicicleta. Já as praias são uma atração permanente para visitantes e moradores em uma cidade que recebe mais de 2.400 horas de sol por ano, o que é amenizado por uma brisa vinda do Oceano Atlântico mesmo nos dias mais quentes.

Com um clima de floresta tropical, com temperatura média anual de 25°C e chuvas abundantes que ajudam a elevar a umidade, Salvador pode impor algumas condições específicas para quem está construindo ou reformando um imóvel. No caso de colocação de pisos, é preciso escolher de maneira acertada o tipo de revestimento, já que as condições climáticas da cidade podem pedir pisos frios para refrescar um pouco os interiores da casa ou, ainda, contra-indicar, por exemplo, pisos de madeira, que podem sofrer com a umidade, sem falar nas questões de segurança, que devem ser levadas em conta com a opção por revestimentos antiderrapantes para áreas externas. O colocador de pisos é o profissional que pode estudar cada caso e apresentar ao cliente sugestões de revestimentos que proporcionem o máximo de conforto e beleza, assim como indicar os melhores pisos dentro do orçamento existente.

 

O que faz um colocador de pisos?

Antes de mais nada, é preciso notar que o colocador de pisos também pode ser chamado de assoalheiro, que é aquele profissional que se dedica a apresentar sugestões e a executar a colocação de pisos propriamente ditos. Existe também a figura do azulejista, que antigamente se dedicava exclusivamente à colocação de azulejos, tanto em pisos quanto em paredes, mas que atualmente, em razão da menor procura por azulejos, trabalha também com outros revestimentos. Hoje em dia tanto o azulejista quanto o colocador de pisos podem instalar diversos tipos de pisos e revestimentos, mas também há profissionais que só instalam pisos. Além disso, embora muitos deles sejam generalistas e trabalhem com vários materiais, há aqueles que se especializam na colocação de um determinado tipo de piso, como o mármore, caso do marmorista, ou os laminados.

O colocador de piso pode atuar tanto na colocação de pisos e outros revestimentos em um imóvel novo, quanto em projetos de renovação de um imóvel antigo. Esse profissional vai saber sugerir as melhores opções para a impermeabilização da cozinha ou do banheiro, assim como as que mais proporcionem segurança em uma área molhada, como a da piscina e mesmo o banheiro. A partir de uma análise do solo e do layout da casa, o colocador de piso poderá sugerir, para cada ambiente da casa, as opções mais duradouras e/ou que apresentem padrões e desenhos que ajudem a dar destaque a um determinado ambiente.

Entre os tipos de pisos e revestimentos que o colocador de pisos ou o azulejista pode instalar nos diferentes ambientes internos e externos de um imóvel estão a madeira, o laminado, o piso vinílico, o porcelanato, o mármore, o granito, o azulejo, as pastilhas, o piso hidráulico, o piso cerâmico, diversos tipos de pedra e até mesmo o carpete. O profissional pode instalar revestimentos tanto no piso quanto nas paredes, bancadas, fachadas e outras superfícies. A melhor escolha depende das condições climáticas e das condições estruturais da casa, com as especificações de cada ambiente estabelecidas no projeto arquitetônico ou de design de interiores, caso ele exista.

 

Quanto custa contratar um colocador de pisos em Salvador?

Em Salvador ou em qualquer outra cidade, o custo de um colocador de pisos vai depender do tipo de material escolhido, já alguns exigem mais trabalho do que outros. Também encarecem a conta a experiência e a reputação do profissional, que pode ou não ser um especialista na colocação de um determinado material, como mármore ou madeira, o que também eleva o custo dos serviços. Vale lembrar que é preferível gastar mais e contratar um especialista na colocação do material desejado do que chamar um generalista que pode acabar fazendo um trabalho de baixa qualidade.

Outra coisa a se ter em conta é que, se houver muita demanda por esse profissional em determinadas épocas do ano, é provável que o custo fique mais alto, já que haveria poucos disponíveis para a demanda. Neste caso, o ideal é evitar chamar um colocador de piso em épocas festivas, como o final do ano, pois vai haver mais gente querendo preparar a casa para as festas e o preço do serviço, então, vai subir.

Um aquecimento na construção de empreendimentos imobiliários na cidade também concorre para a elevação dos custos do colocador de pisos, pois muitos profissionais que trabalham como autônomos acabam sendo contratados por empreiteiras e poucos ficam disponíveis para atender o mercado residencial. 

 

Como encontrar um colocador de pisos em Salvador?

Quando já se sabe qual material será aplicado no piso, caso mais provável de quem contratou um arquiteto ou designer de interiores para fazer um projeto de construção ou reforma do imóvel, o ideal é pedir a esse profissional recomendações de colocadores de piso especializados no material escolhido.

Se ainda não se sabe qual material utilizar em determinado ambiente e não se tem a orientação de um arquiteto ou designer de interiores, o melhor caminho é pedir indicações para familiares, amigos e conhecidos. Se o imóvel é um apartamento, pode-se pedir indicações também ao síndico, que costuma trabalhar com profissionais faz-tudo na manutenção do prédio. Outra ideia é pedir recomendações em lojas de materiais de construção. Agora, pode-se procurar desde já esse profissional no diretório da homify, que disponibiliza busca por cidade.