Colocador de piso - Campo Grande: Encontre os profissionais ideais | homify
Error: Cannot find module './CookieBanner' at eval (webpack:///./app/assets/javascripts/webpack/react-components_lazy_^\.\/.*$_namespace_object?:3644:12) at at process._tickCallback (internal/process/next_tick.js:189:7) at Function.Module.runMain (module.js:696:11) at startup (bootstrap_node.js:204:16) at bootstrap_node.js:625:3

211 Colocador de piso em Campo Grande

DUTRA CONSTRUÇÕES E ENGENHARIA
ATUAMOS COM REFORMAS E CONSTRUÇÕES NOS SEGMENTOS: RESIDENCIAL, COMERCIAL E CORPORATIVO. CONTE COM NOSSA EQUIPE PARA EXECUTAR
Revit pisos e revestimentos
A Revit pisos e revestimentos localizada em Curitiba ,  especializada  em aplicação de porcelanatos, pisos vinilicos, pastilhas
solideck com. mad. e servicos eirelli
Trabalhamos com : Deck Assoalho Taco Piso Pronto , Raspagem e Aplicação de Cascolac Bona e outros !! Estamos a 26 anos no
BERKEN PISOS
PISOS LAMINADOS ,VINILICOS, ACABAMENTOS,RODAPÉS ,PAPEIS DE PAREDE,MAO DE OBRA QUALIFICADAEMPRESA A 26 ANOS NO MERCADO
Supremo Pisos
A SUPREMO PISOS é uma empresa especializada em execução de pisos de alta resistência para industriais, comércios, condomínios
ISOLAMAX IND. E COM. DE ESTRUTURAS LEVES LTDA
PISOS ELEVADOS (INTERNO/EXTERNO)Fabricante de pisos elevados , certificados, com revestimentos e dimensões diversas (customizados
EMPORIO DOS ASSOALHOS
Trabalhamos com pisos de madeira em geral, vinilicos, laminados, deck, pergolado, faixada, briser entre outros.
MODELLAR INTERIORES
MODELLAR É UMA EMPRESA ESPECIALIZADA EM: PISO VINÍLICO, PISO HOSPITALAR, PISO LAMINADO E REFORMA DE INTERIORES
Deio acabamento
Olá colocação de pisos e azulejo . porcelanato e pedras decorativa .bancadas
claudeildo rodrigues
somos profissionais qualificados para executar a sua obra, com qualidade agilidade e preço justo
FLOORING JC, UNIPESSOAL LDA
A Flooring JC é uma empresa do ramo de Pavimentos, que abrange a venda de produtos têxteis: Alcatifas lisas ou com desenho

Colocador de pisos em Campo Grande

Fundada em 1872, Campo Grande tornou-se capital do estado do Mato Grosso do Sul no final dos anos 1970 e atualmente conta com uma população de cerca de 840 mil habitantes (mais de 31% do total do estado), segundo o IBGE em estimativa de 2018. Planejada, a cidade foi instalada em meio a uma grande área verde, a qual é atravessada por ruas e avenidas largas que formam o desenho de um tabuleiro de xadrez. Uma das cidades mais arborizadas do país, Campo Grande tem 96,3% das casas instaladas em meio à natureza e desfrutando de uma refrescante sombra.

Localizada em um planalto, a cidade permite a visão dos limites da linha do horizonte ao fundo de qualquer paisagem. Já a terra roxa ou vermelha que caracteriza a região valeu a Campo Grande a alcunha de Cidade Morena. A capital sul-matogrossense também é a que detém a maior porcentagem do Aquífero Guarani dentro do território brasileiro, o qual passa bem debaixo da sua área de cerca de 155km2.

Em diversas épocas, mesmo muito antes da criação do estado de Mato Grosso do Sul, a capital sempre atraiu muitos imigrantes como espanhóis, italianos, portugueses, japoneses, sírio-libaneses, armênios, paraguaios e bolivianos. Da mesma forma, muitas pessoas oriundas de outros estados do Brasil, especialmente São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, se estabeleceram na cidade por causa da sua qualidade de vida. Por outro lado, Campo Grande também concentra a segunda maior comunidade indígena do Brasil, de diversas etnias.

O clima de Campo Grande é classificado como tropical com estação seca, mas a longa distância da cidade em relação ao oceano e a grande influência da continentalidade fazem com que a amplitude térmica local seja relativamente elevada. Nos meses mais frios, a temperatura média é de pouco mais de 18 graus, embora a capital sul-matogrossense já tenha registrado temperaturas abaixo de zero grau (e até mesmo sensação térmica de menos 11 graus), assim como temperaturas de até 40 graus no verão. Essa grande variedade térmica deve ser levada em conta na hora de escolher pisos e revestimentos para a casa, que costumam ser assentados por um profissional chamado colocador de pisos.

 

O que faz o colocador de pisos

Também conhecido em algumas partes do Brasil como assoalheiro, o colocador de pisos é um profissional que, como parte de uma equipe de trabalho na construção civil, é encarregado de assentar pisos em diferentes ambientes, feitos de diversos materiais, na fase de acabamento de uma obra de construção ou de reforma. Ele pode atuar também como autônomo e realizar, além do assentamento de pisos e outros revestimentos, o reparo em peças danificadas de alguma forma. Pode ainda sugerir ao cliente materiais apropriados para cada ambiente, levando em conta as suas características estruturais e funcionais, assim como as condições ambientais e climáticas locais.

O colocador de pisos, na prática, pode instalar não apenas pisos, mas também executar serviços de  revestimentos em paredes, bancadas, móveis e outras superfícies. Quando é um profissional especializado unicamente em azulejos, ele é chamado de azulejista; outro especialista é o marmorista, que, como o nome já diz, só instala mármore, um material de assentamento bem trabalhoso. É mais comum, no entanto, que um colocador de pisos ou assoalheiro  (ou mesmo o azulejista) seja um profissional generalista, apto a colocar diversos tipos de pisos e revestimentos, como madeira, porcelanato, pastilhas, pedras, piso cerâmico ou hidráulico, entre outros materiais.

Em outras palavras, o colocador de pisos tem conhecimentos e experiência prática que o tornam capacitado a aplicar pisos e revestimentos em móveis antigos e novos, seja como mão de obra de uma empresa especializada contratada pelo cliente ( ou pelo arquiteto ou engenheiro contratado por este para acompanhar a obra) ou, ainda, como profissional autônomo que oferece diretamente ao cliente serviços de aplicação e reparos de pisos e revestimentos. O colocador de pisos geralmente também tem qualificação para realizar a impermeabilização de ambientes molhados como banheiro e cozinha e, ainda, áreas externas igualmente molhadas como quintais e piscinas, as quais precisam ser revestidas com materiais antiderrapantes que garantam a segurança dos usuários.

É bem grande a variedade de pisos e revestimentos que podem ser aplicados a ambientes internos e externos por um colocador de pisos ou profissional similar. Entre eles estão madeira (que se apresenta em tipos nobres como as madeiras maciças de várias cores e padrões ou, ainda, as compensadas e laminadas),  pisos cerâmicos ou hidráulicos, porcelanatos, azulejos, pastilhas, ladrilhos, pisos vinílicos, mármore, granito, pedras naturais as mais diversas e até o carpete.

A escolha do material mais adequado para cada ambiente está determinada no projeto arquitetônico, se houver, e depende, como já vimos, das condições estruturais, ambientais e climáticas do local da obra. Caso não haja um arquiteto ou engenheiro responsável pela escolha de um material que atenda tanto às questões funcionais quanto estéticas do ambiente em reforma ou construção, o colocador de piso experiente e qualificado pode sempre sugerir materiais que julga ideais para cada caso.

 

Custos de um colocador de pisos em Campo Grande

Como em qualquer outra cidade do Brasil, os custos dos serviços de um colocador de pisos em Campo Grande costumam variar muito. Um dos motivos é que cada material apresenta maior ou menor de instalação, caso do mármore, que, já vimos, exige mais e meticuloso trabalho para ser aplicado do que outros pisos e revestimentos. A extensão da área em que o material deverá ser aplicado também é um fator que resulta em custos mais ou menos elevados.

A experiência e o conhecimento técnico do colocador de pisos também pesa nos custos na medida que o profissional angaria mais reputação, especialmente quando se trata de um profissional especialista em um determinado piso ou revestimento, o que, a princípio, é garantia de um trabalho caprichoso e impecável. Apesar dos custos de um especialista serem maiores do que os de um generalista, sua contratação é fortemente recomendada. Porém, não adianta nada contratar um especialista na colocação de um determinado piso e querer economizar no material: é muito importante optar por material de primeira qualidade. Ao combinar material de boa qualidade e profissional especialista de boa reputação, pode-se certamente obter o resultado desejado pelo cliente ou estabelecido no projeto arquitetônico desenvolvido por um arquiteto ou engenheiro por ele contratado.

As condições ambientais e climáticas de Campo Grande devem ser sempre consideradas na escolha de um determinado material para um determinado ambiente. A capital sul-matogrossense tem clima tropical, com temperaturas que variam muito, indo de algumas bem baixas (até menos de zero grau é possível) no inverno e podendo chegar aos 40 graus no verão, mas que resultam em uma média de 25 graus. Assim, os pisos frios são recomendáveis na maioria dos ambientes de um imóvel por amenizarem o forte calor, mas, tendo em vista que, no inverno, as temperaturas podem baixar bastante, os quartos e também as salas certamente ficarão mais acolhedores e quentinhos com um piso de madeira.

É sempre interessante lembrar que o colocador de piso, como outros profissionais da construção civil, costuma ser bastante procurado nas vésperas de ocasiões festivas como Natal e Ano Novo, pois muita gente quer preparar a casa para as festas. Portanto, os custos de uma contratação serão menores em outras épocas do ano, o que as torna mais convidativas para quem quer economizar.

 

Como encontrar um colocador de pisos em Campo Grande

Em Campo Grande ou em qualquer outra cidade do Brasil, a contratação de um colocador de piso pode ser feita de duas maneiras. A primeira delas é por meio de uma empresa especializada, contratada diretamente pelo cliente ou por intermédio de um arquiteto ou engenheiro contratado, por sua vez, para elaborar e executar um projeto arquitetônico de construção ou reforma de imóvel. Nesse último caso, o arquiteto ou engenheiro geralmente já mantém parcerias com empresas especializadas ou mesmo profissionais autônomos que, além de garantirem qualidade nos serviços, podem oferecer descontos vantajosos nos custos. Também a contratação de um colocador de pisos por meio de uma empresa especializada pode ser uma garantia de qualidade na execução do serviço e até possíveis descontos.

A outra maneira de se contratar um colocador de pisos é partir em busca de um profissional autônomo, que é mais indicado para fazer assentamento de materiais de pequena extensão (como um único ambiente da casa, como o banheiro ou a cozinha), assim como para fazer reparos e substituições de pisos e revestimentos. Nesse caso, os familiares, amigos e conhecidos podem ser os primeiros a indicar contatos interessantes. Se o imóvel for um apartamento, o síndico pode ser uma boa fonte de profissionais, já que ele provavelmente já conta com alguns para fazer a manutenção do prédio. Outra ideia que funciona é fazer uma busca por cidade no diretório de profissionais da homify. 

Buscar imagens relacionadas