Encontre os melhores Carpinteiros | homify

582 Carpinteiros

Cidade

O que faz um carpinteiro

O carpinteiro é um dos muitos profissionais técnicos envolvidos na construção, acabamento ou reforma de uma casa ou apartamento, fazendo parte, portanto, da mão de obra contratada para formar uma equipe de trabalho, geralmente sob supervisão de um arquiteto ou engenheiro. Também é encontrado na construção de edifícios comerciais e institucionais, estradas e outras obras de infraestrutura.

Trabalhar todo o madeiramento de uma obra é a principal responsabilidade de um carpinteiro, o que geralmente envolve muito esforço físico em locais ao ar livre. Esse profissional é especializado no trabalho com madeira em estado bruto ou maciço, de modo a transformar esse material em peças para uso na construção civil ou, ainda, na construção naval. Isso inclui a confecção de telhados, escadas, assoalhos, forros, portas, janelas, venezianas, rodapés, esquadrias, forros de laje (painéis), andaimes e formas de madeira, entre outros elementos e estruturas. Em uma casa de madeira, por exemplo, o carpinteiro pode ser o responsável por enquadrar todas as paredes, enquanto em uma casa de alvenaria ele trabalha em conjunto com um pedreiro.

Cabe ao carpinteiro o planejamento de trabalhos de carpintaria, a preparação de canteiros de obras, a escolha de materiais, a medição e a marcação das linhas de corte,

o corte e a montagem de formas em madeiras, metálicas e outros materiais (fixando-as com madeira, pregos e colas), a leitura e o estudo de desenhos técnicos e outras especificações técnicas de uma obra, como também a inspeção de tetos, paredes, portas, janelas, telhados, rodapés e de todos os materiais de madeira para substituição.

Ele pode ainda se especializar em habilidades como carpintaria de acabamento ou optar por trabalhar com marcenaria, um trabalho mais delicado e sutil que envolve a criação, a montagem e o acabamento de móveis de madeira.

O carpinteiro geralmente trabalha com madeiras nobres, mas é preciso ter em mente que muitas delas não podem mais ser retiradas da natureza, de acordo com a legislação ambiental. Assim, espécies menos nobres como pinus e eucalipto são utilizados para fabricar laminados ou industrializados como compensados, aglomerados, MDF (placa de fibra de média densidade), laminados melamínicos e folhas de madeira, entre outras opções.

Qual é a formação profissional de um carpinteiro

Este profissional geralmente começa sua carreira ao adquirir formação em um curso técnico ou profissionalizante, que o habilita a trabalhar com madeiras em estado natural (madeira maciça), além de montar e desmontar uma variedade de objetos e estruturas. Um bom carpinteiro precisa ter grande conhecimento de geometria, física e álgebra, entre outras disciplinas, além de ser recomendável que ele faça cursos de leitura, desenho e projeto técnico, até mesmo inglês.

Geralmente, ele começa a trabalhar na área como ajudante de carpintaria para praticar suas habilidades manuais e praticar com profissionais mais experientes. Muitas empresas da área de construção civil exigem uma certificação especial que o habilite a trabalhar com ferramentas ou materiais especiais, de modo que ele saiba usá-los com adequação e segurança. É importante salientar que todo ano são lançadas novas ferramentas manuais e elétricas e cabe ao profissional conhecê-las para atuar melhor. Outro conhecimento importante diz respeito à segurança do trabalho, cujos procedimentos-padrão devem ser de total ciência e domínio do carpinteiro, uma vez que ele trabalha com ferramentas cortantes e perfurantes que podem causar acidentes.  

Um carpinteiro pode ainda se especializar, por exemplo, em carpintaria para portas e janelas, carpintaria para telhados e carpintaria para construção de andaimes, entre outras estruturas. É importante destacar que a obra em madeira pode ser de dois tipos: carpintaria de tosco (cofragem), quando ela é auxiliar à construção; e carpintaria de limpos, quando se trata de acabamentos, como polimento, envernizamento e pintura.

Por outro lado, a experiência também costuma ser muito valorizada na contratação de um carpinteiro ou ajudante de carpintaria, mas é igualmente comum que o mercado de construção civil prepare esses profissionais diretamente na prática. 

Qual é diferença entre carpinteiro e marceneiro

Existe uma grande confusão quando se trata de estabelecer as atribuições do carpinteiro e do marceneiro. Na verdade, tanto o carpinteiro quanto o marceneiro são qualificados para trabalhar a madeira, sendo que o que os diferencia é o estado da madeira trabalhada por eles. O carpinteiro trabalha a madeira maciça em seu estado natural, que é comum na construção civil e naval. Além de necessitar precisão técnica e conhecimento geométrico, o carpinteiro precisa conhecer os diferentes tipos de materiais e técnicas a serem utilizadas na madeira maciça.

Um marceneiro, por sua vez, é um profissional mais artístico, que não tem a precisão nem sabe os cálculos necessários para usar a madeira na construção civil da forma correta, como é o caso do carpinteiro – que é qualificado, por exemplo, para colocar uma coluna de madeira que sirva de suporte a um telhado colonial.

Por outro lado, o marceneiro é responsável por transformar madeira nobre e de qualidade nos mais diversos objetos, como camas, mesas, cadeiras, móveis planejados e outros móveis, assim como objetos decorativos. Esse profissional é muito solicitado, por exemplo, para a criação de móveis planejados para salas, quartos, cozinhas e banheiros.   

Em outras palavras, o marceneiro trabalha exclusivamente na fabricação, conservação e reparação de móveis e outros objetos decorativos de madeira, utilizando técnicas exclusivas. É bom lembrar que o trabalho do marceneiro deriva da adequação de algumas técnicas de carpintaria por parte do artesão moveleiro, cujo trabalho é fino e delicado. O marceneiro de hoje, porém, pode manter o lado artesanal do seu ofício ou, então, utilizar maquinaria desenvolvida graças ao avanço tecnológico, como acontece na indústria moveleira. 

Como contratar um carpinteiro

O carpinteiro pode ser contratado como profissional autônomo ou por meio de uma empresa, geralmente uma empreiteira. A escolha depende do tamanho da obra: se for pequena ou se for relativa a um ambiente apenas, o profissional autônomo pode ser o mais indicado, inclusive em termos de custos. Já se a obra for maior e/ou mais complexa, como a construção ou reforma de um imóvel inteiro, pode ser mais recomendável contratar uma empresa que forneça os profissionais que vão constituir a mão de obra. Nesse caso, os custos serão maiores. O profissional autônomo geralmente cobra por dia ou hora trabalhada. Já a empreiteira vai cobrar por metro quadrado.

Para contratar um carpinteiro, é importante buscar recomendações de pessoas que já utilizaram os serviços dele. O mesmo vale para a empresa que contrata os mais diversos profissionais envolvidos em uma obra. Uma boa alternativa é procurar por um carpinteiro aqui no diretório da homify, o que pode ser feito por cidade. 

Buscar imagens relacionadas