Arquitetos paisagistas - JOAO PESSOA: Encontre os profissionais ideais | homify
Error: Cannot find module './CookieBanner' at eval (webpack:///./app/assets/javascripts/webpack/react-components_lazy_^\.\/.*$_namespace_object?:3688:12) at at process._tickCallback (internal/process/next_tick.js:189:7) at Function.Module.runMain (module.js:696:11) at startup (bootstrap_node.js:204:16) at bootstrap_node.js:625:3

1749 Arquitetos paisagistas em JOAO PESSOA

Laura Mourão Arquitetura da Paisagem
Profissional com atuação nas áreas de Ecologia e Paisagismo,formada pela Universidade Federal de Minas Gerais em bacharelado
Raul Hilgert Arquitetura de Exteriores
Escritório especializado em projeto e execução de jardins. Administração e acompanhamento integrais da execução dos projetos
Costa Bastos ArqPaisagismo
Do paisagismo à arquitetura de interiores numa só pranchetaRaphael Costa Bastos Paisagista e arquiteto de formação, criação
Lá Fora | arquitetura da paisagem
NOSSA MISSÃONosso fazer é criar convites irresistíveis para tirar os sapatos, ir lá fora e reconectar-se com a natureza.
Daniel Nunes Paisagismo
Formado em 2004 e especialista na área de paisagismo, Daniel Nunes atua em diversos segmentos, realizando projetos nas áreas
Proflora
Paisagismo de qualidade significa mais do que saber escolher plantas bonitas ou saber compô-las em "arranjos" fotogênicos
Aroeira Arquitetura
AROEIRA ARQUITETURA é um escritório de Arquitetura e Paisagismo, constituído em 2008, e localizado em Búzios. Seus titulares
Amaury Neto Paisagismo
A empresa atua principalmente na área de arquitetura paisagística, design de interiores
Bia Maia & Guta Carvalho Arquitetura, Design e Paisagismo
Escritório de Arquitetura, Design e Paisagismo Bia Maia & Guta Carvalho - especialização em projetos residenciais, comerciais
Bendito Verde Paisagismo
A Bendito Verde Paisagismo nasceu em 2015 com a inspiração da bióloga e paisagista Adriana Schüler. A empresa tem como objetivo
Mera Arquitetura Paisagistica
Sob o comando dos arquitetos Beatriz e Eduardo Fernandez Mera, atualmente a Mera Arquitetura Paisagística é fortemente reconhecida
M.A Studio
M.A StudioEspecializado em apresentação de ArquiteturaAjudando Arquitetos, Engenheiros e Construtoras a mostrar a idéia
Hanazaki Paisagismo
Hanazaki Paisagismo é considerado um dos mais criativos escritórios de arquitetura externa do Brasil, com reconhecimento
Benedito Abbud Arquitetura Paisagística
Fundado em 1981, o escritório Benedito Abbud Paisagismo Planejamento e Projetos tem como foco de seu trabalho a criação
Gisele Gaiguer Arquitetura Paisagística
O escritório Gisele Gaiguer Arquitetura Paisagística desenvolve projetos de arquitetura, paisagismo e interiores com foco
Grupo Fontalis Brasil
O Grupo Fontalis Brasil atua a mais de 10 ANOS construindo imóveis e edificando sonhos. Atuamos com um grupo de Arquitetos
Place des Fleurs
Place des Fleurs brotou em Paris há quase 10 anos. Quem plantou a semente foi o paisagista Michele Michelizzi, italiano
Quinta
Escritório de Arquitetura e Paisagismo

Arquitetos paisagistas em João Pessoa

Fundada em 1585, João Pessoa – capital do estado da Paraíba – é a terceira capital de estado mais antiga do Brasil, e atualmente conta com uma população estimada de 800.323 habitantes (IBGE 2018). Chamada de Porta do Sol, a capital paraibana está localizada no ponto mais oriental das Américas, onde justamente o sol nasce primeiro no continente americano. 

João Pessoa também já foi considerada a segunda capital mais verde do mundo durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (1992), ficando atrás apenas de Paris, na França. Com mais de 7m² de floresta por habitante, a capital paraibana é ainda a cidade mais verde do Brasil. O Jardim Botânico Benjamim Maranhão, um terreno de 515 hectares de Mata Atlântica preservada no centro da cidade, é a maior floresta semiequatorial nativa plana cercada por área urbana do mundo. Com diversos riachos e fontes naturais, a reserva ambiental umidifica o ar da capital paraibana e mantém sua temperatura mais estável e branda mesmo no verão. Outra reserva da Mata Atlântica na cidade é a Bica (Parque Arruda Câmara), que conta com fontes naturais e exemplares da fauna e da flora brasileiras e estrangeiras. As duas reservas também ajudam a combater o avanço da poluição na cidade.

 Com clima tropical úmido e temperatura anual média de 27 °C, além de elevados índices de umidade do ar e chuvas abundantes concentradas entre abril e julho, João Pessoa também favorece a vida ao ar livre, em especial no seu litoral com 24 km de extensão divididos em nove praias. Muitas delas têm áreas de preservação da Mata Atlântica, com areias brancas e águas cristalinas excelentes para o banho, graças a uma barreira natural a cerca de 6 km da costa que protege o litoral da cidade. Já nas praias do Bessa e Intermares, o Projeto Tartarugas Urbanas monitora e protege a desova das tartarugas-de-pente.

Mas nem tudo são flores nesse cenário aparentemente idílico. A intensa expansão imobiliária por que passa João Pessoa faz da cidade um verdadeiro canteiro de obras empresariais e residenciais, algumas das quais são edifícios e arranha-céus de altíssimo luxo, o que faz com que a capital paraibana já seja considerada a capital nordestina com mais arranha-céus e a quarta mais verticalizada do país. 

Uma maneira de harmonizar a necessidade de preservar o meio ambiente com o desenvolvimento econômico é buscar essa harmonia na construção de novos imóveis e na reforma de antigos com a incorporação ao projeto arquitetônico de um projeto paisagístico. O arquiteto paisagista tem plenas condições de considerar o entorno, tanto natural quanto urbanístico, de maneira a criar espaços públicos e jardins residenciais que não só respeitem o meio ambiente local com todas as suas características naturais (como vegetação nativa, por exemplo), como também contribuam para interferir o menos possível nos diferentes biomas existentes e até mesmo promovam o combate a todo tipo de poluição ambiental.

 

O que é arquitetura paisagista?

A arquitetura paisagista ou arquitetura da paisagem tem como objetivo criar paisagens em espaços públicos, como parques e praças, ou privados como jardins residenciais. Essa especialidade da arquitetura, que deve promover a interação fluida e agradável entre as pessoas e o meio ambiente, inclui o planejamento da disposição e da composição das plantas no terreno, assim como a criação e distribuição harmoniosa de estruturas desenvolvidas para jardins, como fontes, recantos e áreas de lazer e descanso, entre outros equipamentos ao ar livre.

 

O que faz o arquiteto paisagista e qual a sua formação?

A formação de um arquiteto paisagista inclui conhecimentos sólidos, em nível superior, de áreas como arquitetura, agronomia, biologia, ecologia, botânica, geografia, hidrografia, assim como artes e humanidades. Essa formação qualifica para elaborar projetos paisagísticos personalizados e originais para cada caso e espaço, de tal maneira que a natureza e a interferência humana positiva se complementem equilibradamente, considerando ainda a funcionalidade desejada para o local.

O processo de trabalho do arquiteto paisagista se inicia com uma visita ao local onde será realizada a obra, de modo que ele possa estudar todos os aspectos a desenvolver e especificar no projeto paisagístico. É importante salientar que o profissional pode apenas criar o projeto paisagístico ou se encarregar também da sua execução, contratando a equipe e acompanhando a obra.

 

Quais os custos de um arquiteto paisagista em João Pessoa?

Como em qualquer cidade brasileira, os custos dos serviços de um arquiteto paisagista em João Pessoa podem variar em conformidade com fatores como a complexidade do projeto, a extensão do terreno e os desafios naturais que se apresentam antes de se poder realizar o paisagismo propriamente dito, como relevo, topografia, qualidade do solo, vegetação nativa e mesmo presença de pedras. Do mesmo modo, a reputação do profissional pode aumentar os valores praticados por ele, mas é preciso lembrar que essa reputação pode ser uma garantia de qualidade no resultado final.

Cobrar os serviços por metro quadrado, por hora trabalhada ou por projeto fechado são possibilidades bastante comuns quando se trata de arquitetos paisagistas. É preciso levar em consideração, porém, que esses valores não incluem os gastos com a compra de plantas e de materiais para a criação de canteiros, caminhos e áreas de lazer, entre outros elementos que podem ser previstos no projeto paisagístico.

Também é bom lembrar que o plantio propriamente dito e outras ações previstas no projeto paisagístico ficam a cargo de mão de obra contratada para a sua execução. Os seus custos podem estar incluídos nos valores apresentados pelo arquiteto paisagista quando ele se responsabilizar também pela contratação dela e pelo acompanhamento da execução da obra. Há, no entanto, arquitetos paisagistas que se encarregam apenas da elaboração do projeto paisagístico, deixando para o cliente a tarefa de contratar uma equipe para a sua execução. Por isso, pode ser interessante pedir aos arquitetos paisagistas orçamentos com e sem acompanhamento da execução do projeto e contratação de mão de obra.

Como encontrar arquitetos paisagistas em João Pessoa?

Se você chegou até aqui, já pode perceber que a busca por cidade no diretório de profissionais da homify é a maneira mais rápida e fácil de se encontrar arquitetos paisagistas em João Pessoa. Outra possibilidade é recorrer a recomendações de familiares, amigos e conhecidos que estão ou estiveram envolvidos recentemente com a construção ou reforma de um imóvel próprio, já que a arquitetura paisagística costuma ser uma das etapas da obra.

O ideal é que os profissionais contatados providenciem ao possível cliente imagens de projetos de paisagismo por eles realizados de modo a permitir que ele avalie a qualidade e escolha o que lhe pareça o mais adequado. É preciso também solicitar aos profissionais (pelo menos três deles) orçamentos detalhados para que seja escolhido o mais vantajoso para o cliente em termos de custos e de qualidade. Obviamente, é responsabilidade do futuro cliente detalhar aos profissionais contatados o que deseja fazer nos jardins externos ou internos.

No caso de construção de uma casa, uma boa ideia é contratar o arquiteto paisagista desde o começo, de modo que ele trabalhe em conjunto com o arquiteto responsável pela criação do projeto arquitetônico. Dessa forma, ambos vão colaborar para que a edificação seja valorizada com a sua harmonização com a natureza do entorno próximo (os jardins previstos no projeto), assim como com os elementos naturais e humanos da paisagem urbana.

Buscar imagens relacionadas