Encontre os melhores Arquitetos paisagistas | homify

1,294 Arquitetos paisagistas

Cidade

Arquitetos paisagistas

A arquitetura paisagista não pode faltar em um projeto de arquitetura ou design de exteriores, pois cumpre com funções muito importantes. O paisagismo, como o nome sugere, tem a função de criar paisagens em espaços livres, públicos ou privados.

Essas paisagens são as praças arborizadas, as fontes, parques, os jardins de casas, as áreas comuns de condomínios e parte do urbanismo das cidades. Sem o paisagismo não haveria acolhimento, funcionalidade e interação entre as pessoas e o meio ambiente.

O que fazem os arquitetos paisagistas?

O arquiteto paisagista cria projetos de paisagismo para áreas externas, públicas ou privadas. Para criar um projeto completo, conforme a necessidade de cada um, o profissional necessita ter conhecimentos que envolvem características geográficas, bióticas, hidrográficas e humanas.

Precisa ter sensibilidade e habilidade de criar interferências positivas nos contextos físicos à sua volta. Assim, criam-se ambientes com equilíbrio estético entre a vegetação, os espaços para circulação e a área construída.

Esse profissional pode oferecer apenas o serviço do projeto ou também a responsabilidade pela obra, acompanhando cada etapa, escolhendo todos os elementos que sugeriu utilizar e auxiliando na contratação da mão de obra, quando necessita ser terceirizada.  

Ao contratar um arquiteto paisagista para projetar o paisagismo de uma casa, por exemplo, pode esperar que ele leve todos esses fatores em consideração. Ele fará uma visita presencial para realizar um estudo do ambiente, visando oferecer soluções que aliem funcionalidade e prazer estético. Ele vai criar harmonia na convivência entre as pessoas e o ambiente que as cerca em casa.

Por que contratar um arquiteto paisagista?

Quando para e observa muitas praças públicas ou jardins de casas e empresas que chamam a atenção, provavelmente nota que eles possuem algo de diferente dos jardins comuns. Parece que foram desenhados, com plantas formando caminhos, espaços para descanso, fontes iluminadas, um gramado bonito, deck de madeira e muito mais.

De fato, é exatamente para que tenha essa admiração por um espaço externo, seja ele qual for, que é importante contratar um arquiteto paisagista. Esses ambientes admiráveis foram projetados de forma técnica, pensando no uso do espaço e em como as pessoas vão se sentir bem enquanto estiverem nele.

Tudo isso pode ser feito mesmo em casas com terreno bem pequeno e um jardim na frente ou nos fundos. O arquiteto paisagista é capaz de desenvolver projetos de todos os tamanhos, adaptando as proporções e necessidades.

Com o suporte desse profissional evitam-se erros que desperdiçam muito dinheiro quando quer criar um paisagismo na sua área externa, mas não tem experiência no assunto. O profissional primeiro analisa o ambiente, depois usa a criatividade para criar paisagens bonitas e funcionais, já sabendo quais são os melhores materiais, pois lida com isso diariamente.

Ele conhece os melhores fornecedores, pode fazer recomendações para a mão de obra e acompanha o processo de execução para o caso de qualquer imprevisto e para que termine no prazo.

Quanto custa um projeto de paisagismo?

Assim como muitos designers de interiores cobram por metro quadrado que vão ter que projetar, o arquiteto paisagista também segue uma fórmula para calcular o preço do seu projeto.

Essa fórmula foi elaborada pela Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas e é a seguinte: Honorários = 1,30 (2.400 + 240 √S). Considera-se √S = raiz quadrada da área a ser tratada em metros quadrados. Dentro dessa fórmula, para projetar um jardim com 50 m2 custaria R$ 5.326,00. Esse valor varia conforme o terreno, se for muito acidentado, por exemplo.

Se achou muito caro, pois tem apenas um jardim pequeno, tire as medidas do espaço a ser projetado e adapte para a sua realidade. Além disso, existem outros métodos de cobrança que fazem o projeto inteiro sair bem em conta, incluindo as plantas e outros elementos utilizados para a execução.

É possível contratar um profissional ou uma empresa especializada em paisagismo. Alguns profissionais fazem apenas o projeto, mas não acompanham a obra. Então é importante saber qual é o tipo de serviço oferecido quando for orçar.

Como encontrar o arquiteto paisagista ideal?

A melhor maneira de encontrar um profissional ou uma empresa que possa suprir todas as suas necessidades é solicitando orçamentos. O primeiro passo é selecionar os profissionais com os quais quer entrar em contato. Essa seleção é mais rápida e assertiva quando faz a busca de profissionais em sites especializados, como a homify.

Ao buscar por arquitetos paisagistas no topo da página, basta começar a visitar os perfis, também podendo refinar a pesquisa por cidade. Nos perfis de cada profissional terá informações completas sobre os serviços que oferecem, histórico sobre a empresa ou profissional e fotos de projetos prontos para que conheça exemplos.

Na mesma página pode enviar uma mensagem direta ao profissional, tirando dúvidas ou solicitando um orçamento sem compromisso. Essa interação em um canal exclusivo é importante para que encontre o profissional ideal entre tantas opções, com quem goste de trabalhar e as ideias se encaixem.

Dicas de paisagismo para aplicar em casa

Não é porque você ainda encontrou o paisagista ideal ou ainda não chegou o momento de investir nisso que o seu jardim precisa ficar esquecido. Quando você tem ideias simples sobre paisagismo, pode transformar o seu espaço externo em mais uma área de convivência, muito agradável para estar sozinho, em família ou com amigos.

Sendo assim, valorize o que já tem no seu terreno. Nem sempre é preciso remover uma cerca viva porque ela está feia, só precisa de um bom tratamento. A cerca viva oferece uma agradável sensação de proteção e amplitude para o jardim, mantenha-a onde está, apenas faça uma poda bonita.

Se já tem árvores espalhadas pelo jardim, não retire-as. Você já tem um paisagismo natural, só precisa aproveitar os espaços em volta. Além de deixar o espaço mais natural, também vai economizar. Aproveite as sobras das árvores para colocar mesas e bancos de madeira ou de ferro para criar uma área de descanso.

Se quiser ter um jardim cheio de pássaros e borboletas, invista em árvores frutíferas e muitas flores. Crie canteiros na terra ou plante em vasos e floreiras. Se o seu quintal for revestido, sem grama, use e abuse de vasos e trepadeiras.

Quando for escolher as flores, leve em consideração o tipo de solo onde serão plantadas e procure manter no mesmo vaso as plantas com as mesmas necessidades de água, luz e nutrientes. Assim vai ser mais fácil preservar o seu paisagismo sempre bonito.

Buscar imagens relacionadas