606 Arquitetos em Sao Paulo

Área servida

Quais são as vantagens de contratar um arquiteto em São Paulo?

Aqui no site da homify você encontra um diretório de arquitetos e arquitetos de interiores em São Paulo especializados em diversas áreas da profissão. Um deles certamente será o profissional correto para tocar o projeto da sua casa. Mas fique atento: diversos requisitos devem ser levados em consideração ao contratar um profissional da área. Entre eles, a especialidade, que deve estar em linha com o tipo de obra que será realizada, o orçamento e a disponibilidade, entre outros detalhes que certamente farão a diferença no projeto.

Ao contratar um arquiteto, este profissional poderá orientar você a realizar uma gestão de recursos mais eficaz, principalmente em termos de tempo e orçamento, para conseguir o resultado que você deseja. Além de tentar aproveitar da melhor forma possível a estrutura existente no local da obra, a assistência especializada do arquiteto também poderá sugerir novos revestimentos, iluminação, apresentar as novidades e tendências do mercado, além de gerir o andamento do projeto, caso esta opção seja solicitada. Além disso, também poderá indicar os melhores locais para a compra do material necessário para a realização da obra e tem contato com uma mão de obra especializada, que também pode ser encontrada aqui.

Outro ponto a ser levado em consideração é o local onde o arquiteto mora. Caso o profissional certamente saberá adequar a sua obra à temperatura e condições do tempo locais, além de levar em conta as características do clima subtropical da cidade. No caso da construção de uma varanda ou área externa, por exemplo, ele saberá indicar o material ideal para o piso e os revestimentos de parede que, por exemplo, sejam bons o suficiente para evitar infiltrações devido à grande quantidade de chuvas, aguentar a incidência de sol no local, entre outras características climáticas típicas da cidade de São Paulo.

Quanto custa construir uma casa em São Paulo?

Os custos de construção de uma casa em São Paulo podem variar de acordo com inúmeros critérios. Entre eles, o tamanho do projeto, o tempo de realização da obra, a mão de obra escolhida e a qualidade dos revestimentos. Mesmo sem saber todos os detalhes do seu projeto, o profissional escolhido por você pode passar uma estimativa, de acordo com obras passadas que ele tenha realizado e também levando em conta o tamanho do local da construção em metros quadrados. Além disso, vale lembrar que o custo do acompanhamento da obra geralmente é feito com um percentual do custo total do projeto, então este valor pode sofrer variações de acordo com diversas variáveis, algumas já mencionadas, e outras como:

- O tipo de terreno em que a casa será construída; 

- Área construída em metros quadrados; 

- Padrão do acabamento: tipo de piso e teto, qualidade das portas e janelas, acabamento de parede e pintura, louças e acessórios do banheiro e cozinha; 

- Quantidade de cômodos; 

- Tipo de terreno:  plano ou com desníveis?; 

- Presença de área de lazer externa: a área terá piscina ou churrasqueira?; 

- Tipo de mão de obra: contratação empreiteiros ou profissionais autônomos?

O preço médio de se construir uma casa em São Paulo é de R$ 1.500 por metro quadrado, com um acabamento considerado de padrão médio.

Quais são as restrições legais para construções em São Paulo?

Antes de começar a dar forma ao seu projeto arquitetônico, fique atento à legislação. Na hora de construir ou ampliar uma residência, uma série de regras devem ser respeitadas, para que as cidades mantenham a sua harmonia estética e o bom funcionamento público, além de assegurar o menor impacto ambiental possível e resguardar os direitos da vizinhança. O Código de Obras e Edificações do Município de São Paulo é o documento oficial que lista as regras gerais e específicas que precisam ser obedecidas pelo arquiteto ao criar o projeto nesta cidade. Regras como o licenciamento correto, com a documentação  necessária, a altura das construções, o gabarito da obra, o número pavimentos, os recuos frontais e laterais corretos, além de determinar o tipo de ocupação do solo, que pode ter finalidades comerciais, residenciais ou ambos. Este último detalhe pode ser assegurado até mesmo antes da compra do espaço.

Um arquiteto que tenha experiência na região em que você pretende construir saberá exatamente como proceder neste caso e realizar o projeto de acordo com todas as especificações técnicas e demandas municipais corretas. Já com o projeto em mãos, ele deve ser registrado no conselho da cidade, que aprovará caso ele esteja de acordo com a lei local ou solicitará alterações para garantir o padrão necessário.

A cidade de São Paulo e sua arquitetura peculiar

Além de construções históricas, como por exemplo os prédios remanescentes do período colonial, São Paulo é um reduto de construções da arquitetura moderna, como os diversos arranha-céus espalhados por toda a metrópole. Cada estilo foi utilizado para se adaptar às condições urbanas de cada período em que foi construído e convive pacificamente com o anterior, resultando no charme característico da cidade. Esta mistura de estilos transmite o clima e conta a história da cidade de forma única, através de ícones como o edifício Copan, desenhado por Oscar Niemeyer, o Conjunto Nacional e o Edifício Louveira, construídos entre as décadas de 1940 e 1960 e que até hoje considerados clássicos da arquitetura de todo o país. Por isso, São Paulo é uma rica fonte de referências de arquitetura de fachadas e exterior e também da arquitetura de interiores. Basta andar pelas ruas da cidade e observar suas construções e espaços públicos para ter ideias e garantir que o seu projeto esteja em harmonia com o restante da cidade.