Arquitetos de interiores - rio de janeiro: Encontre os profissionais ideais | homify

16460 Arquitetos de interiores em rio de janeiro

ShiStudio Interior Design
História Nasceu em São Paulo, Brasil, em 1977. Sendo o pai designer industrial e a mãe agente imobiliária na época —
Gabriela Souza Arq
Arquiteta, apreciadora de um bom design que abrigue histórias, afeto, emoção e criatividade na transformação de ambientes
Margareth Salles
Arquiteta radicada no Rio de JaneiroProjetos - obra civil - decoração - marcenaria.Orçamentos de projeto com estimativa
Duplex Interiores
Escritório de Arquitetura e Interiores localizado no Rio de Janeiro- Barra da Tijuca, comandado pela designer de interiores
Froma Arquitetura
Criada em 2011, a Froma Arquitetura destaca-se por desenvolver projetos de arquitetura e design de interiores para as áreas
Aline Frota Interiores + Retail Design
Somos um escritório especializado em projetos tanto de interiores residenciais como de retail design para espaços comerciais
mr maria regina de mello vianna arquitetura e interiores
Maria Regina de Mello Vianna, formada em  Arquitetura e Urbanismo, no Instituto Metodista Bennett - RJ. Em suas viagens
MIRA STUDIO
O Mira Studio nasceu da vontade de dois jovens arquitetos de imprimir sua própria identidade nos projetos. Atuando desde
Jean Felix Arquitetura
"Somos apaixonados por arquitetura e todas as suas variações, acreditamos que ao estabelecer um diálogo cada vez mais próximo
Cyntia Sabat Arquitetura e Interiores
Escritorio de arquitetura especializado em reforma de interirores comercias e residencias
MSR Arquitetura
Escritorio de arquitetura ha 15 anos atuando no segmento residencial e comercial.
Rosa Prado Interiores Únicos
Formada em Design de Interiores pela Universidade. Cândido Mendes, atuando no mercado desde 2006. Especializada em criar
Oba! Arquitetura
Desde que a arquiteta Leila Bittencourt abriu o showroom carioca da Oba!, o universo da decoração de quartos infantis nunca
Fatima Richa Arquitetura
Arquiteta carioca formada pela Universidade Santa Úrsula, pós graduada em iluminação pela Universidade Veiga de Almeida
Lessandra Dottori Arquitetura
Empresa de arquitetura e design de interiores voltada para residências compactas desde apartamentos a casas de condomínio
Ricardo Melo e Rodrigo Passos Arquitetura
Somos um escritório de arquitetura e arquitetura de interiores
Egg. Interiores
O design mais simples e perfeito. O começo. O novo. O ovo.
AWDS Arquitetura e Design de Interiores
Sob o comando da arquiteta Alexandra Weiger e a design de interiores Daiene Schulze, o escritório que leva o nome de AWDS
fpr Studio
Aqui, no fpr Studio, não seguimos padrões e entendemos que cada projeto é único e por isso nosso objetivo é criar um projeto
Amplo Criativo
Ampliando perspectivas para o seu espaço, projetando soluções de forma criativa!Vamos falar sobre seu projeto? Esperamos

Arquitetos de interiores no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro é um rico acervo arquitetônico a céu aberto. Mais recentemente, o arquiteto Santiago Calatrava foi responsável por um dos projetos mais ousados da cidade, o Museu do Amanhã, pronto em 2015. Esta construção contemporânea divide espaço com exemplares da arquitetura moderna e de diversas outras correntes da arquitetura e por isso a cidade é uma fonte inesgotável de inspirações. Entre os exemplos modernos estão o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM), desenhado por Affonso Eduardo Reidy em 1948, o parque Eduardo Guinle, projetado por Lucio Costa, e o Pavilhão de São Cristóvão, com design de Sérgio Bernardes. Todos estes exemplos dividem a paisagem com prédios de estilo colonial e intensa influência Portuguesa, como a Praça XV, outro cartão postal da cidade. Esta mistura eclética e interessante pode servir de inspiração na hora de construir a sua casa. Basta observar a cidade e incluir todos os detalhes que você mais gosta no seu projeto de arquitetura de interiores realizado por um profissional qualificado. 

Diferença entre arquitetos de interiores e um designers de interiores

É fácil distinguir o que faz um profissional de arquitetura de interiores e o trabalho de um designer de interiores. Enquanto o arquiteto ou arquiteto de interiores estudou Arquitetura na faculdade, o Designer de interiores estudou Design. O arquiteto de interiores está apto, de acordo com a sua formação acadêmica, a fazer cálculos estruturais e modificações nas estruturas de uma casa ou prédio, além de alterações técnicas na planta, como elétricas e hidráulicas. Assim como o designer de interiores, o arquiteto também pode pode projetar soluções para ambientes internos e externos, além de criar projetos de luminotécnica, acústicos e térmicos, desenhar mobiliário, escolher cores, materiais de acabamento etc. A diferença fundamental entre os dois é que o profissional de design de interiores não está habilitado a realizar modificações estruturais - como remover paredes ou reforçar estruturas -, ou técnicas - como por exemplo alterar ou fazer o projeto da parte elétrica ou hidráulica de uma casa. Se existe a necessidade de realizar alguma modificação deste tipo, procurar um arquiteto de interiores é fundamental pelo ponto de vista legal e de segurança.

Encontre um arquiteto de interiores no Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro você encontra uma grande variedade de profissionais da área com especializações diversas para tocar o seu projeto. Uma das dicas é aproveitar o nosso diversificado diretório de arquitetos para encontrar o que mais está de acordo com o seu estilo e ao estilo do ambiente que você quer construir ou modificar. Nas diversas redes sociais como Pinterest, Instagram e Facebook você também pode encontrar dicas de profissionais e inspirações para ambientes, ou pegar indicações com amigos. Outra base é o diretório de arquitetos e urbanistas do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR). 

O que um arquiteto de interiores pode fazer?

Diversos serviços podem ser prestados pelos arquitetos de interiores. Veja alguns:

- Projeto de arquitetura de interiores: o desenho da planta é realizado para  garantir um ambiente mais harmonioso e refletindo as necessidades estéticas e de usabilidade do proprietário. 

- Reforma: entre as opções neste caso estão a revitalização de fachadas e modificações em ambientes já existentes para um melhor aproveitamento do local.

- Projetos estruturais: neste caso, são construídas ou mantidas os diversos tipos de estruturas. Vigas ou pilares também podem ser reforçados durante uma obra.

- Instalação elétrica: desenvolvimento e implementação de instalações elétricas, seguindo os padrões recomendados de segurança e garantindo um fornecimento de energia mais eficiente. 

- Luminotécnica: a iluminação agrega benefícios estéticos ao ambiente e também traz conforto e acolhimento ao local com a utilização correta e eficaz de luminárias, lustres, spots e balizadores.

Cada um destes projetos apresenta um valor que pode variar com a complexidade da solicitação, entre outros fatores, como o tamanho da construção em metros quadrados, o tipo de terreno, a escolha de revestimentos, materiais e da mão de obra, além da qualidade das estruturas existentes, se for o caso. 

Como remunerar o arquiteto?

O honorário de um arquiteto geralmente é pago em relação ao percentual do custo total da obra. Esta conduta é a mais recomendada pelo CAU/BR. Uma outra alternativa é o arquiteto passar o custo total do serviço prestado por ele de antemão, o que é uma boa opção caso haja mudanças no projeto ao longo da implementação e o profissional precise repassar o valor das mudanças ao cliente. 

Informe-se sobre a legislação do Rio de Janeiro

É obrigatório que o profissional escolhido para realizar o seu projeto seja registrado no conselho de arquitetura e urbanismo (CAU/BR). Além disso, ele deve seguir uma série de regras para garantir que o seu projeto saia de acordo com a legislação local. Outro passo é ficar atento à legislação do Rio de Janeiro e ao plano diretor da cidade antes de planejar a sua obra. Existem regras escritas no Código de Obras do Rio de Janeiro, que precisam ser seguidas. Entre elas, o arquiteto deve observar o tamanho da construção correto, os recuos laterais e de frente, a taxa de ocupação, entre diversos outros. Todos estes aspectos devem ser refletidos no desenho do projeto, que quando pronto deve ser levado à prefeitura da cidade para a obtenção da Licença de Obras, documento oficial que assegura que foram atendidos todos os requisitos do Código de Obras e que a sua obra pode seguir em frente. 

Também indicamos a elaboração de um contrato de prestação de serviço entre o cliente e o arquiteto contratado. O conteúdo do documento inclui valor dos serviços, formas de pagamento, prazos de entrega, cronogramas, além dos direitos e deveres dos dois lados. 

Boa sorte e mãos à obra!

Buscar imagens relacionadas