Elegante casa em condomínio: Jardins modernos por Tania Bertolucci  de Souza  |  Arquitetos Associados

9 jardins verticais para casas pequenas e grandes

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
Google+
Loading admin actions …

Os jardins verticais são uma grande invenção dos tempos antigos e retomada nos tempos modernos, época em que muitas vezes falta espaço para o verde nas casas e, principalmente, nos apartamentos. Mas eles não servem apenas para locais sem jardins formais: muitos jardins tradicionais ganham graça com paredes cobertas por plantas viçosas e decorativas, aumentando a sensação de se estar no campo. 

São muitos os materiais com que se pode arquitetar um jardim vertical. O bambu, por exemplo, traz graça e beleza sem perder a delicadeza do seu componente natural. Também muitos materiais naturais, como cerâmica e pedra, podem ajudar a compor um jardim vertical com ares campestres. A madeira também pode aparecer em estado bruto, em toras, ou em estruturas de apoio às plantas e vasos. E o xaxim pode forrar paredes inteiras, sendo uma excelente base para o cultivo das mais variadas espécies de plantas.

Um jardim vertical secular, ou seja, tradicional, é aquele em que os muros são tomados pela beleza delicada da hera. Esse tipo de jardim vertical foi comum tanto nas casas mais abastadas quanto naquelas mais simples e, ainda hoje, costuma encontrar adeptos muito satisfeitos. 

Mas a novidade mesmo é que os jardins verticais podem ser utilizados dentro e fora de casa, em apartamentos ou residências de todos os tipos. Podem ser encontrados jardins verticais nas salas de estar, salas de estar, spas, varandas, cozinhas e até banheiros. Tudo vai depender dos cuidados básicos dados às plantas e da escolha delas para cada ambiente. Mas, a princípio, é possível ter folhagens, flores e ervas, para a alegria dos nossos olhos.

Conheça um pouco mais sobre os jardins verticais e adote essa ideia na sua casa!

A graça do bambu

Jardins verticais externos podem ser ainda mais encantadores se são utilizados no seu projeto materiais especiais, bonitos e inovadores como o bambu. No jardim vertical da imagem acima, os nichos com plantas se destacam do fundo branco do muro e proporcionam uma delicadeza que só valoriza o jardim. Fácil de cuidar, o jardim vertical em bambu favorece o cultivo de pequenas plantas e folhagens, o que não impede que se opte por ervas aromáticas e até flores. Ele pode ser estendido por todo o muro do jardim sem sobrecarregar o espaço. 

A tradição da hera

O uso de hera para se cobrir muros no jardim é, provavelmente, o primeiro jardim vertical que se vem praticando ao longo dos anos e até dos séculos. Quando ela progride favoravelmente, a parede viva cobre totalmente as paredes, dando ao ambiente um ar saudável e fresco. É preciso sempre podar a planta no alto dos muros para que ela não invada as casas vizinhas, mas essa pequena tarefa vale a pena para se ter um jardim vertical de grande beleza e elegância.

O encanto dos materiais naturais

Mostra de Ambientes de Sete Lagoas - Cozinha Gourmet e Área Livre de Lazer: Jardins modernos por Lider Interiores
Lider Interiores

Mostra de Ambientes de Sete Lagoas – Cozinha Gourmet e Área Livre de Lazer

Lider Interiores

Jardins verticais existem muitos. Alguns deles fazem uso de suportes para as plantas, como o do projeto da área de lazer acima, um projeto da Líder Interiores. O recurso a materiais naturais é o que mais se destaca, com vasos em cachepôs redondos de cerâmica sendo pendurados no muro de pedra, cuja textura aumenta a rusticidade. O espaço conta ainda com vasos viçosos em uma mesa elegante e cestos e banquetas em vime e outras fibras naturais. A parede pintada em verde claro torna o espaço ainda mais delicado e campestre, um reduto ideal para o descanso em meio à natureza. A imagem é de Jomar Bragança.

A rusticidade do xaxim

Neste jardim interno, que lembra uma estufa, a natureza é exuberante e se encontra quase toda na parede forrada de xaxim, uma fibra natural ideal para o cultivo de plantas. Aqui se misturam folhagens as mais variadas a até mesmo flores viçosas e encantadoras. O jardim vertical explode em formas, linhas e tons, em uma beleza selvagem e simples que torna o espaço ainda mais vibrante e convidativo. O ambiente se completa com vasos de cerâmica, pedras, piso de madeira bruta e teto de vidro transparente que garante o sol de que as plantas precisam. A imagem é de Fernanda Carvalho.

A versatilidade da madeira no jardim vertical

SUÍTE DO EXECUTIVO CASA COR 2013: Terraços  por BC Arquitetos
BC Arquitetos

SUÍTE DO EXECUTIVO CASA COR 2013

BC Arquitetos

Quem, no entanto, mora em apartamento e não em casa, também pode usufruir dos jardins verticais – e muito bem. Na varanda desse apartamento, a madeira é o material básico que dá sustentação ao jardim vertical que ocupa toda a parede lateral do ambiente. Servindo como divisórias, as toras de madeira sustentam a estrutura que segura os vasos de plantas desde o rodapé até o alto da parede. Os vasos são de cerâmica, que deixa o ambiente mais rústico e combinam muito bem com as plantas tropicais escolhidas para exibição. Uma namoradeira confortável suspensa por cordas é o centro da varanda, pronta para o relaxamento, enquanto o piso em madeira torna tudo ainda mais natural e aconchegante.

Jardim vertical no banheiro

Loft do DJ Renata Ratier - CASA COR MS 2014: Banheiros ecléticos por Gabriela Pereira
Gabriela Pereira

Loft do DJ Renata Ratier – CASA COR MS 2014

Gabriela Pereira

E quem diria que os jardins verticais pudessem invadir os espaços mais variados, inclusive alguns considerados pouco recomendáveis? É o caso desse jardim vertical que encontrou seu caminho para dentro do banheiro da casa. O segredo é uma ampla iluminação, seja através de janelas largas, seja através de claraboias e tetos de vidro. Já a disposição do jardim vertical não tem segredo: geralmente, instala-se uma estrutura em madeira ou outro material do tipo treliça. Os vasos são pendurados em ganchos nas treliças e cultivados com espécies mais adequadas ao ambiente úmido do banheiro. Os cuidados aqui têm que ser redobrados para que as plantas vinguem e se mantenham bonitas.

Jardim vertical na cozinha

Sala e Jantar e Cozinha Casa Cor 2015: Cozinhas ecléticas por Estúdio Barino | Interiores
Estúdio Barino | Interiores

Sala e Jantar e Cozinha Casa Cor 2015

Estúdio Barino | Interiores

A cozinha é outro local em que é possível manter um jardim vertical, desde que se leve em conta as condições de umidade e temperatura do espaço. Um jardim vertical que vai muito bem na cozinha é aquele que contempla as ervas aromáticas e temperos para se utilizar na comida. É bom lembrar que os jardins verticais não são apenas estruturas rústicas: atualmente, há empresas que vendem módulos em outros materiais, que vão sendo distribuídos no espaço conforme a necessidade e desejo. Na imagem acima, os módulos geométricos em cor clara não apenas destacam as plantas e flores, como também permitem compor desenhos na parede. 

Jardim vertical na sala de estar ou no spa

Outro lugar em que um jardim vertical fica charmosíssimo é a sala de estar ou, ainda, uma área interna ou externa de lazer ou relaxamento, como um spa. Na imagem acima, o painel não traz vasos de flores ou plantas, mas folhagens que preenchem toda a estrutura, formando um quadro vivo. O painel pode inclusive ser diretamente iluminado, destacando os recortes rendados das folhas. Móveis em fibras naturais são um acompanhamento harmonioso neste cenário, aumentando a sensação de aconchego e acolhimento. A imagem é de Daniela Zuffo Arquitetura.

Jardim vertical na sala de jantar

Residência Nova Lima - MG: Jardins de inverno modernos por CP Paisagismo
CP Paisagismo

Residência Nova Lima – MG

CP Paisagismo

Um jardim vertical também pode ser algo muito elegante, se combinados com elementos sofisticados. Nesta sala de jantar, o jardim vertical é marcado por folhagem verde e exuberante que coroa uma pequena fonte onde se destaca uma escultura de figura humana. O conjunto harmoniza-se perfeitamente com o ambiente elegante, com a presença de mesa em vidro e lustres em cristal. A principal contribuição do jardim vertical é imprimir vida a um espaço tão refinado. Para outras dicas sobre jardins verticais, leia este artigo

Qual é o jardim vertical perfeito para a sua casa?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!