Armários para o Quarto: 10 Modelos Super Inspiradores para Guardar e Proteger Suas Roupas

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
MACHIAVELLI, MOB ARCHITECTS MOB ARCHITECTS Quartos pequenos
Loading admin actions …

O armário do quarto não é apenas um móvel funcional, que serve para guardar e proteger as roupas, mas também não é só um elemento estético da decoração do ambiente. É sempre as duas coisas. Portanto, ao escolher o armário para o seu quarto, você vai precisar considerar pelo menos duas coisas: a funcionalidade e o design que imprime o estilo desejado ao espaço. Neste artigo, você vai conhecer 10 modelos de armários para o quarto que vão encantar você – e, com certeza você vai encontrar aquele que você vai amar de todo coração, sem esquecer de pensar nas suas necessidades práticas e funcionais. Confira! 

1. Madeira vazada

Este armário segue o estilo rústico do quarto, onde o teto é revestido com tábuas de madeira maciça quase sem tratamento. O armário também é de madeira, mas em um tom mais claro e com acabamento liso. A peça chama atenção pelo design vazado, que permite visualizar discretamente as roupas atrás das ripas de madeira verticais, que podem ser fechadas como uma persiana. Abertas, permitem arejar as roupas dentro do armário.

2. Espelho

Neste quarto masculino, o armário com porta de correr com revestimento em espelho ganha elegância e modernidade. No interior da peça, as divisões permitem acomodar separadamente os diferentes tipos de vestuário, com lugares específicos para camisas, calças e casacos. Mas lembre-se de que armários espelhados não têm sexo e podem ser usados em armários em quartos femininos e de adolescentes. No caso dos quartos de crianças, esse tipo de armário não é indicado, pois o risco de o espelho ser quebrado e ferir os pequenos.

3. Vidro transparente

Com um armário planejado com portas em vidro transparente, ganha-se não apenas modernidade. Ganha-se também em funcionalidade. O vidro transparente permite a rápida visualização das peças de roupas e, por isso, fica muito mais rápido escolher o que vestir. Um detalhe importante é a iluminação interna do armário, que torna ainda melhor a visualização das roupas e acessórios.

4. Embutido

Armários embutidos não são nenhuma novidade, pois durante muito tempo foram a melhor opção de quem queria ganhar espaço no quarto. Não devem ser confundidos com os armários planejados, que podem ser embutidos também, mas têm uma diferença fundamental: são criados sob medida para a/o ocupante do quarto, em função das necessidades específicas dela ou dele. Os armários embutidos em questão são aqueles que já estão no quarto ao se comprar ou alugar uma casa ou apartamento. Mas nada impede que este tipo de armário seja reformado para atender as necessidades de quem usa o quarto.

Na imagem acima, temos um armário embutido clássico, com gavetas na parte inferior, cabideiro na parte superior e, logo acima deste, uma prateleira para guardar roupas de frio ou de cama, chapéus e/ou caixas com os mais variados conteúdos. A cor branca dá leveza ao armário e a iluminação interna facilita a visualização das peças e objetos.

5. Pronto para usar

Este tipo de armário é o mais comum, o mais utilizado pela maioria das pessoas: é aquele que se compra na loja e é entregue em casa para ser montado pela/o morador/a. Nesse caso, a pessoa vai às lojas com as medidas da área do quarto onde quer instalar o armário comprado. Tem quem pense que os armários planejados e embutidos são melhores do que aqueles comprados em lojas, mas isso não é necessariamente verdade. Se atender às suas necessidades, não importa se é comprado ou planejado.

E o armário comprado na loja é a melhor opção (talvez a única) para quem mora em casas e apartamentos alugados, nos quais não se pode realizar reformas para atender às necessidades específicas do locatário. Além disso, existem armários prontos de fábrica lindos e de primeira qualidade. Na imagem, o armário em cinza grafite com puxadores em metal prateado não deve nada em modernidade e funcionalidade do que os demais tipos de armário.

6. Porta de correr

Quartos pequenos só têm a ganhar com a instalação de um armário com porta de correr, pois economiza-se o espaço que seria deixado para poder abrir as portas comuns para fora. Neste modelo, além da porta de correr, as divisões internas otimizam o espaço interno e facilitam a organização das roupas e acessórios. Uma boa ideia é optar por armários brancos como este, pois essa cor traz mais leveza ao ambiente, além de aumentar a sensação de amplitude.

7. Embutido em madeira natural

Neste quarto, o armário embutido também tem portas de correr, mas a madeira natural utilizada nele cria uma grande sensação de calor e aconchego

8. Arara

Uma alternativa muito utilizada pelos jovens e outras pessoas que não têm (ainda) dinheiro suficiente para obter as opções anteriores em termos de armário é a conhecida arara. Ela é uma estrutura bem simples e aberta, geralmente em metal, que conta com cabideiros nos quais as roupas são penduradas. Existem araras de todos os tamanhos, desde as mais básicas, como aquelas formadas por uma estrutura que sustenta um único cabideiro tipo varão, às mais elaboradas, como esta da imagem.

Nela há todas as divisões que se encontra em um armário comum, mas a estrutura é em metal e toda aberta. Se, por um lado, isso favorece a visualização das roupas e acessórios, por outro deixa todas as peças expostas ao pó e a outras condições que podem danificar as peças. Mesmo assim, é uma boa ideia para quem não tem dinheiro e/ou espaço, além de ser desmontável e fácil de carregar em uma mudança, por exemplo.

9. Móvel de madeira

Tem gente que gosta mesmo é de um bom (e velho-novo) armário de madeira de duas portas, com um ar bem retrô. Esse modelo clássico pode ser muito bonito se feito em madeira maciça de qualidade. O segredo da beleza aqui é o tipo da madeira utilizada, como madeiras nobres com belas tonalidades. Hoje em dia, muitas dessas madeiras não estão mais disponíveis para comercialização, pois estão em extinção e, portanto, as que sobram têm sido protegidas contra derrubada e venda ilegais.

Mas é possível ainda obtê-las com a compra de madeira de demolição de residências antigas. Muitas vezes, essas casas contam com estruturas em madeiras nobres, que podem ser utilizadas para fazer móveis muito bonitos e duráveis. Ou pode-se também comprar móveis antigos feitos com esse tipo de madeira. Nesse caso, o caminho é garimpá-los em antiquários e outros comerciantes de móveis antigos e usados.

10. Toque oriental

E por que não ousar um pouco e escolher um modelo de armário para o quarto que seja diferente de tudo o que vemos por aí? Uma ideia linda é este armário em estilo japonês, feito todo em madeira maciça em tom claro. O toque oriental fica por conta do revestimento interno das esquadrias das portas do armário, material opaco e claro que evoca o típico papel de arroz da tradição japonesa.

Precisa de ajuda para projetar a sua casa?
Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!