9 ideias para decorar espaços pequenos

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
Google+
Loading admin actions …

Muita gente se vê às voltas com desafios relacionados à falta de espaço em casas e apartamentos pequenos. Driblar esses problemas exige criatividade, investimento e, se possível, a ajuda de um arquiteto.

Encontrar essas soluções exige uma reflexão sobre o espaço disponível, o seu uso atual e a sua perspectiva de uso mais otimizado e funcional. É preciso também planejamento para que as etapas do trabalho possam ser realizadas a contento e no tempo estimado. E, antes de tudo, pesquisa, para que se descubra as melhores alternativas de aproveitamento do espaço. 

Tendo isso em vista, fica mais fácil imaginar e concretizar as mais variadas possibilidades de utilização de cada espaço da casa dentro do orçamento e de acordo com o estilo desejado. O importante é procurar ver o espaço sob uma perspectiva nova e concluir – ou intuir – o que precisa ser feito.

Conheça a seguir algumas alternativas para a otimização dos espaços pequenos, especialmente aquelas que envolvem mobiliário e outros recursos de decoração. 

Abuse dos nichos e prateleiras

Sala tijolinhos: Salas de estar modernas por Red Studio
Red Studio

Sala tijolinhos

Red Studio

Nichos e prateleiras podem estar em todos os cômodos da casa ou apartamento, ajudando a manter as coisas organizadas. Além do alto das paredes, esses elementos podem aparecer no espaço acima das portas, nos corredores, no hall de entrada e outros espaços. No banheiro, um bom lugar é sobre o vaso sanitário, um lugar geralmente mal aproveitado. No hall de entrada, se houver, esses ganchos são muito úteis para acondicionar os pertences dos visitantes.

Aproveite o alto das paredes

MM apartment: Salas de estar industriais por Studio ro+ca
Studio ro+ca

MM apartment

Studio ro+ca

Uma das maneiras mais simples de se utilizar melhor um espaço pequeno é aproveitar o alto das paredes, instalando nele prateleiras para livros, revistas e objetos decorativos. Escolha bem o que exibirá nas alturas. O artifício serve tanto para salas quanto para quartos, sem falar nos corredores, que são geralmente mal aproveitados nesse sentido. A sala de estar do apartamento em estilo industrial projetado pelo Studio Ro-ca, que aparece na imagem acima, é um bom exemplo do uso das prateleiras altas: elas se harmonizam perfeitamente com as prateleiras intermediárias e com a bancada longa na parte de baixo da parede, todas em cores neutras. Essas cores mais suaves servem de fundo para cores vibrantes no sofá rosa e no neon amarelo. A imagem é de do MCA Studio.

Integre os ambientes

Se o espaço é pequeno, especialmente quando se trata de um apartamento ou casa de dimensões reduzidas, a alternativa pode ser integrar os ambientes de forma que a circulação entre eles se dê de forma natural e fluida. Um exemplo comum é abrir ou projetar a cozinha para que ela conviva com a sala de estar ou jantar. Dessa maneira, um mesmo espaço serve a dois ou mais ambientes, otimizando o uso de ambas. Geralmente, a cozinha aberta – ou americana – conta com um balcão que faz as vezes de bancada de refeições para duas ou mais pessoas. Na imagem acima, a cozinha se integra à sala de estar e a sensação de amplidão é dada pela parede espelhada ao fundo. Também os armários e nichos na parte superior ajudam a organizar os utensílios da cozinha de forma limpa e discreta.

Opte por mobiliário coringa

Sala de Estar: Salas de estar minimalistas por HAUS
HAUS

Sala de Estar

HAUS

Outra forma de conseguir mais espaço e recursos em um espaço pequeno é optar por mobiliário coringa. Trata-se de peças que têm várias utilizações diferentes, das quais se lança mão diante das diversas necessidades. Uma estante vazada de metal pode, por exemplo, servir de divisória entre a cozinha ou sala de jantar e a sala de estar ou, ainda, funcionar como jardim vertical. Na imagem acima, a mesa de centro abriga banquinhos que podem ser utilizados sempre que houver mais pessoas do que o esperado. Enfim, as ideias são muitas e precisam ser encontradas diante dos problemas de espaço a ser resolvidos, caso a caso.

Lance mão dos espelhos

Os espelhos são um ótimo recurso para dar a impressão de que o espaço é maior do que ele realmente é, além de conferir elegância e brilho ao ambiente. Eles são muito utilizados nos banheiros, que geralmente são espaços bastante pequenos. Ali, um espelho de parede inteira é não só mais confortável para se realizar as tarefas cotidianas de limpeza e beleza, mas também tornam o local menos apertado. No caso de salas de estar e jantar, os espelhos também dão maior profundidade ao espaço e refletem a luz natural ou artificial, deixando o ambiente mais claro. Outro ambiente em que os espelhos costumam ser utilizados é o quarto, como revestimento das portas do armário ou como porta para o closet. Todos os efeitos anteriores se manifestam aqui também, assim como a sensação de leveza e limpeza.

Aproveite o vão sob a cama

Apartamento AF: Quartos  por Passo3 Arquitetura
Passo3 Arquitetura

Apartamento AF

Passo3 Arquitetura

Quando se tem pouco espaço, qualquer cantinho a mais já é uma vantagem. Um espaço clássico para aproveitamento do espaço é o vão sob a cama. Seja com móveis com baús ou gavetões, seja com caixas plásticas, esse lugar pode guardar roupas de cama, roupas de lã ou sapatos. No caso do quarto das crianças, ele pode ser ótimo para armazenar brinquedos ou gibis. Apenas fique atento para que as coisas mais delicadas acondicionadas nesse espaço recebam ventilação frequente para não embolorar.

Exiba suas atividades cotidianas

Apto. João: Salas de estar minimalistas por RSRG Arquitetos
RSRG Arquitetos

Apto. João

RSRG Arquitetos

Quando o apartamento é muito pequeno e se tem o hábito de praticas várias atividades esportivas, fica difícil achar um espaço discreto para guardar os equipamentos. A ordem aqui é reverter essa lógica. Que tal exibir nas paredes esses equipamentos? Pode ser a raquete de tênis, o skate, o capacete de ciclismo e até a própria bicicleta! O ambiente fica mais personalizado e o problema do acondicionamento é resolvido. A imagem é de Fran Parente. Para outras dicas sobre espaços pequenos, leia este artigo.

Espaço pequeno, closet nele!

Às vezes, o que ocorre é que se tem um cômodo muito pequeno na casa ou apartamento, no qual não é possível se instalar um quarto, Nesse caso, existem algumas alternativas bastante interessantes que podem ou não exigir uma reforma. Uma delas é transformar o espaço em um closet. É comum, em um apartamento pequeno, que não se tenha espaço suficiente no armário do quarto para acondicionar roupas, acessórios e sapatos. Um cômodo bem reduzido pode vir, então, a servir de closet. Outra possibilidade para o quartinho é se tornar um escritório ou biblioteca, que são ambientes que necessitam de privacidade. A imagem é de Carol Sábio.

Que soluções você encontrou para os espaços pequenos?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!