Casa Refúgio da Mata: Corredores e halls de entrada  por Arquiteto Aquiles Nícolas Kílaris

6 dicas simples para saber qual escada escolher

Lara Berol Lara Berol
Loading admin actions …

Ter uma escada em casa não é apenas uma escolha charmosa. Ela deve ser baseada em princípios sérios da construção e deve ser pensada em conjunto com o projeto, sendo de responsabilidade do engenheiro ou do arquiteto assegurar sua viabilidade e cálculo. Sua função estética deve estar aliada ao restante das outras preocupações que o projeto implica. 

Conheça os principais materiais, prós e contras e o que mais você deve levar em consideração na hora de decidir sua escada! 

1 – Descubra qual a função da escada e quais precauções tomar

CASA HAACK: Corredores e halls de entrada  por 4D Arquitetura
4D Arquitetura

CASA HAACK

4D Arquitetura

A principal decisão na hora de construir uma escada em sua casa precisa levar em consideração quais são os cômodos que você pretende ligar. Seria a entrada da casa à rua, ou a sala à parte superior? A lavanderia à cozinha? Os motivos de ter essa resposta em mente é porque essa decisão pode influenciar no tipo da escada a ser construída. Entender qual será a função fará diferença também em suas medidas. Saber se na casa há idosos ou crianças também pode modificar o projeto, adaptando certas medidas e padrões às suas necessidades. Tudo isso é importante, pois, vai interferir diretamente no ambiente e no conforto da casa. Não é possível ter uma casa sem que a mobilidade seja preservada para todos os que habitam nela. Revele todos esses detalhes antes da concepção do projeto. Não se esqueça que a escada também função estética na casa, como item de destaque na sala, por exemplo, ela deve ser tão bonita quando o restante dos cômodos. 

2 – Escolha os materiais corretos

A escada é parte estrutural da casa, independendo de seu formato ou material.  Para essa parte, que serve como ligação entre os andares que a escada tem a função de aproximar, alguns materiais são os mais usados, por oferecem maior firmeza e durabilidade entre eles estão a madeira, o aço e o concreto. Classificados como materiais primários, eles podem se fundir à diversos outros, dando mais resistência e beleza à peça. Já os materiais do guarda corpo ou dos corrimãos devem dar segurança para as pessoas que transitam pela escada. Há diversos materiais que podem ser usados nos outros componentes da escada. Mesclas interessantes podem acontecer entre vidro, materiais sintéticos, concreto, diversos tipos de metais e cores. Nessa hora, tente aliar a criatividade à segurança!

3 – Considere o peso da escada na estrutura

O peso da escada também influencia em seu desempenho e sua estrutura. Esse tipo de cálculo deve ser feito antes de sua instalação, afinal, uma peça muito pesada pode colocar em risco a estrutura da casa. A única pessoa apta a calcular o peso em relação à função e ao material estrutural da escada é o responsável pelo projeto. Qualquer alteração em relação ao material escolhido para qualquer componente da escada deve ser comunicada a ele. Trocar madeira por metal ou vidro por placas sintéticas vai alterar a dinâmica da peça. Pense bem antes de sugerir qualquer modificação, afinal, ninguém quer uma escada com o perigo de cair ou com rachaduras aparentes nos primeiros meses de uso.

4 – Descubra os prós e contras das escadas de metal

As escadas de metais têm como principais vantagens o fato de serem montadas no ambiente em que ficarão. É possível encomendar a peça sob medida na fábrica e ela chegar exatamente com o tamanho correto, para montar bastam alguns funcionários. Geralmente, algumas fábricas enviam pessoas especializadas para a montagem. Tudo isso, em relação às escadas de concreto e madeira fazem que as de metal saiam na frente. O tempo para que ela fique pronta é também uma vantagem que faz com que muita gente dê preferência à essa peça. Porém, entre tantas vantagens, algumas desvantagens seriam mais que previstas; como, por exemplo, o fato dessa escada fazer muito mais barulho em relação a qualquer outro material. É perfeitamente possível saber quando uma pessoa sobe ou desce as escadas. Sua manutenção também deve ser feita regularmente, dependendo do modelo e da intensidade da circulação da área instalada. No Brasil, o custo desse tipo de escada ainda compete frente à frente com outros materiais pois a mão de obra é escassa.

5 – Desubra os prós e contras das escadas de madeira

​PROJETO ARQUITETÔNICO FACHADA E INTERIOR DA RESIDÊNCIA PRUNER  (Fotos: Lio Simas): Corredores e halls de entrada  por ArchDesign STUDIO
ArchDesign STUDIO

​PROJETO ARQUITETÔNICO FACHADA E INTERIOR DA RESIDÊNCIA PRUNER (Fotos: Lio Simas)

ArchDesign STUDIO

Antes de escolher a madeira para construir a escada, é preciso entender se seu grau de dureza interfere no fato dela estar mais sujeita às pragas de madeiras. Lembre-se que esse tipo de desgaste pode comprometer a estrutura da escada. Mesmo sendo consideradas mais bonitas e duradouras, para se manter assim as escadas de madeira precisam de cuidados constantes. Por ficarem em uma área de circulação, é natural que haja desgastes nos degraus. Porém, sua manutenção e até a troca, caso necessária, é muito simples. O maior gasto se dá na hora da montagem e instalação. Com cuidado constante, a escada pode durar décadas! Sua versatilidade permite a mistura com outros diversos materiais, garantindo charme e design arrojado. Os confortos térmicos e ambientais saem na frente com a madeira, que não permitem que o calor e os sons se dissipem com facilidade.

Quer saber mais sobre como cuidar de sua escada com piso de madeira? Leia esse artigo cheio de dicas importantes para você!

6 – Decida tudo com o arquiteto antes da obra

Casa Knittel: Corredores e halls de entrada  por 360arquitetura
360arquitetura

Casa Knittel

360arquitetura

O momento da definição da escada é na hora da concepção do projeto. Nessa hora, tudo deve ser colocado em pratos limpos para o engenheiro ou arquiteto. Além da real função da escada, suas expectativas quanto ao projeto, ao design e sua real intenção de gastos quanto à escada. Em uma reforma, por exemplo, é possível definir a escada para que ela dê acesso a outros andares não existentes, mas isso não deixa livre que tudo seja definido antes. Até os materiais do guarda corpo e corrimões devem ser decididos nesse instante. Afinal, como já foi explicado logo acima, todas essas definições interferem no projeto.

Esse projeto é do escritório 360arquitetura, de Salvador

Gostou das dicas? Mostre para nós a escada de sua casa!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!