6 (bons) motivos voltar a morar com os pais depois dos 30

Lara Berol Lara Berol
Loading admin actions …

Casar e morar na mesma casa com os pais era algo muito comum para gerações passadas. Hoje, nem sempre os jovens enxergam nesse caminho a melhor opção. A crise econômica empurra muitas pessoas de volta à casa da família, mas convivência pode ser difícil e os limites, mal estabelecidos. 

Mesmo assim, existem bons motivos para voltar a dividir o lar com os pais. Além de uma economia substancial na construção e no aluguel, é possível contar com a ajuda e a presença de gente em casa. A convivência pode ajudar em diversas questões. Sem contar na reaproximação dos laços familiares.

Conheça abaixo seis bons motivos para dividir a casa com os pais depois dos 30.

1. Se dividir a casa com os pais, você pode usar o terreno

Construir uma casa requer a regularização de diversos aspectos jurídicos em relação à obra. Antes de começar a reformar ou a levantar qualquer coisa, é preciso ir à Prefeitura e regularizar as modificações. O primeiro item a ser questionado e investigado pelos órgãos regulamentadores das Prefeituras é o terreno. Para começar a construir é necessário possuir a escritura, todos os impostos pagos e a situação regularizada. Construir em um lote da família economiza seu tempo e dinheiro. Em geral, nos municípios brasileiros, para erguer outra moradia em um mesmo terreno o processo é muito simples, basta apresentar a escritura e o comprovante dos últimos impostos quitados juntamente com a documentação solicitando a autorização para a nova obra. Depois, se for preciso e se for da vontade das partes, é possível desmembrar os terrenos, tornando-os propriedades independentes.

2. Você pode economizar muito!

Sala de estar - Residência Alphaville Tamboré 3: Salas de estar modernas por Studio 262 - arquitetura interiores paisagismo
Studio 262 – arquitetura interiores paisagismo

Sala de estar – Residência Alphaville Tamboré 3

Studio 262 - arquitetura interiores paisagismo

Muita gente pensa que uma casa para abrigar gerações diferentes pode se tornar palco de conflitos constantes. Não necessariamente! Se o terreno permitir, é possível construir casas distintas, mas quando não é o caso, o jeito é aproveitar ao máximo o terreno, com uma casa ampla é possível economizar e ainda resolver a questão das duas famílias. Apenas nesse processo já é possível ter uma economia significava em aspectos referentes à regulamentação. Porém, é necessário pontuar que os ganhos da construção de casas para duas gerações vão além dos aspectos financeiros imediatos. É possível pensar em sistemas integrados que gerem economia em ambas as casas, se for o caso, ou desenvolver uma casa única com mais aproveitamento de espaço e recursos. Um dos exemplos disso é o aquecimento solar, em construções mais novas e que visam um projeto sustentável, é possível desenvolver sistemas de captação da água chuva, reaproveitamento de água da máquina de lavar, ou outros projetos customizados que têm como principal objetivo otimizar os recursos disponíveis. Sem contar que, com espaço, você pode até construir uma pequena horta na parte externa do terreno e utilizar o que produzir lá, diminuindo a conta do mercado.

3. Avós podem cuidar das crianças

Estando na mesma casa, ou pelo menos no mesmo terreno, é possível contar com a ajuda dos avós para que eles fiquem responsáveis por dar aquela olhadinha nas crianças quando os pais não estão em casa. Quando as crianças são pequenas, precisam de constante vigilância, por isso, qualquer minuto sozinhas já representa um perigo. Outros adultos podem dividir as tarefas com os pais, de modo que as crianças também aprendem a criar diferente tipos de vínculos desde cedo.

​4. Os netos podem cuidar dos avós

Se os avós são importantes na infância dos netos, pode ter certeza que os netos podem ser de grande ajuda no futuro. Auxiliar os idosos nas tarefas mais simples do dia a dia pode ser decisivo para uma velhice mais confortável. Garantir a segurança deles, estar sempre a postos para qualquer imprevisto ou para ajudar em qualquer situação é tudo o que idosos precisam.

Observar a rotina dos idosos e estar atento a qualquer sinal de mudança é fundamental para o diagnóstico precoce de muitas doenças e condições próprias da idade. Morando sozinhos, os primeiros sintomas poderiam passar despercebidos. Os aspectos psicológicos nesse cenário também tendem a ser positivos, fazendo com que os idosos se sintam acolhidos e protegidos.

5. Você pode fazer viagens longas

APARTAMENTO 400m2 - AV BOA VIAGEM - RECIFE/PE: Cozinhas modernas por ROMERO DUARTE & ARQUITETOS
ROMERO DUARTE & ARQUITETOS

APARTAMENTO 400m2 – AV BOA VIAGEM – RECIFE/PE

ROMERO DUARTE & ARQUITETOS

Quem divide a casa com os pais não se preocupa tanto quando precisa fazer uma viagem e deixar a casa sozinha! Por abrigar mais pessoas, nem todos os moradores vão conseguir conciliar datas de viagem. Com certeza, alguém da família ficará na casa durante a viagem do restante dos parentes. Com isso, é possível estender um pouco o prazo de volta e relaxar mais sem se preocupar em contratar um segurança para esse período.

Porém, se toda a família resolver embarcar junta em uma aventura fora de casa, é possível agendar com outros parentes a vigilância da residência. Se isso não for viável, é bom ler algumas dicas para segurança da casa. É sempre melhor prevenir que remediar!

6. Sinta-se sempre conectado à família

Estar presente entre os entes queridos é cada vez mais raro para as gerações atuais. A ocupação em construir sua própria independência financeira pode colocar o trabalho em primeiro lugar para muitos. Com isso, os laços familiares se tornam enfraquecidos. Um bom lugar para reatar a convivência é mesa de jantar. Fazer as refeições juntos é uma das pequenas regras trazidas da casa dos pais que podem determinar o nível de diálogo e aproximação das famílias. Alguns minutos são suficientes para que pais e filhos se reaproximem, conversem e conservem laços tão importantes. Se me sua casa esse hábito se perdeu, tente retomar! Verá que as coisas podem melhorar.

Conte com uma mesa de jantar para reunir a todos! Um bom exemplo é esse, que faz parte do projeto do escritório Duda Senna Arquitetura e Decoração.

Gostou das dicas? Se morar em uma casa assim, nos conte a experiência! 
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!