6 ambientes maravilhosos onde receber amigos em casa

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
Google+
Loading admin actions …

Receber amigos e outros convidados geralmente faz parte da vida social das pessoas, mas nem sempre sabemos bem como agir – especialmente quando as pessoas não são nossas conhecidas. A verdade, porém, é que não existe nenhum segredo no ato de recebê-las: basicamente, só se demanda simpatia e bom senso.

Mesmo assim, não custa nada rememorar alguns passos próprios da hospitalidade para que se possa saber direitinho como agir e o que fazer. Esses passos vão desde a oferta de bebidas e aperitivos até a conversação sobre diversos assuntos, passando pela esperada turnê pela casa, pelo passeio no jardim, pela exibição de todo tipo de coleções que sejam caras aos moradores, pelo ato de ouvir e comentar boa música e, por fim, a ida à cozinha para preparar uma bela sobremesa.

Fica a critério do anfitrião ou da anfitriã deixar alguns desses passos de lado e incluir outros. Faça tudo da forma mais espontânea possível: em outras palavras, apenas seja você com todas as suas circunstâncias, com suas paixões, com seus valores e crenças, mas sempre respeitando os valores e crenças de seus convidados. 

Permita-se abrir o coração e a mente para pessoas diferentes, elas também com suas peculiaridades, suas histórias e seus sonhos. Assim, o encontro será sempre válido, significativo e prazeroso. O que mais se poderia pedir?

Cozinha: faça uma sobremesa

Uma ideia divertida para o encontro na sua casa com outras pessoas é democratizar a execução de uma deliciosa sobremesa. Leve todo mundo para a cozinha, divida tarefas e, assim que o doce estiver pronto, compartilhem de um momento agradável em torno dele. As crianças, principalmente, vão adorar. E, com a alegria delas, todos ficam contentes também. Para outras dicas sobre hospitalidade, leia este artigo.

Bar lateral: sirva bebidas e aperitivos

Uma boa forma de quebrar o gelo é oferecer uma bebida e aperitivos aos convidados. Essas coisas servem um pouco de muleta para pessoas ainda não à vontade, fazendo com que elas ocupem as mãos, as quais, de outro modo, não saberiam onde se colocar. Lembre-se de abastecer a geladeira com sucos e refrigerantes para o caso de haver crianças e pessoas que não consomem álcool entre os convidados. Se estiver quente e for de tarde ou de noite, as cervejas e os vinhos brancos vão muito bem. Se estiver frio e for de noite, o vinho tinto ou outras bebidas apropriadas para drinques podem ser bem-vindos. Se for um almoço ou um churrasco, a cerveja e as bebidas não alcóolicas são mais indicadas. Também faça um estoque de aperitivos, como amendoim, frutas secas e azeitonas, ou então prepare pastas e patês para comer com torradas, como por exemplo aqueles feitos com atum, beringela, azeitona, grão de bico ou outros de sua preferência. Ter alguma coisa para beliscar também pode ser bom se o almoço ou jantar estiver atrasado. Com esses itens básicos, não há como errar: partilhar a comida e a bebida é uma forma ancestral – para não dizer atávica – de hospitalidade.

Apresente a casa toda

Se você tiver uma varanda bem decorada, pode mostrar a sua satisfação com esse processo ao levar os seus convidados para fazer um tour pelo ambiente. É uma boa ocasião para trocar impressões sobre arquitetura, decoração e design, procurando saber mais sobre os gostos deles, os estilos que preferem, como é a casa deles. Se eles estão acompanhados dos filhos pequenos ou adolescentes e você também tem filhos nessa idade, promova a socialização entre eles por lá. Todo mundo precisa de casa e todo mundo quer ter uma casa aconchegante, portanto todo mundo tem uma visão particular de como deveria ser a casa dos seus sonhos. É mais um tema que derruba inibições ou timidez. 

Faça um passeio no jardim

Se você mora em uma casa com jardim, convide os visitantes para conhecê-lo. Caso cultive flores, ervas aromáticas ou tenha uma horta, mostre o que cultiva e fale sobre suas plantas preferidas. Se houver uma mesa e cadeiras nesse ambiente e o tempo estiver bom, você também pode propor ficar um pouco ao ar livre, desfrutando da paisagem ou até do pôr-do-sol. Outra coisa que pode ser interessante se você tiver uma piscina e fizer bom tempo é convidá-los para um mergulho. Nesse caso, avise-os com antecedência sobre a possibilidade de se desfrutar da piscina para que eles levem roupa de banho. Caso você não tenha nem piscina nem jardim, mas tem uma bela varanda com vista para a cidade, leve-os para lá por alguns momentos. Pode ser que a vista inspire novos assuntos de conversação. 

Na sala, mostre uma coleção da qual se orgulhe

Cobertura Leblon : Salas de estar ecléticas por Escala Arquitetura
Escala Arquitetura

Cobertura Leblon

Escala Arquitetura

Muita gente coleciona coisas. Pode ser quadros, moedas, cartões postais, livros, CDs, DVDs, cerâmicas, uma infinidade de coisas. Se você tem como hobby a fotografia, mostre as suas melhores imagens. Se não esse hobby, mostre as fotografias de família ou de viagens, contando histórias divertidas sobre as pessoas ou os lugares. Se o seu hobby são as artes plásticas, mostre suas telas; se for a leitura, mostre seus livros e revistas; se for a genealogia, mostre a sua árvore genealógica; se forem os jogos, proponha uma partida de um jogo de cartas ou tabuleiro. Não importa qual for o seu hobby ou a sua coleção, mostre-os e crie novos assuntos para conversação. Pode ser que descubra que alguém entre os seus convidados tem o mesmo hobby ou sempre pensou em tê-lo e isso pode estreitar os laços entre vocês. Se não houver simpatizantes, peça para saber mais sobre os hobbies deles ou mesmo sobre o trabalho que fazem. Há sempre muito a aprender com qualquer pessoa. Como exemplo, essa simpática sala de estar em estilo eclético – projetada por Escala Arquitetura – apresenta uma bela coleção de quadros e gravuras.

Na sala de estar, escute ou fale de música

Salas de estar modernas por Amina
Amina

Living Room

Amina

A música é uma paixão universal e, portanto, sempre um tema propício para conversação. No entanto, os gostos musicais podem ser os mais diversos. Procure saber quais são os gêneros de música que você compartilha com os seus convidados e toque alguns CDs. De preferência, mostre a eles a sua coleção de CDs naquele gênero e peça-lhes para escolher os álbuns que gostariam de ouvir. Mas a experiência pode ser ainda melhor: se você toca algum instrumento, pode executar alguma canção de que goste muito – e até chamar os seus convidados para se juntarem a você. No mínimo, pode dar ensejo a muitas gargalhadas!

Qual é a sua dica de hospitalidade?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!