Por trás dessa fachada histórica há um apê supermoderno

Tony Santos Arquitetura Tony Santos Arquitetura
Loading admin actions …

Uma das grandes atrações para os turistas que visitam a Europa é o acervo arquitetônico e cultural das cidades europeias. Este patrimônio valioso só existe porque, além da longevidade da sociedade europeia, cuja pujança e o poder econômico estão registrados em seus edifícios e monumentos, existe uma cultura de valorização da história e da própria cultura. O Brasil escolheu valorizar o novo, o moderno. Basta constatar que Juscelino Kubitschek, presidente entre 1956-1961, fundou uma cidade inteiramente nova, na época apartada dos brasileiros, em estilo moderno, contando com o talento de Oscar Niemeyer. A intenção de JK era inaugurar um novo país, cuja nova capital simbolizaria a sua modernidade, mais idealizada do que real. Um visionário pensou poder inaugurar um país moderno, contido em um país cuja realidade contrasta até hoje com esta modernidade forjada, como se fosse possível modernizar um país inteiro por meio da construção de palácios modernos. A nossa história e nossas carências continuam ainda hoje sombreadas pelo desejo de sermos modernos.

O homify mostra um apartamento em Lisboa, capital da querida nação portuguesa, para apresentar a revitalização incrível de um apartamento situado em um edifício histórico. Localizado no bairro da Lapa, as margens do rio Tejo, o edifício residencial teve suas fachadas restauradas, o quarto, o quinto pavimento e a cobertura repaginados, mantendo seu uso original como habitação. Os responsáveis pela intervenção verificaram um excesso de compartimentação dos espaços, portanto o projeto buscou criar ambientes mais abertos e integrados. Desta premissa surgiu o mezanino, que tirou partido do reforço da estrutura e do pé-direito duplo existente.

Curioso para desvendar todos os encantos e todos os ângulos desta reforma inacreditável? Então confira a seguir a intervenção formidável do estúdio RRJ Arquitetos, que transformou dois andares de um edifício histórico em um loft contemporâneo e sofisticado, que remete aos lofts nova iorquinos.

Fachada histórica

O edifício histórico, construído no início do século XIX, está localizado nas margens do rio Tejo, um dos símbolos de Lisboa, no bairro da Lapa. Juntamente com seus vizinhos, o edifício compõe um importante patrimônio arquitetônico e cultural. Além da restauração das fachadas do edifício, o projeto de intervenção buscou recuperar as mansardas, mantendo-as idênticas às originais, preservando o equilíbrio do conjunto e garantindo boas condições de iluminação e ventilação naturais nos quartos situados na cobertura.

Se você aprecia projetos de reforma e restauração, então confira este projeto espetacular de transformação de uma igreja antiga em uma casa de férias.

Living room

A intervenção no interior do edifício implico na reconstrução completa do quarto e quinto pavimentos e da cobertura. E, o projeto baseou-se em três pressupostos, reforço estrutural, elevação do pé-direito e a criação de um vão que funciona como um mirante sobre a cidade. O living room, que acomoda a sala de estar, a cozinha, o mezanino, é caracterizado pelas superfícies neutras, paredes e teto de cores brancas, e pelo piso de madeira, que agrega conforto e requinte ao ambiente.

Espacialidade de loft

A organização espacial do apartamento remete a espacialidade de um loft, em uma releitura contemporânea. Ambientes integrados, sem divisórios, estruturas aparentes, como a viga metálica que marca a intervenção, e grandes aberturas. Além dos generosos planos envidraçados, que dão acesso ao terraço e descortinam a vista para a cidade, uma abertura zenital, situada sobre o mezanino, captura a luz natural para o interior da área social.

Devido ás soluções feitas exclusivamente para o apartamento, como a estante do living room, laqueada em branco, o mobiliário de design contemporâneo restringe-se ao mínimo necessário, realçando o estilo clean e minimalista da decoração.

Mezanino

O mezanino foi criado de modo a aproveitar o pé-direito avantajado. A laje do mezanino é apoiada por cabos de aço engastados na viga metálica aparente, que atravessa todo o living room, dando um toque industrial ao ambiente. O espaço do mezanino serve como home-office, com destaque para a mesa de vidro com apoios de vidro, que realça a elegância e sofisticação do ambiente.

Cozinha

A bancada de madeira serve de apoio para refeições informais e faz a transição entre a cozinha e a sala de estar. A cozinha é caracterizada pela funcionalidade e pelo estilo contemporâneo. O piso de madeira dá lugar ao piso de porcelanato. Os armários de madeira planejados e embutidos, com acabamento em laca de tom grafite, realçam a elegância e a estética minimalista do ambiente. Os armários reservam um espaço para uma pequena adega.

Dormitório

Os dois dormitórios estão situados na cobertura e desfrutam das vistas e da luz natural que atravessam as mansardas. Aquelas janelinhas que vemos no topo do edifício são as mansardas, que tiveram sua aparência original preservada. Os quartos também ganharam um novo piso de madeira, que deixa o ambiente mais aconchegante. No quarto da criança, os objetos pessoais expostos dão mais personalidade ao ambiente.

Quarto principal

A decoração do quarto do casal aposta na combinação cromática alvinegra. As superfícies predominantemente brancas, exceto o piso de madeira, contrastam com o mobiliário e os acessórios de cor preta, como a cama com cabeceira estofada de couro e a poltrona Lounge Eames, um ícone do design internacional, projetada pelo casal Eames, que agrega conforto e requinte ao ambiente.

Mais informações sobre projetos de quartos, você encontra aqui.

Mirante

O terraço serve como área de estar ao ar livre e mirante, na qual se tem o contato visual com a cidade e com o entorno de edifícios históricos.

Faça um teste. Vá à Brasília, visite todos os palácios modernos, que são belíssimos, e vá a uma cidade europeia histórica. Depois compare ambas impressões, a de experimentar uma cidade nascida na folha de papel e a de experimentar uma cidade nascida espontaneamente, resultado do método humano mais natural de erros e acertos. Você provavelmente se identificará mais com o tecido urbano e com os edifícios da cidade histórica, porque eles espelham traços de uma história que você reconhece ou a qual você pertence. 

Enquanto a cidade que preserva seus edifícios históricos nos lembra quem éramos, a nossa cidade moderna nos lembra quem queríamos ser em 1960 e ainda não o somos.

Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!