por monica khanna designs

6 dicas para criar um jardim pequeno e bonito em casa

Josi Monteiro – homify Josi Monteiro – homify
Google+

SOLICITAR ORÇAMENTO

Número incorreto. Por favor, corrija o código do país (+55 para o Brasil), código da cidade ou número de telefone.
Ao clicar em 'Enviar', confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação será processada para responder ao meu pedido.
Nota: Poderá anular seu consentimento enviando email privacy@homify.com com efeito futuro
Loading admin actions …

Criar um de canteiro de flores ou plantas é uma tarefa descomplicada, mas, claro, desde que os trabalhos principais sejam divididos e reduzidos aos seus elementos mais básicos. É necessário embelezar os caminhos, realçar as cores, atribuir altas e baixas camadas de plantações e enquadrar o respetivo espaço na área externa, ou seja, do seu jardim. Além disso, você pode fazer o que quiser com o quintal da sua casa, por exemplo, além do canteiro  - uma linda mini fazenda urbana

Afinal, muitos quintais têm canteiros de flores e plantas em volta das árvores. As ilhas de canteiros, geralmente em formato orgânico, ficam situadas em áreas de destaque no jardim. Para montagem de canteiros floridos, podemos utilizar plantas floríferas perenes ou anuais – são plantas, que como o próprio nome já diz, tem flores que duram  um único ciclo e morrem logo após emitirem sementes. 

Por exemplo, as chamadas plantas anuais têm um período de vida curto e devem ser substituídas a cada estação. Algumas anuais são bulbosas e seus bulbos devem ser desenterrados após o ciclo de florescimento e guardados em local seco para o próximo período de plantio. Se você escolher plantas anuais é preciso ser cuidadoso e manejo apropriado, já que precisam ser substituídas conforme seu ciclo de vida. São cultivadas a partir de sementes ou mudas, crescem, florescem, soltam suas sementes e morrem, completando seu ciclo.

É importante pensar na maneira que você quer que as flores apareçam no seu jardim, pois é uma das tarefas mais criativas e divertidas da jardinagem. Utilize sua criatividade, brinque com cores, texturas e formas para criar um canteiro de flores que tenha um bom apelo visual. Confira algumas ideias!

1 – Determine o espaço do canteiro

É necessário pensar muito bem no espaço que um determinado canteiro vai ocupar no seu jardim, uma vez que isso vai determinar a escolha das plantas que lá vão ser cultivadas. Existem muitas plantas que precisam de locais com sombra para se começarem a desenvolver. É o caso da Spiraea japonesa, uma planta perene de folhas decíduas que cresce ao longo das margens dos rios ou nas bordas das matas, estradas e caminhos.

A sua utilização nas bordas de canteiros é uma mais-valia, na medida em que atribui um aspeto mais rústico e natural ao próprio jardim. Por outro lado, o Bôrdo japonês:  Acer palmatum é uma árvore que também é muito apreciada nas bordas de canteiros e isso deve-se ao seu tamanho  - 6 a 10 metros de altura e às suas folhas delicadas que mudam de cor com o passar das estações.

2 – Prepare a terra no local

Jardim  por monica khanna designs
monica khanna designs

Juanapur Farmhouse

monica khanna designs

Prepare a terra no local, sejam canteiros ou vasos, e escolha de preferência terra escura, um pouco de esterco curtido ou também outros fertilizantes orgânicos como torta de mamona. A terra deve ficar fofa para permitir a passagem da água e uma boa drenagem.

Se não tiver ferramentas apropriadas, em lojas de jardinagem é possível encontrar kits com pazinhas, ancinhos e tesoura de poda, para que você tenha as ferramentas mínimas para fazer seu jardim. Como a ideia é fazer um canteiro barato, você pode procurar na loja plantas mais em conta para ter no seu jardim.  Além disso, é possível conseguir mudas com seus amigos ou familiares. Deixa ainda mais lindo o seu jardim

3 – Depois de escolhidas as mudas, é hora do plantio

Faça pequenos buracos na terra e coloque a muda, cobrindo com terra sem deixar nenhuma raiz de fora, e depois regue as mudas mas sem encharcar. Regue todo dia pela manhã ou final da tarde, mas evite horários de sol forte ou sempre que a terra estiver seca, mas não molhe demais. O segredo é manter a terra úmida, mas não excessivamente. A adubação do seu jardim deve ser feita pelo menos duas vezes ao ano, e para tal escolha do melhor adubo – pergunte a um especialista ou peça orientação ao vendedor para escolher de acordo com o tipo de planta que tem em seu jardim. 

4 – Aposte em plantas floríferas e perenes

São as plantas mais utilizadas nos jardins porque exigem menor manutenção, não sendo necessário replantio dos canteiros periodicamente e ainda possuem belas flores, que florescem em estações determinadas, dependendo da espécie. Algumas florescem durante todo o ano. Quando utilizamos plantas perenes devemos estar atentos a um planejamento cuidadoso para assegurar cores em seu jardim ao longo de todas as estações. Considere quando cada planta irá florescer, faça um planejamento cromático e tenha seu jardim florido o ano todo.

5 – Para os iniciantes, vale apostar em plantas de baixa manutenção

Casa Liberdade: Jardins  por Na Lupa Design
Na Lupa Design

Casa Liberdade

Na Lupa Design

Todas as pessoas procuram flores de baixa manutenção que cresçam mais do que uma temporada. Dessa forma, é necessário escolher as plantas mais adequadas para que as bordas de canteiros estejam sempre radiantes e floridas desde o início da primavera até ao fim do outono. As bordas de canteiros não necessitam de ser largas ou complexas para terem um enorme impacto visual. Basta escolher três ou quatro tipos de plantas específicas para fazer toda a diferença, como por exemplo, as margaridas africanas, as lobélias e a lavanda. Estas plantas transformam por completo as bordas dos canteiros e a beleza de um espaço exterior.

O projeto do paisagismo foi criado por Na Lupa Design, localizada em Belo Horizonte. O estúdio Na Lupa Design é dirigido por AnaLu Guimarães, designer de interiores e artista plástica graduada pela UEMG e pela Escola de Belas Artes da UFMG.

6 – Pedriscos e água da chuva tornam seu jardim mais fácil de cuidar

Jardins  por EcoEntorno Paisajismo Urbano
EcoEntorno Paisajismo Urbano

Casa Z-26. Jardín interior con celosía metálica.

EcoEntorno Paisajismo Urbano

Sustentabilidade é tudo, então aproveite a água da chuva e armazene em baldes, e com ela você poderá regar as plantas e mantê-las sempre bonitas. Se fizer canteiros, os espaços entre as plantas podem ser decorados com pedriscos e você pode fazer entre os canteiros caminhos com pedras decorativas, fica um arraso! 

Além disso os pedriscos podem ser usados também nos vasos ao redor das plantas. Não esqueça que no caso de usar vasos, é preciso mudar as plantas de lugar depois que as raízes crescerem muito. Se tiver espaço pode colocar um banquinho no jardim e ele se tornará um ótimo lugar para relaxar e curtir o cantinho que você fez. Outra ideia mara é adicionar uma pequena fonte, já que o som da água é muito relaxante, e existem modelos pequenos e baratos que podem ser feitos em casa. Agora, com essas informações e dicas você poderá fazer um canteiro esplêndido e barato para deixar sua casa maravilhosa!

E aí? Gostou do artigo? Comente.
Casas  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!