Cozinhas pequenas com estilo!

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
Google+
Loading admin actions …

Cozinhas pequenas podem ter tanto ou mais estilo do que as cozinhas espaçosas. A questão aqui não é falta de espaço, mas sim de otimização dele, não importa as suas dimensões. O espaço de uma cozinha pequena pode conter tudo que existe em uma grande – e com a mesma eficiência e beleza.

Saber aproveitar bem cada cantinho, posicionar adequadamente cada eletrodoméstico, fugir um pouco da monotonia das cores neutras, usar bem a verticalidade, estabelecer áreas para cada função, recorrer à customização para dar personalidade ao ambiente e, antes de mais nada, respeitar o fluxo de trabalho dentro da cozinha são algumas das medidas que estão ao alcance de qualquer projeto de decoração.

Já os estilos propriamente ditos podem ser os mais variados, como em qualquer cozinha, seja ela clássica ou moderna, rústica ou minimalista, campestre ou colonial, industrial ou escandinavo. Apresentaremos três desses estilos incorporados em cozinhas pequenas e você verá que o resultado é perfeito.

Acompanhe agora a série de imagens a seguir para saber como dar estilo e funcionalidade à sua cozinha de pequenas dimensões. Encante-se!

Seja industrial: exponha o design e a arquitetura

No estilo industrial, a estrutura arquitetônica e o design têm um grande peso e são expostos sem firulas. Se a sua cozinha tem uma coluna estrutural em algum lugar da sua extensão, por exemplo, ela pode fazer parte do projeto de decoração de alguma forma. Na cozinha em estilo industrial que aparece na imagem acima, os dutos para a fiação elétrica e a a estrutura de metal do teto se integram ao ambiente, As luzes saem diretamente dessa estrutura nua, sem cúpulas ou qualquer enfeite. A cozinha em estilo americano, com bancada que se abre para a sala de estar, reforça o desejo de exposição e chama ao convívio, além de ampliar o espaço pequeno da cozinha. O design aparece nas banquetas cor de laranja, que contrastam com o preto dos armários e o cinza prateado dos eletrodomésticos, incluindo a coifa. A bancada em madeira dá o toque de aconchego necessário a esse espaço reduzido. Para completar, as paredes de cimento queimado acrescentam uma certa rusticidade ao ambiente que se casa muito bem com o estilo industrial.

Seja minimalista: esconda as coisas

Apto. João: Cozinhas minimalistas por RSRG Arquitetos
RSRG Arquitetos

Apto. João

RSRG Arquitetos

Uma das características mais flagrantes do estilo minimalista é a aparência clean,  sem poluição visual. Isso pode ser obtido com o investimento em mobiliário para armazenagem de produtos e objetos. Ou seja, tudo deve estar guardado e fechado em armários, bancadas e gavetas, longe dos olhos das pessoas. O que deve ser visto é mínimo e não interfere na visualização do conjunto, mas se harmoniza entre si. Outra coisa própria do minimalismo é o recurso às cores neutras, especialmente o branco, dando leveza ao espaço. Mas isso não significa que não se incentive uma pitada de cor – ou várias – para conferir vitalidade e energia ao ambiente. No projeto desta cozinha minimalista de RSRG Arquitetos, paredes e piso são brancos, há bastante vidro proporcionando leveza e a presença de luminárias e eletrodomésticos em cinza, tudo seguindo a cartilha do estilo. Mas cores frias e quentes foram incorporadas em diferentes proporções: o verde das bancadas tem grande peso, enquanto cores como o vermelho, laranja e amarelo aparecem em doses menores no quadro, no liquidificador, nas frutas e nas flores. O efeito geral é muito agradável, ainda mais considerando as pequenas dimensões da cozinha aberta, que segue moldes americanos. A imagem é de Fran Parente.  

Seja rústico moderno: faça um mix de estilos

O estilo rústico moderno é uma combinação equilibrada dos dois estilos, um mais clássico e o outro mais contemporâneo. É ideal para aqueles que, vivendo na cidade, querem ter um arzinho do campo dentro de casa sem perder a modernidade. Para cozinhas pequenas, é um estilo bastante adequado, pois brinca com o contraste entre características que parecem excludentes. Isso cria um dinamismo no ambiente que integra espaços e anima a atmosfera. No apartamento acima, o espaço da cozinha é dividido diretamente com a área de refeições, contígua à sala de estar. Ou seja, não há bancada entre as áreas devido ao espaço diminuto. Mas a composição de uma cozinha circunscrita à parede do fundo por meio do planejamento do espaço com uma área de refeições igualmente pequena exige a integração de ambos os ambientes. No espaço da cozinha propriamente dita, o estilo rústico aparece no mobiliário em madeira e no mármore da parede em tom bege. Na área de refeições, cadeiras com estrutura em madeira e banco no mesmo material complementam o estilo rústico da cozinha. No entanto, o vidro da mesa o metal da luminária dão o toque moderno, assim como o uso do amarelo na luminária e na estrutura da mesa. O ambiente conjunto apresenta, portanto, o aconchego da madeira e a modernidade da cor e dos materiais frios como o vidro e o metal.

Aproveite ao máximo cada cantinho

Entrada do Mini Apê - Cozinha: Cozinhas modernas por Paula Werneck Arquitetura
Paula Werneck Arquitetura

Entrada do Mini Apê – Cozinha

Paula Werneck Arquitetura

Agora, as dicas valem para todos os estilos. Primeira dica: aproveite ao máximo cada cantinho. Assim, optar pelo planejamento profissional da cozinha é o caminho mais curto para a realização dessa máxima e para a satisfação com o resultado final. Não é fácil encontrar soluções para determinados problemas e um profissional pode orientá-lo da forma mais garantida. Geralmente, as cozinhas pequenas de hoje em dia recorrem à derrubada de uma parede e colocação de uma bancada de modo a ampliar o espaço e também para promover a convivência e integração de quem está na cozinha e de quem se encontra na sala de estar. Assim, as paredes restantes – que podem ser apenas duas – devem ser muito bem aproveitadas com bancadas de trabalho (pia, fogão, bancada de apoio), geladeiras e armários superiores e inferiores para estocagem de alimentos e armazenamento de utensílios de cozinha. Na imagem acima, a pequena cozinha deste studio de 15m2 tem geladeira, fogão, bancada de quartzo branco, pia, armários, área de refeições e até adega refrigerada. A imagem é de MCA Estúdio. 

Use ao máximo o espaço vertical

Espaços pequenos têm que tirar proveito dos espaços verticais: quanto mais se ocupar as paredes, do chão ao teto, com tudo que é necessário ter ou se quer ter na cozinha, menos problemas com as dimensões do espaço vai se ter. O exemplo mais comum é forrar uma ou mais paredes com armários, sejam eles inteiriços ou divididos em superiores e inferiores. Outra possibilidade é usar as paredes para embutir eletrodomésticos como forno, micro-ondas, lava-louças e outros. É o caso da imagem acima, onde os fornos estão instalados verticalmente na parede lateral da cozinha. O interessante é que, na parede externa à cozinha, foi embutida a geladeira e criado um revisteiro vertical, que pode abrigar tanto revistas quanto livros de culinária sem ocupar muito espaço. O alto da mesma parede tem ainda uma mini-adega muito simpática. Outra solução vertical muito criativa é criar nichos fundos em uma parede para acomodar temperos ou, então, frutas. 

Evite a monocromia

Projetos Residenciais: Cozinhas modernas por ARCA ARQUITETURA
ARCA ARQUITETURA

Projetos Residenciais

ARCA ARQUITETURA

É muito comum a opção por cores neutras e claras nos ambientes de convivência, pois estas cores suavizam e ampliam o espaço, além de proporcionarem leveza e sensação de limpeza. Mas as cores claras também podem se tornar monótonas, o que pode ser contra-indicado para espaços muito pequenos: eles podem vir a parecer tristes. Esses espaços precisam ser também aconchegantes e, por isso, a cor aqui é bem-vinda – sempre em doses equilibradas e fazendo parceria com os tons neutros mais claros. Uma ideia é inspirada pela cozinha acima, que apresenta azulejos coloridos na parede da bancada de trabalho e uma parede amarelo claro, na lateral. Harmonizadas com o branco e o preto, essas cores trazem alegria à cozinha, assim como vitalidade e ânimo. Mas a escolha é sua: sempre há a alternativa de cores frias ou de cores pastel, para quem prefere ambientes mais relaxantes. Já os fãs de cores fortes pode investi-las nos detalhes, como cadeiras, tampo da bancada de trabalho, pequenos eletrodomésticos, a geladeira e assim por diante. Só não use cores demais para não acabar cansando ou estressando as pessoas que trabalharem nela.

Tenha diferentes áreas

Nunca é demais lembrar que, para um desenrolar fluido e natural do trabalho na cozinha, o espaço deve ser dividido em unidades distintas, destinadas às diferentes etapas do processo. Por menor que seja a sua cozinha, a bancada de trabalho pode – e deve – contar com áreas para recebimento das matérias-primas, para a lavagem de produtos e limpeza de utensílios, para o preparo das receitas e para a cocção final dos pratos. Do mesmo modo, mesmo que não haja espaço para uma verdadeira mesa de refeições com cadeiras convencionais, sempre é possível criar uma área de refeições na parede oposta ou lateral à bancada de trabalho, com a instalação de uma bancada para dois lugares e banquetas altas e estreitas. Há quem instale essa bancada até mesmo no vão da porta, com a retirada da porta e ampliação do espaço por meio da derrubada de parte da parede. Soluções existem – só é preciso que você descubra a solução mais acertada para a sua cozinha pequena.

Customize a sua cozinha

Residência Freguesia - Cozinha: Cozinhas modernas por Adoro Arquitetura
Adoro Arquitetura

Residência Freguesia – Cozinha

Adoro Arquitetura

Nada torna um ambiente mais agradável do que o toque pessoal e inconfundível do morador. Portanto, não tenha medo de ousar: customize a sua cozinha, agregando a ela elementos diferentes, divertidos, delicados, surpreendentes, aquilo que for mais consistente com a sua personalidade. Na cozinha ao lado, o painel de tinta que imita lousa dá um ar íntimo e bem-humorado ao espaço, enquanto os quadrinhos vintage criam uma atmosfera moderna e artística. Já as luminárias em bronze conferem originalidade à cozinha, que ganha calor e brilho. Para outras dicas sobre cozinhas pequenas, leia este artigo.

Quais dicas você tem para otimizar e dar estilo a cozinhas pequenas? 
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!