10 Exemplos de Como Incluir Elementos Naturais em Interiores

SOLICITAR ORÇAMENTO

Número incorreto. Por favor, corrija o código do país (+55 para o Brasil), código da cidade ou número de telefone.
Ao clicar em 'Enviar', confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação será processada para responder ao meu pedido.
Nota: Poderá anular seu consentimento enviando email privacy@homify.com com efeito futuro

10 Exemplos de Como Incluir Elementos Naturais em Interiores

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
Mostra Mais Sustentável Corredores, halls e escadas modernos por Álida Weidman Arquitetura Moderno
Loading admin actions …

Elementos naturais na decoração são uma forma deliciosa de incorporar a natureza aos interiores da casa ou apartamento, criando ambientes aconchegantes, relaxantes e acolhedores. Eles podem ser usados da sala de estar ao banheiro, passando pela sala de jantar, quarto, cozinha e espaço gourmet. Confira estes 10 exemplos de como incluir os elementos naturais na decoração da sua casa!

Elementos naturais na decoração

Mostra Mais Sustentável Corredores, halls e escadas modernos por Álida Weidman Arquitetura Moderno Tijolo
Álida Weidman Arquitetura

Mostra Mais Sustentável

Álida Weidman Arquitetura

A necessidade de maior contato com a natureza, a disseminação do conceito de sustentabilidade no cotidiano e as novas formas de consumo consciente que privilegiam a manufatura local e o artesanato têm estimulado muita gente a buscar maneiras de incluir elementos naturais na decoração das suas casas, em especial nos interiores.

Mas quem pensa que isso se resume aos arranjos de flores e aos vasos de plantas está completamente enganado: madeira, fibras naturais e outros tecidos e texturas, materiais orgânicos, artesanato, uma paleta específica de cores, luz natural e até as linhas curvas estão entre os elementos naturais mais utilizados na decoração de interiores.

A opção por esses elementos têm o objetivo de criar ambientes acolhedores, confortáveis e que proporcionam uma permanente sensação de acolhimento e bem-estar. Quanto às plantas e flores, elas são o fecho desse tipo de decoração atemporal, trazendo frescor e vida aos ambientes.   

Nesta imagem, elementos naturais como tijolo, plantas, pedras e folhas de trigo compõem um arranjo em um hall de entrada.

Madeira

O carro-chefe de um estilo de decoração mais natural e orgânico é indiscutivelmente a madeira. No entanto, a preferência recai sobre acabamentos mais crus em revestimentos e matéria-prima para objetos, móveis e outros itens como bancadas, estantes, pisos e paredes. Troncos e galhos, por exemplo, podem ser utilizados em mesas, bancos, abajures e vasos. Móveis grandes como mesas de jantar são perfeitos para esse tipo de material natural.

Porém, é recomendável conciliar a rusticidade da madeira natural e crua com elementos mais modernos, clean ou minimalistas. Uma mesa de jantar feita com uma tora de madeira, por exemplo, pode ser combinada com cadeiras revestidas com tecido e cor contrastantes, como amarelo, laranja ou estampado.

A madeira também pode ser combinada perfeitamente com a pedra em estruturas como paredes, assim como as peças confeccionadas com madeira podem se apresentar ainda mais orgânicas se incorporarem linhas sinuosas.   

Na imagem acima, a sala de estar recebeu madeira no belo piso bicolor e no teto de cor avermelhada. Esse material aparece ainda na base da mesa de centro, em uma peça rústica feita com tora. Para completar, a lareira é responsável pelo estoque de lenha, uma madeira rústica que também faz efeito na decoração.

Fibras naturais, tecidos e texturas

Peças que levam fibras naturais na estrutura são excelentes para incluir elementos naturais na decoração. Essas fibras podem aparecer, por exemplo, em cestos trançados, jogos americanos, tapetes de sisal, luminárias e cadeiras com assentos ou encostos feitos com fibra. Quanto aos tecidos, linho e algodão estão entre os mais utilizados neste tipo de decoração.  

Nesta imagem, o espaço gourmet ganha um charme rústico com as banquetas com encosto em fibra natural trançada.

Artesanato

Peças artesanais são uma ótima forma de incluir elementos naturais na decoração de ambientes. Em um espaço em estilo rústico, as peças em crochê, como mantas e almofadas, podem dar um toque simpático, especialmente se forem coloridas.

Outras peças artesanais interessantes que garantem uma estética natural e orgânica são aquelas que utilizam materiais como barro e pedra, como vasos, jarras, tampos e tradicionais como filtros de barro. Também fazem parte dessa categoria os móveis de madeira antigos feitos à mão, muitas vezes herança de família, como um armário, uma cristaleira, um banco ou uma mesa.   

Um exemplo é esta penteadeira antiga, passada de geração a geração, que empresta ao quarto todo o seu calor e aconchego.

Plantas e vasos

. Banheiros modernos por Studio² Moderno

Todos os ambientes internos podem ter um pedacinho da natureza por meio de folhagens, plantas ornamentais, vasos com plantas de diversos tamanhos e os consagrados arranjos de flores. Até o banheiro e a cozinha podem contar com espécies que se adaptam às condições específicas desses ambientes, como pequenas hortas com ervas na cozinha, por exemplo. Já um jardim de inverno pode ser criado em um pátio interno com lareira ou em varandas e sacadas com boa iluminação natural. São lugares perfeitos para se relaxar.  

Este banheiro caprichou na dose de verde e natureza com um belíssimo jardim vertical que cobre toda a parede do fundo, contrastando com a banheira branca.

Cor e luz natural

A combinação de cor e luz natural é perfeita para criar ambientes acolhedores. Janelas amplas proporcionam luz natural, deixando o espaço leve e relaxante, e a natureza exterior pode ser incorporada por portas e divisórias envidraçadas, entre outros elementos com vidro, um material incontornável para se obter o máximo de luz natural aos ambientes.

Por sua vez, as cores claras e neutras, como tons de bege, areia, castanhos e marrom, devem expressar o calor e o aconchego dos elementos naturais, tanto nas paredes, pisos e teto, quanto no mobiliário e itens decorativos. Essas cores podem servir de base para tons azuis e verdes, que evocam natureza e frescor.  


Esta sala de estar recebe farta luz natural pela porta-janela da sacada, que se distribui intensamente no ambiente por causa dos tons neutros e cores claras da decoração, incluindo as peças em madeira clara. Os vasos de plantas em diferentes pontos proporcionam cor e frescor.

Metal

Um metal que pode ser encontrado de estado natural e ser incorporado à decoração de ambientes é o cobre, muito apreciado pela sua cor avermelhada e seu acabamento brilhante. Provavelmente o primeiro metal manipulado pelo homem, esse material pode ser utilizado em sua forma pura ou combinado com outros metais em mais de 1000 tipos de ligas metálicas, como o latão, o bronze e o ouro 18 quilates.

Ele é bem conhecido pelo seu uso na fabricação de panelas, pois é um excelente material condutor de calor, mas também arrasa na decoração de ambientes como esta sala de jantar, onde o cobre aparece nas luminárias pendentes.  

Revestimento em terracota na parede aquece o ambiente

Piso, prateleiras e estante em madeira faz linda parceria com os variados vasos de plantas

Madeira do piso ao teto acolhe deliciosamente quem entra neste pátio interno

Pátio Interno com lareira Jardins de inverno ecléticos por Juliana Lahóz Arquitetura Eclético Madeira Efeito de madeira
Juliana Lahóz Arquitetura

Pátio Interno com lareira

Juliana Lahóz Arquitetura
Eeste artigo serviu de inspiração pra você?
Casas modernas por Casas inHAUS Moderno

Precisa de ajuda para projetar a sua casa?
Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!