Dicas para ter uma palmeira bonita e saudável

Larissa Monteiro Larissa Monteiro
Refúgio Zen - Casa Cor MS 2014 Adines Ferreira Paisagismo Jardins modernos
Loading admin actions …

As palmeiras são normalmente a escolha mais popular de plantas para se cultivar no interior da casa. Elas são capazes de fornecer uma majestosa beleza do clima tropical. Além disso, as palmeiras são conhecidas pela facilidade de seus cuidados. Palmeiras adultas podem ser utilizadas no paisagismo de locais como hotéis, condomínios ou qualquer espaço que conte com áreas comuns.

Automaticamente, as palmeiras conseguem trazer um toque de calor para os ambientes e isso vai ajudar muito no visual do espaço em questão. As palmeiras menores podem até mesmo ser usadas para decorar as mesas de escritórios ou de centro.

As palmeiras cultivadas no interior das casas, como todas as plantas, precisam do equilíbrio correto de água, luz, fertilizantes e calor para crescer saudáveis e belas. Portanto, é muito importante que você siga corretamente as instruções para ter o melhor resultado!

Você quer um pedaço do paraíso no seu jardim, quintal, varanda ou mesmo, na sua sala? As palmeiras sempre serão os clássicos do paisagismo nas regiões tropicais. Resistentes à tempestades, ventos e capazes de oferecer sombra e não apresentam complicações uma vez plantadas no solo. Portanto, se você quer começar a plantar uma palmeira em algum lugar em sua residência, consulte os detalhes e questões abaixo. Confira!

Escolha uma muda saudável

Refúgio Zen - Espaço Lilás Adines Ferreira Paisagismo Jardins modernos
Adines Ferreira Paisagismo

Refúgio Zen – Espaço Lilás

Adines Ferreira Paisagismo

Como plantar palmeiras? Como cuidar de palmeiras? Acredite ou não, alguns detalhes podem dizer quando uma árvore é saudável ou não. Alguns dos sinais que entregam uma árvore sem saúde são o solo degradado, o solo encharcado, muitas folhas mortas e folhas demasiadamente esticadas. Na verdade, para ter sucesso com sua planta, o mais inteligente é procurar obter uma planta com um tamanho menor e mais compacta do que uma muda já cheia de mato.

Procure pelos pequenos pontos felpudos que são encontrados na parte de baixo das folhas. Eles podem indicar que a planta precisa de mais cuidados. Também pode haver pequenas manchas que são danos causados pelos ácaros e precisam ser removidas. Se você espreitar as raízes crescendo fora do pote, isso pode indicar que a planta está crescendo bem.

Espécies

Sala de Estar integrada a varanda Arquitetura 3 Salas de estar ecléticas
Arquitetura 3

Sala de Estar integrada a varanda

Arquitetura 3

As plantas palmeiras podem variar de um tamanho relativamente pequeno, como a palmeira em vaso, para um comprimento gigante, como a palmeira Real e a palmeira Rainha, que quando cultivadas podem se erguer a 50 pés do chão. A quantidade de luz solar que as palmeiras precisam, assim como a quantidade de frio que elas podem tolerar, vão depender sempre da espécie delas. Consulte a lista de algumas palmeiras comuns usadas em paisagismo e alguns de seus requisitos.

Palmeiras para regiões quentes: Cuba ou palmeiras Flórida Real são tolerantes ao frio, pleno sol a sombra parcial. Palmeiras Sago são tolerantes ao frio, mas precisam de luz solar amena. As palmeiras da rainha são tolerantes ao frio e ao sol pleno. A palmeira veitchia é outra espécie popular no paisagismo, sendo tolerante ao sol pleno e de rápido crescimento.

Umidade e luz

Para que sua casa seja ideal para um grande número de palmeiras você precisa manter a umidade do lar em um nível 50% mais alto do que o normal. Como muitos sabem, essa condição não faz parte da realidade de quase ninguém. Além disso, o mofo e o bolor cresceriam em todos os lugares. Esse ambiente seria confortável para as plantas, mas não é tão confortável para os seres humanos. O que você pode fazer é começar a usar um umidificador para manter o ar sempre úmido em volta das suas plantas.

Poda de verão

Apartamento Bairro de Higienópolis CARMELLO ARQUITETURA Jardins ecléticos
CARMELLO ARQUITETURA

Apartamento Bairro de Higienópolis

CARMELLO ARQUITETURA

Para direcionar melhor o crescimento e diminuir os ramos indesejados; ou para desacelerar desenvolvimento anão de uma árvore ou ramo, a poda deve ser feita logo após o crescimento sazonal estar completo. A razão para o efeito de desaceleração é diminuir a superfície total das folhas, reduzindo assim a quantidade de alimento fabricado e enviado para as raízes.

Outra razão para podar no verão é para fins de correção. Os membros defeituosos podem ser visto mais facilmente e assim podem ser podados com mais facilidade. Nesta sala de estar projetada pela Carmello Arquitetura, a palmeira conversa com o restante das plantas ao redor e com o mobiliário do local.

Quando transplantar?

Paisagismo com pedras Bizzarri Pedras Jardins rústicos
Bizzarri Pedras

Paisagismo com pedras

Bizzarri Pedras

Para melhores resultados, é importante que o transplante seja feito na hora certa para a planta. Para clones, isso se aplica quando eles estão completamente endurecidos e, de preferência, quando tiverem muitas raízes para fora. Para as plantas mais maduras, acontece quando as raízes estão totalmente preenchendo o pote ou vaso, mas não totalmente ligadas.

Para verificar se uma planta está pronta, aperte delicadamente as bordas do vaso. Assim, você vai conseguir ver se a planta sairá com pouco esforço. Se você pode ver uma abundância de raízes apenas começando a rastejar ao longo da borda do vaso, sua planta está pronta para o transplante. Se o solo ou o suporte de cultura solto começa a desmoronar e não há muitas raízes visíveis, a planta está lhe dizendo que ela precisa de um pouco mais de tempo antes de ser transplantada.

Corte de raiz

Os cortes das raízes devem ser sempre limpos. Deve-se começar a cortar a pelo menos 3 pés de distância do tronco da sua planta. Além disso, os cortes de raiz podem variar de acordo com o tipo de palmeira, mas eles devem ser feitos com muito cuidado para evitar acidentes.

As palmeiras são atraentes, exóticas e transformam o lugar em um pedaço de beleza instantaneamente. Se a manutenção não é um problema para você, palmeiras são a melhor aposta como uma planta de interior ou no jardim para embelezar a sua casa!

Palmeiras para Paisagismo: Conheça os 10 tipos mais usados

Areca – Cresce rápido interna e externamente, a sol pleno ou meia sombra, sendo ideal para vasos.

Azul – Alcança até 12 metros de altura e deve ser plantada isoladamente em ambientes externos para se destacar.

Fênix – Mini palmeira que cresce até dois metros, a sol pleno ou a meia sombra.

Garrafa – Exótica e escultural, prefere sol pleno e cresce até 6 metros em jardins. Deve ser plantada isoladamente para destaque.

Imperial – Tem porte majestoso e alcança até 40 metros de altura, sendo indicada para fachadas em duplas ou fileiras.

Leque – Com folhas plissadas, cresce até 3 metros e precisa de local bem iluminado em exteriores ou interiores, inclusive em vasos.

Real – Espécie que chega a 20 metros de altura, é resistente ao frio e a geadas.

Rabo de Raposa – Deve ser plantada em grupos de 3 a 4 palmeiras para explorar sua exuberância.

Ráfia – Prefere clima ameno, pode ser cultivada a sol pleno ou à sombra, em jardins ou vasos. Pode chegar até 3 metros de altura.

Triangular – Com folhas dispostas em forma de triângulo, pode ser plantada em vasos e depois transplantadas. Pode atingir até 6 metros de altura.

Você teria palmeiras na sua casa?

Precisa de ajuda para projetar a sua casa?
Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!