por homify

5 dicas de ouro para construir uma pérgola no seu jardim

Eduardo Prado – homify Eduardo Prado – homify
Google+
Loading admin actions …

Se por um lado há quem lamente a partida do verão, por outro há quem ainda comemore o clima tropical sempre quente no Brasil. Por isso, para quem tem a sorte de manter um jardim no quintal, as possibilidades de contar com um espaço que aproveita a presença da brisa fresca, mantém uma boa cobertura e onde o clima é sempre agradável, as pérgolas podem ser uma ótima solução. 

Com a estrutura de uma pequenina casa em meio ao jardim, as pérgolas oferecem abrigo e conforto para que o descanso e relaxamento possam ser sempre usufruídos da melhor forma possível sem a necessidade de precisar sair do próprio quintal. Geralmente em estruturas de madeiras, estes pequenos locais anexados ao lar podem ser ótimas opções isoladas para atividades de trabalho, estudo ou simplesmente o descanso.

Embora a ideia seja incomum, a construção de uma pérgola não envolve grandes investimentos, basta apenas definir o tipo de estrutura, que, geralmente, se mantém entre quatro ou cinco colunas de sustentação para um telhado reto ou em duas quedas. 

Para que você possa conhecer ainda um pouco sobre estas excelentes alternativas para deixar o seu quintal ainda mais especial, trouxemos alguns ótimos exemplos de pérgolas projetadas pelo escritório Extaze Outdoor, de Taninges, França, para mostrarmos o quão elegante elas ficaram em um quintal de pouco espaço. 

Aproveite o clima outonal e a brisa tropical e inspire-se para estruturar estas ideias seu jardim!

1. Extensão ou isolamento?

Jardim  por homify
homify

Abri de jardin OUTZEN

homify

A presença de uma pérgola no seu jardim deve seguir o direcionamento sobre a forma com a qual o espaço será utilizado. Se isolado em meio ao jardim, onde você poderá concentrar horas de trabalho, estudo e descanso ou, ainda, como extensão ligada à casa, onde a pérgola poderá ser uma varanda anexa ao imóvel. É claro que, para esta definição, informações sobre o tamanho da pérgola e do espaço disponível no jardim são fundamentais. Por isto, uma boa dica, é projetar uma pequena planta onde as disposições e dimensões poderão ficar visíveis a organização da pérgola no seu jardim.

2. Como preencher o interior de uma pérgola

Jardins clássicos por homify
homify

Extension de maison OUTZEN

homify

Como local direcionado ao descanso isolado ou em família, a melhor disposição para ocupar a pérgola é com móveis de tamanho pequeno, como poltronas, mesas de centro, rede de balanço ou até mesmo um frigobar. 

Neste projeto, por exemplo, vemos como a pérgola toda feita em madeira mantém um tamanho pequeno, mas suficiente para acomodar até duas pessoas. O telhado em quatro quedas oferece charme rústico e amplitude para que o local esteja sempre bem arejado. As paredes e o piso em madeira são excelentes para proporcionar um ótimo conforto térmico para quem ocupa o espaço, conforto este, reforçado pela lareira elétrica posicionada ao centro do espaço. 

Cada detalhe do interior desta pérgola oferece um conforto perfeito para quem a utiliza, aliando a simplicidade do estilo rústico com o clima perfeito do jardim.

3. Estrutura exterior

Jardim  por homify
homify

Annexe de jardin OUTZEN

homify

O exterior de uma pérgola tem acabamento simples com cuidados que aproveitam perfeitamente a presença da iluminação natural e ventilação. Geralmente suspensas a alguns centímetros sobre o solo, os espaços possuem uma porta envidraçada dupla, como podemos notar nesta imagem, ou uma porta simples com pequena janela ao fundo. O essencial é que o aproveitamento da luz natural seja sempre o melhor possível. Quanto ao estilo, você poderá optar por estruturas campestres, com troncos visíveis organizados como parede ou ainda, com caibros de carvalho para um acabamento de linhas mais modernas. 

Há ainda a opção de estruturar a pérgola utilizando placas de metal, o que não é indicado devido ao calor interior e do barulho intenso em períodos chuvosos. 

4. Desenho

Spas clássicos por homify
homify

Espace bien-être OUTZEN

homify

Estilos modernos, rústicos ou minimalistas são comuns para as pérgolas. Entre as principais variações estruturais, estão as pérgolas completamente fechadas, com paredes em todos os lados e a presença de portas de correr geralmente de vidros, como vemos na imagem, ou ainda, pérgolas abertas, que mantém paredes de madeira com espaço vazado. A escolha de cada uma dependerá, claro, de como será utilizado o espaço – se como local para isolamento ou simplesmente um ponto de apreciação do jardim.

5. Posição das portas

Fitness  por homify
homify

Extension de maison OUTZEN

homify

A posição das portas deverá ser cuidadosamente escolhida de acordo com as preferências para o melhor proveito do sol. Como as portas geralmente são envidraçadas, é possível optar por duas posições diferentes, como a que notamos na imagem. Se você deseja aproveitar o sol na maior parte do dia, deverá ter a porta da pérgola voltada para o norte, já se o desejo é apenas para aproveitar o sol da manhã, dê preferência para portas instaladas no lado leste da estrutura. Portas no lado oeste beneficiam a presença do sol na parte da tarde, enquanto que, portas instaladas no lado sul, terão pouca presença dos raios solares no interior da estrutura. 

Aproveite as ótimas referências, defina o melhor uso da pérgola no seu jardim e dê um toque ainda mais especial em seu quintal! 

O que você acha de ter uma pérgola?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!