A casa de campo que ganhou uma nova história

Eduardo Prado – homify Eduardo Prado – homify
Google+
Loading admin actions …

A maior parte das iniciativas de renovação é tomada quando notamos a chegada de um ponto crítico. Quando falamos sobre casas, é comum observar que muitas pessoas deixam passar demais o momento da renovação necessária. Seja por paredes em mau estado das pinturas, os telhados que o vento acabou forçando o desencaixe ou a estrutura como um todo que acaba deixando a desejar quando o lar deveria significar refúgio e conforto.

Para exemplificar uma casa neste estado, trouxemos hoje um projeto do escritório francês Brian Renault Architectes, que promoveu uma renovação espetacular em uma casa de campo situada no interior da França e que já mantinha uma aparência de deterioração avançada. A opção pela renovação buscou respeitar a edificação principal, respeitando sua história familiar de muitas gerações, para isto, paredes em pedra aparente foram devidamente tratadas para que os problemas estruturais, como infiltrações ou a passagem do vento gelado, pudessem ser sanados. 

Por sua vez, a opção pela reestruturação foi direcionada a algumas paredes internas e, especialmente ao telhado em duas quedas, que recebeu a presença de janelas adicionadas ao teto, promovendo ao piso superior um ambiente perfeitamente agradável e calmo com vista para o céu. 

O conforto e o acolhimento foram também perfeitamente trabalhados com a presença de móveis confortáveis em meio a sala de estar. No piso superior, com toque simples mas perfeitamente agradável, a amplitude disponível das paredes tornou o local perfeitamente arejado. 

Para que você possa conferir a excelente renovação nesta casa, convidamos você a seguir conosco em um cenário natural onde os animais pastam sem pressa e a vida é aproveitada com simplicidade e tranquilidade. Aproveite as ideias, confira os detalhes e inspire-se com esta incrível casa renovada!

Renovação inadiável

Já em primeira vista presenciamos o estado de deterioração avançada em que a casa se encontrava. Buracos nas paredes, telhados completamente corroídos pela ação do tempo, estruturas tortas e o mato tomando conta do quintal ao redor. Embora o visual descrevesse uma transformação difícil, os talentosos profissionais viram um ótimo potencial para reaproveitar o que pudessem da estrutura já quase em ruínas. 

O que veremos a seguir encherá nossos olhos e mostrará como confiar no talento dos profissionais pode fazer muita diferença. 

Que comece a transformação!

A restauração leva em conta as principais estruturas do imóvel. Por isso, o trabalho redobrado em manter as características originais da edificação pode ser maior do que iniciar uma construção do zero. Oferecer melhores condições à fundação, remover imperfeições e realinhar a obra com as características iniciais da planta, mas somando as inovações necessárias, fazem parte de uma série de trabalhos cuidadosos quando o assunto é reestruturar uma casa. Na imagem, por exemplo, podemos ver que todo o entorno da construção foi limpo para que ficasse mais fácil a amplitude do imóvel e o necessário nivelamento do solo. O telhado, por sua vez, foi completamente removido devido ao seu estado completamente deteriorado.

Lar renovado, vida renovada

Casas campestres por Briand Renault Architectes
Briand Renault Architectes

Façade ouverte sur la campagne

Briand Renault Architectes

Aproveitando toda a estrutura ainda presente na fundação e as paredes que ainda mantinha boa estrutura, a reconstrução da casa campestre aconteceu cuidadosamente. Cuidando para que a ideia do telhado em duas quedas fosse mantido como na ideia original, o que podemos notar é uma construção que dialoga com o cenário em seu entorno. O vento leve sobre as árvores e os animais pastando sob o céu azul, formam o cenário perfeito para uma nova velha casa. Paredes em pedras, portas e janelas envidraçadas e o conjunto de chaminés agora somam uma estrutura rústica com toques modernos.

Um novo quintal

Casas campestres por Briand Renault Architectes
Briand Renault Architectes

Façade Ouest, avec verrière sur le jardin d'hiver

Briand Renault Architectes

O que antes era tomado pelo mato, agora é visto como um amplo e agradável gramado. A transformação da antiga casa em ruínas agora abre espaço para que o imóvel seja utilizado como um verdadeiro lar. Com um entorno mais agradável, é possível aproveitar o sol leve utilizando o conjunto de mesa e cadeiras deixado à beira da porta e dos vasos com plantas. 

O visual das paredes conservadas mantém a força rústica que marca a característica original da casa. O reforço para que as paredes não sofram infiltrações, estrutura também um novo telhado moderno, onde janelas centralizam a vista para o céu e equilibram a presença da iluminação natural pouco aproveitada com as pequenas portas. À frente, a nova construção em cimento forma um novo pavimento térreo frontal, que veremos logo abaixo.

Conforto simples e perfeito

Salas de estar campestres por Briand Renault Architectes
Briand Renault Architectes

Salon ouvert sur les anciennes citernes à cidre

Briand Renault Architectes

Seguindo para o novo pavimento térreo da edificação, chegamos a uma nova e ampla sala de estar que aproveita amplamente a presença a luz natural por meio da grande porta de correr envidraçada. Os detalhes com as vigas que atravessam o teto e estão presentes também na ampla janela ao fundo, favorecem o acabamento rústico em conjunto com a presença da cor branca no espaço. Para oferecer o aconchego perfeito, o conjunto de móveis simples cercando a pequena mesa de centro traz a simplicidade perfeita na decoração do ambiente que conta ainda com o piso de cimento queimado no local. O toque moderno fica por conta das luminárias suspensas sobre a sala de estar.

Janela para o céu

Jardins de inverno campestres por Briand Renault Architectes
Briand Renault Architectes

Jardin d'hiver, au-dessus des anciennes citernes à cidre

Briand Renault Architectes

Subindo as escadas para o pavimento superior totalmente reformado, notamos a construção de uma pequena, simples, mas ótima varanda. No teto de duas quedas, um dos lados recebeu a ampla instalação de janelas que oferecem um visual perfeito para o céu. Seja em dias claros com o azul intenso no horizonte ou em dias chuvosos com os pingos que caem nos vidros, o espaço torna-se um atrativo mais do que especial. A parede ao fundo, que divisa a pequena varanda interna com a sala de jantar, foi revestida com a presença da madeira, que reforçou o aconchego e acolhimento no ambiente.

O que você achou do resultado?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!