Qual é o melhor material para a sua porta de entrada?

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
Google+
Loading admin actions …

A porta da entrada principal precisa ser muito bem escolhida ainda durante a construção da casa ou do apartamento. No caso da casa, é ainda mais fundamental esta escolha, já que a porta de entrada vai estar exposta às intempéries, o que não ocorre no caso de apartamentos.

Não basta, portanto, pensar na porta de entrada em função de sua beleza e adequação ao estilo geral da residência. É preciso levar em conta a segurança e a durabilidade, antes de mais nada. Por isso, a opção por um determinado material para a porta de entrada tem tanta importância.

Existem vários materiais com os quais costuma-se confeccionar portas de entrada residenciais, tais como a madeira, o metal, o alumínio e o ferro, entre outros. Algumas portas, por questões estéticas, podem apresentar uma mistura de materiais. Há também portas coloridas, geralmente em madeira, que têm função puramente decorativa, mas que podem ser bem resistentes se a madeira for maciça. Por fim, existem ainda portas-balcão, que apresentam duas folhas independentes em materiais diferentes.

 Conheça melhor esses materiais e modelos de portas de entrada e saiba como escolher a porta principal da sua casa ou apartamento!

Madeira maciça

A madeira maciça é, sem sombra de dúvidas, o melhor material para se confeccionar uma porta de entrada, especialmente se for para uma casa. A madeira maciça é a que mais resiste às intempéries e outros fatores (exposição prolongada ao sol, presença de umidade decorrente de chuvas, corrosão devido ao sal em áreas litorâneas, riscos e manchas etc). Sua solidez, por sua vez, é responsável pela maior segurança que apresenta, seja em casas ou apartamentos. Além disso, é um material de grande beleza, aconchegante e elegante, podendo apresentar os mais variados designs, desde os mais clássicos aos mais modernos, sendo perfeita para os estilos mais rústicos. Ele também é excelente no isolamento térmico e acústico. Mas é preciso lembrar que a madeira maciça exige manutenção anual, com a aplicação de diversos produtos, como vernizes e substâncias para prevenir ou eliminar pragas (cupins, por exemplo). Antes de comprar a sua porta de mandeira maciça, confira a idoneidade do fabricante, pois não há como prevenir ou solucionar empenamentos, e exija garantia. Quanto às portas folheadas, use-as apenas em ambientes internos, tanto em uma casa quanto em um apartamento.

Madeira com detalhes em ferro

Uma variação estética da porta de entrada de madeira maciça é a porta nesse material que apresenta detalhes em ferro. Geralmente são portas clássicas e muito elegantes, que imprimem sofisticação e requinte à entrada da casa ou apartamento. A manutenção tem que ser frequente, pois o ferro, embora seja um material bastante resistente, pode apresentar ferrugem se for constantemente exposto à umidade no caso de chuvas. A porta de entrada da imagem acima mescla o estilo clássico com o rústico, graças às paredes em tijolo que a circundam, formando um arco no alto. As partes das paredes pintadas de amarelo ocre conferem um toque vibrante e alegre à entrada, o que demonstra a versatilidade estética da madeira na composição com outros materiais e cores.

Madeira com ferro e vidro

A versatilidade estética da madeira maciça é tanta que ela pode ser combinada com dois ou mais materiais para atender a necessidades ou preferências do dono da casa. No caso do projeto desta casa em estilo rústico realizado pela PM Arquitetura, a porta de entrada tem folha dupla e molduras em madeira maciça, mas apresenta janelas de vidro e grades de ferro na parte superior de cada folha. O objetivo é aproveitar ao máximo a luz natural e integrar o espaço da entrada – que conta com piso de madeira de demolição, além de pedriscos e arbustos e outras plantas nas laterais – à natureza. As grades de ferro são delicadas, não obstruindo as vidraças e, ao mesmo tempo, protegendo a porta. Repare que os puxadores também são em ferro, que é um material muito usado em portas de entrada pela sua solidez e beleza.

Metal

Residência LB - Carlos Bratke : Janelas   por Joana França
Joana França

Residência LB – Carlos Bratke

Joana França

O metal é outro material que costuma ser utilizado em portas de entrada, especialmente o aço. Este metal tem boa resistência às intempéries, é de fácil manutenção e tem excelente durabilidade. Por outro lado, o aço proporciona baixo conforto térmico e acústico, se ressente da falta de manutenção, é pouco resistente aos impactos e à ferrugem (especialmente nas regiões litorâneas) e está sujeito à instalação inadequada devido ao fato de que o material tem uma restrição no que se refere às dimensões específicas dos fabricantes. Existe uma padronização de medidas, pois isso barateia o custo para os fabricantes e, assim, os modelos disponíveis nem sempre se ajustam às medidas da abertura da porta que se pretende instalar. A porta de entrada da imagem acima, instalada em um projeto de residência do arquiteto Carlos Bratke, também é de metal e tem um design personalizado que imprime personalidade à parte frontal da casa. 

Alumínio

As portas de alumínio são altamente resistentes à água, à ferrugem, ao sol e ao sal das cidades litorâneas, entre outras coisas. Ele é resistente também à corrosão, exige baixa manutenção e apresenta enorme flexibilidade, o que faz com  que a confecção de portas seja bastante rápida. Tudo isso o torna bastante indicado para portas de entrada, porém ele proporciona baixo isolamento térmico e acústico e o seu custo pode ser alto, já que é um recurso pouco abundante e de difícil extração e beneficiamento. No Brasil, as portas de alumínio são mais comuns em cozinhas e portas-janelas de quartos, mas elas podem ser muito refinadas, como a porta da imagem acima, da linha de luxo da empresa italiana Romagnoli. Elegantíssima, esta porta de alumínio é moderna e muito original. 

Ferro

Já o ferro é um material bem mais barato do que o alumínio e a sua utilização em portas de entrada pode proporcionar um efeito muito elegante também, principalmente se combinado com vidro, como no hall de entrada da imagem acima, no qual a porta tem formato em arco e detalhes trabalhados próprios de um estilo mais clássico. Justamente por ser mais barato, o ferro é muito comum em portas de entrada e é possível encontrar uma grande variedade de modelos, alguns de custo bastante baixo. Mas tem o inconveniente de ser pouco resistente à água, o que aumenta as possibilidades de ser corroído pela ferrugem. Por isso, a manutenção de uma nesse material deve ser frequente. Para outras dicas sobre portas, leia este artigo.

Que material você considera mais interessante para a porta de entrada da sua casa?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Solicite sua consulta grátis

Encontre inspiração para sua casa!