Dicas DIY: como fazer uma cortina simples para o seu lar

Eduardo Prado – homify Eduardo Prado – homify
Google+
Loading admin actions …

Dar um toque mais personalizado ao lar, é dar à decoração um pouco mais do amor que você sente pelo local em que mora. Felizmente, para a decoração, as alternativas DIY estão sempre repletas de ideias inovadoras e fáceis de serem feitas. Estas opções, além de embelezarem o lar exatamente do seu jeito, podem ser ainda uma forma inteligente de economizar na decoração.

Para ajudar você a encontrar esta soma de beleza decorativa com ideias fáceis de serem praticadas, trouxemos hoje uma alternativa muito interessante e econômica para dar um toque ainda mais especial a espaços como sala de estar, cozinha, quarto ou até mesmo o banheiro: as cortinas. Sim, ensinaremos você a fazer uma cortina de maneira simples, prática e rápida. 

As cortinas têm um papel muito interessante na decoração do lar. Com elas, é possível reforçar estilos e cores que escolhemos para os ambientes – e, neste ponto, é sempre interessante lembrar o quanto as cores têm papel importante na decoração do espaço, já que podem transmitir determinadas sensações. Além deste reforço visual, as cortinas podem ainda trabalhar perfeitamente nos contrastes decorativos do espaço, ou simplesmente controlando a iluminação natural das janelas. Ou seja, apostar na presença das cortinas é fazer muito mais do que se imagina para beneficiar a decoração de sua casa. Logo, a ideia de você mesmo ter a chance de produzir uma peça que atenda exatamente a sua busca, é perfeitamente interessante.

Para seguirmos com o nosso guia que irá levar as técnicas de produção de sua própria cortina com ilhoses, trouxemos peças que fazem parte de ambientações maravilhosas produzidas em projetos belíssimos de nossos profissionais que estão espalhados pelo mundo. Temos a certeza de que, com estas dicas, você terá ideias excelentes para trazer ao seu lar o seu toque especial na decoração com a presença de uma cortina produzida por você mesmo.

Aproveite estas dicas, siga as ideias e aproveite para economizar sem abrir mão da beleza no seu lar. Venha conosco e inspire-se!

Defina a decoração

Antes de começar a produzir a sua própria cortina, é sempre importante lembrar que para que ela fique perfeita no ambiente, você deverá pensar no estilo decorativo que gostaria de empregar ao local onde ela estará instalada. Pense nos objetos do seu espaço e defina a ideia: se gostaria de uma cortina lisa em estilo clássico, se ela ficaria perfeita com estampas coloridas ou se uma ideia em preto e branco poderia ser perfeitamente somada à decoração. Outro ponto muito importante é quanto a iluminação do espaço. É imprescindível definir se a cortina que você deseja será mais transparente ou mais opaca. Isto definirá a presença de luz natural no ambiente onde ela ficará presente. Considere estas questões especialmente se você faz o cultivo de plantas ou utiliza o espaço para leituras e estudos, além, claro, de ter a noção correta quanto a presença da iluminação artificial no ambiente.

Na imagem, o lindo projeto do escritório Piloni Arquitetura, de São José do Rio Preto (SP), que escolheu o estilo clássico para compor o quarto com a linda presença de diversos tecidos em cores claras.

Escolha o tecido e tire as medidas

Com uma trena em mãos, é hora de partir para o início de nossa diversão em deixar nosso lar mais bonito com nossas próprias mãos. Para isto, comece medindo a largura total de sua janela aplicando 10 cm. a mais em cada um dos lados. Isto será necessário para que você não corra o risco de a cortina ficar pequena com relação à janela. Divida esta medida ao meio, pois, a ideia é fazermos duas peças para cobrir a janela toda. Agora, meça a altura do varão ao piso. Neste ponto, vale definir se você deseja que a cortina encoste no piso ou fique com um pequeno espaço antes de tocar no chão. Cortinas que cobrem o piso trazem elegância, enquanto que, cortinas um pouco mais curtas evitam acidentes e limpeza constante. 

Dica: se a sua janela for pequena, utilize dois lençóis em tamanho solteiro para serem as cortinas. Além de oferecem diversas estampas interessantes, os lençóis trazem a vantagem de já vir com a bainha pronta.

Na imagem, o lindo projeto é da arquiteta de interiores, Lena Pinheiro, de Belo Horizonte (MG).

Separe as ferramentas

Apto. Rio de Janeiro: Salas de estar minimalistas por RSRG Arquitetos
RSRG Arquitetos

Apto. Rio de Janeiro

RSRG Arquitetos

Algo muito interessante na decisão de fazer sua própria cortina, é quanto aos poucos materiais necessários para o trabalho manual. Você precisará apenas de tecidos com medidas de 10 cm. a mais na largura da janela (ou dois lençóis de solteiro), tesoura, 10 pares de ilhós de encaixe, estilete, cola, agulha e linha. Vale lembrar que esta cortina é feita para o uso em varão. Logo, se você ainda não possui um, recomendamos a compra. Em geral, esta peça tem um custo baixo e é facilmente encontrada. 

Dica: capriche na escolha do ilhós e, se desejar, personalize as peças com cores e ilustrações de sua preferência. Isto deixará a sua cortina ainda mais criativa!

Na imagem, o belo projeto de sala de estar moderna, veio do escritório RSRG Arquitetos, de São Paulo (SP).

Marque os ilhós

Como nossa sugestão é trabalhar com duas peças de tecidos de 1,40 de largura, a distribuição dos ilhós será em um espaço de a cada 10 cm. do tecido. 

Para isto, com uma régua, desenhe, na parte superior da cortina, um pequeno ponto a cada 14 cm, já que esta será a referência para a posição de cada ilhós. 

Para o próximo passo, pegue um ilhós e, com uma caneta, desenhe a circunferência menor ao redor de cada ponto desenhado anteriormente. Repita o processo em cada ponto e, após isto, recorte com uma tesoura ou estilete, cada círculo desenhado com a caneta. 

Por fim, encaixe os ilhós em cada um destes recortes, deixando a cortina praticamente pronta para o uso.

Na imagem, um lindo projeto do escritório Tejo Arquitetura e Design, de Brasília (DF). 

Coloque a cortina no varão

O processo é rápido, simples e temos certeza de que surpreendeu positivamente você. Para colocar sua cortina basta encaixar os ilhós no varão, deixando pequenas curvas espaçadas entre um ilhós e outro. Estique bem sia cortina para testar as medidas dela e veja, na prática, a combinação dela com sua decoração.

Na imagem, um projeto super elegante do escritório Canatelli Arquitetura e Design, de Tietê (SP).

Admire!

Depois de aprender a fazer facilmente a sua cortina, basta admirá-la na decoração do seu quarto ou sala. Com a dica de utilizar lençóis de solteiro, você poderá criar uma ótima variedade para o seu quarto, tendo sempre a possibilidade de ajustar a decoração da melhor forma! Agora é só usar novamente a criatividade e fazer as próximas peças para, quem sabe, até ter uma renda extra! 

Na imagem, um luxuoso projeto do escritório MJ Projetos e Consultoria, de Salvador (BA).

O que você achou desta ideia?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!