Decore a sua casa de acordo com o Feng Shui

Pedro Ribeiro – homify Pedro Ribeiro – homify
Google+
Loading admin actions …

A tradução literal do termo Feng Shui é vento e água, mas que segredos esconde essa ancestral arte chinesa?

O objetivo principal desta arte milenar é viver em harmonia com a terra, de modo a obter os maiores benefícios, a paz e a prosperidade para estar em perfeito equilíbrio com a natureza. O Feng Shui teve origem na China antiga, há vários milhares de anos. Suas leis e princípios foram desenvolvidos através dos séculos e transmitidos oralmente de Mestre para discípulo. Inicialmente apenas os imperadores e as classes privilegiadas praticavam essa arte que nasceu com base na doutrina taoísta. Através de um estudo da paisagem, da natureza e seus ciclos, o Feng Shui ajudava a melhorar a vida das pessoas, harmonizando os lugares onde viviam. Com base no I Ching, nos cinco elementos do Wu Xing (a madeira (木), o fogo (火), a terra (土), o metal (金) e a água (水)), juntamente com as leis do Yin e Yang, o Feng Shui acredita na existência de uma energia vital positiva, Chi, que se move com o vento e se armazena na água e cujo fluxo se modifica pela forma e  organização do espaço, os pontos cardeais e a meteorologia. Por volta do século IX dC, o Mestre Yang Yun Sang, principal conselheiro da corte do imperador Hi Tsang, publicou os segredos desta arte para toda a sociedade, deixando um legado de textos contendo essa sabedoria. A partir desse momento, nasceram duas escolas diferentes: a Escola da Forma e, mais tarde, a Escola da Bússola. Na sequência desta introdução, para mobilar nossas casas de acordo com esta arte, devemos entender a circulação do Chi nos espaços. A energia entra num espaço e se desloca através de ondas suaves antes de sair por uma outra porta ou janela. Quando o “Chi” flui livremente nos nossos lares, faz com que as pessoas que vivem lá experimentem uma sensação muito agradável. Portanto, as portas interiores e móveis devem estar dispostos de modo a que o fluxo circule por todo o espaço antes de sair desse local. Devemos evitar espaços livres voltados para a porta principal, porque o chi rapidamente se escapa. Da mesma forma, os espaços que têm apenas uma entrada conseguem aproveitar bem o chi.

A entrada

Começamos com o primeiro espaço da casa, o hall de entrada. Embora normalmente não nos preocupemos especialmente com a decoração da entrada, esta área é muito importante: é precisamente através da porta da frente, que a energia chi entra em nossas casas e se flui pelo resto dos espaços, salas e quartos.

Ao decorar este espaço, temos de considerar vários aspetos. Primeiro, a porta deve se abrir por completo a 180 ° e, se não for possível, pelo menos 90 °. Nunca deve estar diante de uma janela ou outra porta de saída da casa, porque, então, o chi vai escapar sem percorrer nossa casa. Em segundo lugar, deve ser um espaço alegre, convidativo e deve ser bem iluminado, que permita uma recepção calorosa e acolhedora, com boas energias. Em terceiro lugar, não se esqueça da importância da ordem em Feng Shui. Finalmente, nunca colocar um espelho em frente da porta principal, para não refletir e expulsar a energia positiva.

O quarto

Para o quarto perfeito, segundo o Feng Shui, a cama deve ser a mobília mais importante nesse espaço. Qualquer móvel ou objeto deve ser colocado em torno dela, mantendo as proporções e distâncias adequadas. Quanto à sua orientação, existem várias opções: uma cama orientada para o sul estimulará os sonhos ; no entanto, a cama orientada a norte vai melhorar a nossa saúde e energia; uma cama orientada a leste vai aumentar nosso dinamismo; e, uma cama posicionada para o oeste é a solução perfeita para aqueles que sofrem de stress.

Atendendo ao papel relevante dos quartos, é neles que repomos energias, estes não devem conter elementos que perturbem nossa paz como um computador, uma televisão ou um espelho: ativam e absorvem nossa energia, estorvam a paz e tranquilidade. As plantas fornecem energia em excesso no nosso quarto, de modo que este não é o lugar adequado para elas. Voltamos a enfatizar o ponto da ordem: guarda-roupas, prateleiras e gavetas. Tudo deve estar em equilíbrio. E, claro, não podemos esquecer: a cabeceira, sendo imperativo não dormir com os pés apontando diretamente para a porta, não posicionar a cabeceira da cama na parede que comunique com a casa de banho nem debaixo de uma janela.

O banheiro

Como referimos anteriormente, a água mantém a energia, de modo que os banheiros são lugares onde o chi pode escapar. A tradição chinesa aconselha que os vasos sanitários e tubulações sejam separados dos outros cômodos da casa, no entanto, é algo que hoje seria praticamente impossível de conceber.

Em questão de localização, o vaso sanitário, de preferência nunca deve estar no centro do cômodo, uma vez que consome muita energia. Além disso, o banheiro deve ser bem iluminado e ventilado diariamente para alcançar o equilíbrio. No banheiro, é recomendado o uso de plantas, naturais ou artificiais, ou mesmo decorar com este tipo de motivos. O objetivo é criar um espaço aconchegante e acolhedor. Atenção! Devem ser evitadas a todo custo torneiras com vazamentos, esgotos descobertos ou banheiros ao lado da cozinha, quarto ou no corredor.

A sala de estar

A peça chave da sala é o sofá já que nos encontramos no local da casa vocacionado para o encontro, diálogo e convívio social. Os elementos que o regem são a Terra e a Madeira e as cores preferíveis para este espaço não devem ser escuras, sendo aconselhável os tons de pastel e cores claras. Devemos evitar paredes brancas ou pretas e tentar criar um design que se harmoniza com as cores dos cinco elementos.

Feng Shui não é um grande amante de televisão, então a solução perfeita para este aparelho seria colocá-lo em uma peça de mobiliário que permitirá ocultá-la após o uso.

O gabinete

Escritórios  por Bernadó Luxury Houses
Bernadó Luxury Houses

Estudio – The White House

Bernadó Luxury Houses

No escritório, a localização, orientação e tamanho da área de trabalho é a questão fundamental. Em primeiro lugar, como decorre a actividade? Se o seu trabalho é controlar e pretende criar um ambiente austero, a melhor solução é colocar a mesa no canto mais afastado da porta de forma a permitir contato visual direto com quem entrar. Atrás da mesa, não deve ter qualquer porta, janela ou prateleira.

Se o nosso trabalho exige concentração sem distrações, ou seja, trabalho solitário, a melhor solução para a secretária será de costas para a porta, voltada para uma janela. Não esqueça que a iluminação adequada também é muito importante neste espaço. 

Quantas destas regras cumpre a sua casa? Tem alguma dúvida? Comente!

Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!