Um estilo inspirado pela natureza

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
Google+
Loading admin actions …

Que tal imprimir à sua casa um estilo inspirado na natureza? Esse estilo, comumente chamado rústico ou country, pode ser aplicado em doses suaves até mesmo em casas e apartamentos modernos e urbanos.

Ele se caracteriza pelo grande uso da madeira, especialmente a crua e a de demolição, assim como pela utilização de fibras naturais, como o vime, ou outros materiais igualmente naturais, como a pedra e o tijolo aparente.

Os tons neutros e terrosos, assim como a presença de plantas, também fazem parte da estética desse estilo. E ganha pontos quem é ecologicamente consciente e lança mão de materiais reciclados e tecnologias limpas. 

Vale a pena conhecer um pouquinho desse estilo e tentar aplicá-lo na própria casa. Além de maior aconchego, os ambientes ganham vida, simplicidade e naturalidade que simplesmente tornam o habitar mais próximo da natureza, algo que muitas vezes se encontra quase que totalmente fora do cotidiano das pessoas. 

Madeira

Casa ReFit: Salas de estar rústicas por Ferraro Habitat

No projeto da Ferraro Habitat, a proposta da casa é totalmente ecológica, portanto o uso de madeira, crua ou de demolição, é uma constante. A sala de estar conta com teto e paredes de madeira, assim como a estrutura do sofá rústico, que pode muito bem servir de cama extra. Completando o visual inspirado na natureza, duas paredes são de tijolos de demolição, que criam, junto com a madeira, um ambiente acolhedor e suave. As cortinas simples e claras, as almofadas em tons neutros e as poltronas bege se harmonizam com as luminárias redondas pendentes e fazem do espaço um lugar íntimo e aconchegante.

Madeira II

Residência LP: Salas de estar rústicas por Zani.arquitetura
Zani.arquitetura

Residência LP

Zani.arquitetura

Já nesta casa de estilo mais moderno, o espaço que integra cozinha, sala de jantar e sala de estar apresenta também madeira crua, no conjunto de mesa e cadeiras, e madeira de demolição nas esquadrias das portas envidraçadas, no mezanino e no telhado sem laje. Os tons neutros, como bege e branco, compõem com os diferentes tons de madeira do espaço, tornando-o aconchegante e convidativo. O piso claro também realça as cores e as texturas das madeiras utilizadas em todo o ambiente. O resultado é uma mistura de estilos que se complementam entre si e fazem da residência uma combinação de simplicidade com sofisticação.

Fibras naturais

O uso de fibras naturais na decoração, além de proporcionar beleza e leveza ao ambiente, é ecologicamente sustentável, já que a extração delas tem um ciclo de quatro a seis anos, após o qual são repostas. Entre as fibras mais utilizadas na confecção de móveis, seja na estrutura ou no tramado, estão a apuí, planta amazônica chamada também de cipó; o junco, que se apresenta em mais de três mil espécies e é forte e resistente; a palha, que é muito comum e delicada, podendo ser usada em muitas coisas, inclusive revestimento de parede e móvel; o vime, que é muito antigo, leve e resistente, comumente usado em cestos de todos os tipos; o rattan, que é muito parecido com o junco e usado em forma de trama; a malacca, que é da família dos bambus; a cana-da-india, que é robusta e utilizada com outras fibras; e o sisal, que é uma espécie de corda feita de folhas, usada em tramas com outras fibras como lã e algodão e muito comum na confecção de tapetes e carpetes.. Procure misturar móveis com diferentes fibras, se quiser uma variedade de tramas, ou então escolha móveis feitos com um mesmo tipo de fibra, de preferência com o mesmo tom para haver mais uniformidade entre as peças.

Materiais naturais

PROJ, ARQ. MARIA CRISTINA RINALDI: Salas de estar rústicas por BRAESCHER FOTOGRAFIA
BRAESCHER FOTOGRAFIA

PROJ, ARQ. MARIA CRISTINA RINALDI

BRAESCHER FOTOGRAFIA

As fibras naturais não são os únicos materiais naturais que podem ser usados na decoração de uma casa ou apartamento inspirado pela natureza. A pedra é um material muito bonito e que se destaca pela textura e cor, podendo ser utilizado no revestimento de uma parede na sala de estar por exemplo. Não a use no quarto do bebê ou das crianças, pois acumula pó e é mais difícil de limpar. Também os tijolos aparentes são muito recomendados no revestimento de paredes, sejam elas na sala, no quarto ou na cozinha. O bambu, do mesmo modo, pode criar um belo efeito usado como revestimento de uma parede. Por sua vez, o couro vai muito bem na cabeceira da cama ou nos móveis de um escritório. A madeira também é usada como revestimento de paredes, mas se for aplicá-la na parede na sala de estar, prefira móveis em outros materiais, como fibras naturais. Já o linho é excelente material para cortinas e até almofadas.

Plantas

Casa de praia - Guaecá SP: Salas de estar rústicas por Lucia Manzano
Lucia Manzano

Casa de praia – Guaecá SP

Lucia Manzano

Como não poderia deixar de faltar, decore a sua casa com plantas e flores. Você pode ter um pequeno jardim interno no vão da escada ou distribuir pelas salas de jantar e estar vasos com folhagens. A varanda pode servir para um jardim vertical, tanto de flores quanto de ervas aromáticas. Tenha flores no hall de entrada, na mesa da sala de jantar e na mesa da cozinha. O banheiro também pode receber folhagens ou lírios-da-paz. Nos quartos, não é muito recomendável que haja flores, caso alguém tenha tendência a alergias e rinites, mas você pode ter alguns vasos pequenos, como violetas, caso haja claridade suficiente. Procure consultar um jardineiro, florista ou paisagista para saber quais plantas podem ficar bem em cada espaço.

Tons de terra

Os tons terrosos – marrom ou castanho, areia, bege, argila – podem dar um toque natural à sua casa ou a algum dos ambientes. Uma parede marrom café pode conferir sobriedade a uma sala de estar com móveis e acessórios claros, como tapetes bege, mesa de centro em madeira, poltronas bege escuro. Ou então sofás e poltronas em couro castanho, cortinas bege, tapete verde-oliva ou escuro. A ideia é pesquisar os diferentes tons terrosos, assim como tons de verde, e combiná-los de maneira harmoniosa. Cerâmicas em argila crua também são interessantes, incluindo vasos de plantas. Mas pequenos objetos em cerâmica podem ser distribuídos pela sala, dando um toque muito particular e rústico a um ambiente onde predomina outro estilo. A mistura de estilos cria um espaço mais original e menos previsível, o que o torna mais atraente e acolhedor.

Ambientalmente consciente

Casa ReFit: Salas de estar rústicas por Ferraro Habitat

Mais do que dar um ar de natureza à sua casa ou a algum ambiente, o ideal seria ter uma moradia ambientalmente consciente e, portanto, amiga da natureza. Na imagem acima, toda a casa persegue esse objetivo, aproveitando móveis reciclados, tijolos e madeira de demolição, reaproveitando materiais (como as garrafas que se transformaram em luminárias), fazendo uso de painéis solares para obter luz e água quente e mantendo um sistema de compostagem para dar fim ao lixo orgânico. Ainda é bastante caro introduzir tecnologias limpas nas nossas casas, mas esperamos que, em breve, todos possamos ter acesso a elas e, de fato, passar a ter uma vida sustentável. Para outras dicas sobre sustentabilidade, leia este artigo.

O que você poderia fazer para incluir mais sustentabilidade na sua casa?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!