Quais os seguros necessários para estar sempre prevenido

Lara Berol Lara Berol
Loading admin actions …

Quem conhece o velho ditado que o homem prevenido morre de velho, conhece também a importância de se fazer seguros específicos para cada bem e para se prevenir de riscos. O mercado de seguros é abrangente e hoje, você pode encontrar diversas ofertas para os mais exigentes públicos.

Obviamente, quanto mais detalhado e específico, mais caro. No entanto, os seguros mais em conta sempre estão presentes em nosso dia-a-dia. Até para abrir uma conta corrente em qualquer instituição bancária, algum seguro obrigatório é apresentado. Não tem como fugir.

Outros, no entanto, representam necessidades para prevenção de diversas ordens. Sendo para você ou para terceiros. Conheça aqui os principais seguros que você, em algum momento, deverá ter.

Conheça também os seus direitos acessando o Guia de Orientação e Defesa do Segurado, desenvolvido pela Susep (Superintendência dos Seguros Privados), o órgão que é responsável pelo controle e fiscalização do mercado de seguros no País.

Seguro de vida

Ter um seguro de vida indica que você se preocupa com sua família no caso de sua inesperada perda. Nesse tipo de seguro é possível assegurar que seus herdeiros terão como manter o padrão de vida até que eles se restabeleçam de sua morte. Normalmente, quanto menores os filhos e quantos bem ainda não quitados, maior é o valor do seguro.

Se você tem diversos bens quitados já acumulados e outras fontes de investimento, essa pode não ser a melhor opção para você. Se não for esse o caso, tente estimar um seguro que acompanhe o tempo que você precisa para deixar pelo menos um bem, de maior valor, quitado.

Conforme os anos forem passando e seu patrimônio aumentando, é possível negociar prêmios mais baixos. Isso também vai baratear o valor das mensalidades do seguro.

Seguro em caso de acidente

Diferente do seguro de vida, que pode ser premiável em caso de morte acidental, o seguro contra acidentes preveni também se o segurado ficar inválido por conta do acidente. Nesse caso, o valor do seguro é mais barato em relação ao seguro de vida. Os prêmios, em algumas modalidades também podem ser menores.

Apesar de oferecem coisas semelhantes, é interessante observar que, na prática, possuem muitas diferenças. Justamente por isso, devem ser observados os fins e as justificativas de cada um. Pode ser que um ou outro sejam mais interessantes, dependendo do momento de vida.

Esse banheiro que conta com uma bancada adaptada para um banho mais confortável foi desenhada por Arquitetura e Interior

Seguro para automóveis

Fachada - Final de tarde: Casas modernas por JAA Arquitetos
JAA Arquitetos

Fachada – Final de tarde

JAA Arquitetos

Comprar um carro parcelo é o modo mais comum para se adquirir esse tipo de bem. No entanto, muita gente acaba deixando de lado o seguro, item fundamental para se prevenir de roubos e acidentes. Além de cobrir roubo e eventuais acidentes que possam ser causados por você ou por terceiros, o seguro auto cobre alguns tipos de desastres naturais, incêndios e pode arcar com alguns serviços de manutenção. Tudo depende muito da modalidade contratada.

Os seguros para automóveis são tão variados quanto os modelos de carro hoje disponíveis no mercado. É difícil citar um modelo padrão ou o mais adequado para perfil. Geralmente, antes de oferecer ao cliente uma apólice, a seguradora investiga a fundo o perfil do proprietário do veículo, os demais condutores, e como será a rotina que aquele carro será submetido. Dados como onde será estacionado o veículo durante a maior parte do tempo e quem será o condutor principal influenciam no preço. Por isso é tão difícil precisar o valor mínimo e o valor máximo.

Vale destacar também, que, em casos de cidades com muitas enchentes, o seguro deve ter uma cláusula para isso. Obviamente, esse tipo de serviço é contratado à parte e encarece o preço final.

Seguro residencial

O seguro residencial é um dos mais requisitados em seguradoras e bancos. Por oferecer produtos de baixo custo, eles estão se tornando populares por pessoas de todas as classes sociais. O seguro residencial padrão tem como garantia, oferecer o ressarcimento em caso de incêndio, explosão e queda de raios. Em outras modalidades, é possível incluir coberturas extras, como roubo e furto, danos elétricos, vidros e espelhos, alagamentos e inundações e até impacto de veículos.

O valor total depende do valor de sua casa e das coberturas extras contratadas. O valor de reembolso total também interfere nessa conta. Outros tipos de seguro, para residências de veraneio, por exemplo, também tendem a ser mais caros. O que vale é pesquisar muito bem antes de decidir qual tipo contratar.

Conheça nesse artigo quais são os seguros mais comuns que você pode fazer para sua casa. 

Seguro para viagens internacionais

Antes de embarcar para viagem internacional é bom saber se o local para onde você está indo exige algum tipo de seguro na hora em que você passa pela imigração. Alguns países não fazem esse tipo de exigência, no entanto, é melhor prevenir que remediar. Os custos com saúde e outros problemas que você possa a vir enfrentar no exterior são extremamente altos.

É possível contratar o seguro com a própria agência de viagem, ou buscar opções independentes. Geralmente, os cartões de crédito internacionais oferecem algum tipo de seguro. Verifique qual o seu programa junto ao banco.

Esses seguros devem cobrir assistência médica e odontológica de emergência. Custos com exames laboratoriais e de imagens, além de custas com transporte em caso de morte acidental ou invalidez. Em alguns casos, o seguro pode cobrir extravio de bagagens e ajudar no caso de extravio e perda de documentos.

Seguro para animais de estimação

Sete Gatos em 50m²: Salas de estar modernas por Fábrica Arquitetura
Fábrica Arquitetura

Sete Gatos em 50m²

Fábrica Arquitetura

Se você nunca cogitou fazer um seguro para seu pet, é bom rever essa ideia. Os seguros para animais estão se popularizando no Brasil e o serviço tem ganhado mais adeptos. Clínicas especializadas, médicos veterinários e outros centros de atendimentos já estão cadastrados nos principais convênios oferecidos por seguradoras e empresas especializadas. O seguro para animais de estimação funciona de maneira muito semelhante aos oferecidos para seres humanos, incluindo consultas com especialistas, exames de rotina e outros serviços. Dependendo da cobertura escolhida, é possível ter serviços diferenciados, como acupuntura, fisioterapia entre outros.

Outra semelhança com o seguro para humanos, há a cobertura para acidentes e doenças, desde que não sejam preexistentes. Em caso de falecimento, o seguro arca com os custos da remoção e a cremação ou sepultamento. Lembre-se que o seguro difere um pouco do convênio médico para cães e gatos, portanto, verifique qual dos dois atende melhor suas necessidades de acordo com as características de seu pet.

Você já utilizou algum desses seguros? Conte para nós sua experiência.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!