Um guia de como fazer uma composteira em casa

Milena Pinheiro Milena Pinheiro
Loading admin actions …

Um jardim verde e saudável, com diversidade de plantas e flores deve ser mantido regularmente. Ao cultivar qualquer planta, elementos básicos sobre a jardinagem devem ser aprendidos, pois plantas possuem ciclos de cultivo, períodos certos para poda e para serem regadas.

Para manter suas plantas bem nutridas, é importante pesquisar o tipo de solo e aduba-las de maneira correta. O adubo orgânico é o mais indicado para pequenos cultivos e jardins, pois não possui elementos químicos e pode ser feito de forma simples através de uma composteira.

A composteira doméstica decompõe alimentos com ajuda da ação de micro organismos e minhocas. O resultado da decomposição junto com a terra será um adubo rico em nutrientes ótimo para otimizar a vida das suas plantas. Este objeto simples e econômico, além de te ajudar a não gastar dinheiro com adubos químicos, irá influenciar a sua maneira de dar atenção e reciclar o lixo gerado em sua residência.

Você pode fazer sozinho ou comprar composteiras prontas, por isso iremos mostramos nesta matéria quais são os cuidados e dicas que devem ser estudadas ao possuir este sistema em casa. Vamos lá?

Simples método de compostagem

Jardim  por Mundo Garden
Mundo Garden

Huerta horganica para niños

Mundo Garden

Composteiras caseiras podem ser feita com ou sem minhocas, elas são compactas e agregam três caixas de plástico empilhadas. As duas caixas na parte superior são as digestoras, elas devem ser furadas na base, nelas o lixo é depositado e misturado com a terra. As minhocas acelaram a decomposição e transformam essa matéria orgânica em húmus, este processo dura cerca de dois meses e garante uma terra de ótima qualidade. A terceira caixa que fica na parte inferior, serve para reter o chorume e deve possuir uma torneira para sua liberação.

Benefícios da compostagem

MÃO NA TERRA, Belo Horizonte, 2015: Jardins rústicos por Luiza Soares - Paisagismo
Luiza Soares – Paisagismo

MÃO NA TERRA, Belo Horizonte, 2015

Luiza Soares - Paisagismo

A composteira é um instrumento de alto benefício, em termos individuais possuir uma composteira significa ajudar a reduzir o volume de lixo produzido dentro da sua casa e funcionar como fonte de adubo natural e sem custos, permitindo uma conscientização sobre o meio ambiente. Para a sociedade, ter uma composteira em casa reduz o excesso de lixo em aterros, evita a geração de poluentes como o chorume líquido e o gás metano, que contaminam o solo, as águas e o ar. 

O que colocar na composteira

Jardim  por Jonny's Sister
Jonny's Sister

Personalised Tray & Pot

Jonny's Sister

A junção de materiais secos e úmidos com a ajuda de minhocas auxilia numa boa decomposição dos alimentos. No entanto, nem tudo pode ser jogado neste recipiente, verduras, cascas e talos são excelentes fontes de nitrogênio, assim como gramas e folhas úmidas. Folhas secas e serragem (sem verniz) mantém o equilíbrio do recipiente, evitando o aparecimento de bichos e odores ruins secas. Alimentos processados, com muito sal, carnes, laticínios, fezes de cão e gato, plantas com fungos, frutos cítricos, nozes, arroz cozido, derivados de farinha, jornais e revistas não podem de modo algum serem colocados na composteira.

O processo de compostagem

O processo de compostagem é realizado por microorganismos presentes nos resíduos, ela acontece no ciclo da natureza devido à condições de propícias temperatura e umidade. Ao decomporem a matéria orgânica, os microorganismos liberam dióxido de carbono e vapor de água. Em casa, você terá que criar um ambiente para que estas atividades de decomposição ocorram, por isso recomenda-se construir este sistema com caixas ou baldes de plástico ou caixas de madeira. 

Recipientes fechados

Horta vertical em estrutura metálica: Jardins tropicais por Ésse Arquitetura e Interiores
Ésse Arquitetura e Interiores

Horta vertical em estrutura metálica

Ésse Arquitetura e Interiores

Composteiras de plástico podem ser mantidos em pequena áreas, é possível inseri-las em sua área de serviço ou varanda. Já os sistemas feitos em madeira, de tijolos ou teia metálica requerem um pouco mais de espaço, a escolha de utiliza-los ou não depende de espaço e de quantidade de resíduos gerados. As composteiras possuem tampas, no entanto, os microrganismos precisam de oxigênio, por isso caso você não queira fazer furos na tampa, tenha em mente que é importante tente deixar o recipiente aberto por alguns minutos diariamente.

Dicas para o sucesso da composteira

Horta Urbana: Terraços  por Ecoeficientes
Ecoeficientes

Horta Urbana

Ecoeficientes

Os arquitetos da Ecoficientes criaram uma composteira em cima do teto de uma casa, que favorece e aduba a plantação que ficava na parte superior da casa, além de prático, possuir este sistema, ajuda a manter uma casa mais ecológica. Pensamos algumas dicas que podem ser úteis na hora de você manter sua composteira:

Antes de colocar novos resíduos no recipiente, você deve misturar bem a terra;

Corte os resíduos em pedaços pequenos para agilizar o processo

Além de serragem e folhas secas, o pó de café e o filtro já utilizado são ótimos para evitar o mau cheiro.

A composteira nunca deve ser muito úmida ou muito seca, tente controlar isso expondo esta ao sol quando muito úmida ou borrifando um pouco de água quando seca.

Mãos à obra? Que tal construir uma composteira para o seu jardim ficar incrível?!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!