Residência LP: Salas de estar rústicas por Zani.arquitetura

Construída com madeira e tijolinho, casa rústica no Paraná arranca suspiros

Luciana P Luciana P
Loading admin actions …

Todos que vivem em grandes cidades certamente já pensaram algum dia em partir para um bairro mais afastado da metrópole, conectado à natureza e onde a casa dos sonhos faz-se palco para uma vida tranquila e repleta.

Hoje conheceremos uma casa que avançou nesse sentido de estreitar um forte laço com a qualidade de vida através de uma rica combinação de soluções de design e arquitetura que foram capazes de proporcionar alto desempenho espacial. Isso significa que temos ao alcance uma obra que ultrapassa a funcionalidade, trabalhando uma atmosfera de significado na vida de seus moradores.

Realizada, em grande parte, em madeira de demolição derivada da peroba-rosa, antigamente muito abundante na região de Londrina, Paraná, a construção se pautou no reaproveitamento consciente. Utilizando este material muitas vezes subvalorizado, os arquitetos responsáveis, Maria Ineida F. ZaniThiago F. Zani, da Zani Arquitetura, ressaltaram seu devido valor. Descobrindo sua beleza estética, que inclui marcas do tempo e do uso, as particularidades deste material puderam oferecer um visual completamente único e receptivo. Encontramos, através de sua arquitetura, um novo olhar sobre um antigo material que, na verdade, nos oferece um universo de possibilidades e beleza.

O resultado só poderia ir no sentido de uma casa acolhedora, aconchegante e totalmente personalizada. Suas peças são marcadas pela expressão do tempo, mas a qualidade e cuidado da obra nos envolvem com estratégias aliadas à vida contemporânea. 

Arquitetura do sossego

Residência LP: Casas rústicas por Zani.arquitetura
Zani.arquitetura

Residência LP

Zani.arquitetura

Chegando um pouco mais perto, descobrimos uma arquitetura que nos transmite certa tradição, reunindo acolhedoras varandas que nos protegem do sol e oferecem muito abrigo para uma deliciosa soneca. Junto ao gramado e às árvores, as crianças podem correr livremente, divertindo-se por seus espaços amplos, arejados e em harmonia com o meio ambiente.

Uma visão ampla

Residência LP: Casas rústicas por Zani.arquitetura
Zani.arquitetura

Residência LP

Zani.arquitetura

Em uma área construída de 350 m², a casa oferece uma primeira impressão cativante, com sua simplicidade quase humilde, mas que já aponta para um design inovador e diferenciado. A partir da fachada externa, já notamos o uso de materiais naturais como madeira e tijolinhos cerâmicos, em comunhão com a natureza ao redor. Para destacar, a pintura amarela também trouxe um ar vibrante e delicado.

Interiores em madeira

Residência LP: Salas de estar rústicas por Zani.arquitetura
Zani.arquitetura

Residência LP

Zani.arquitetura

Como podemos perceber, toda a estrutura da casa é formada em madeira, que além de trabalhar uma estética calorosa e acolhedora, é um excelente material estrutural com alto desempenho técnico. Uma casa como esta, com interiores integrados e grandes aberturas e caixilhos para os exteriores, garante a aproximação das pessoas, estejam elas ao lado de dentro ou de fora.

Nesta sala de estar integrada com jantar e cozinha, tudo faz sentido em uma unidade estética repleta de valor e elegância. Sem dúvida um espaço para sonhar!

Um mezanino para estudo

Residência LP: Escritórios  por Zani.arquitetura
Zani.arquitetura

Residência LP

Zani.arquitetura

No mezanino, o aconchego atinge seu auge, pois, além da madeira cobrir todo o ambiente e absorver o calor do telhado inclinado, o mobiliário contribui com uma atmosfera propícia ao estudo e passatempo. Uma forma de isolar-se para se concentrar ou ter momentos mais íntimos, mas sem destacar-se totalmente, pois ainda há conexão visual entre os espaços. E o ponto alto vai para a escolha dos elementos decorativos, como a luminária em lanterna e a estante casual de livros. Deu até vontade de ficar, não?

Ambientes integrados

Residência LP: Cozinhas rústicas por Zani.arquitetura
Zani.arquitetura

Residência LP

Zani.arquitetura

A decoração da cozinha e do jantar é simples e delicada, pautada no valor intrínseco e natural da madeira exposta, que impera totalmente na casa. Aqui, a escolha do mobiliário de madeira foi precisa para combinar com a estética, destacando-se apenas o piso cerâmico frio, que oferece uma alternativa ainda melhor para os climas muito quentes. A iluminação neste espaço é bastante abundante, entrando naturalmente por todos os ângulos e lados, inundado-o completamente. E por fim, temos uma lareira em tijolinhos ao fundo, alternativa para o inverno, além de muito detalhes rústicos que enfeitam e embelezam a casa.

Circulações verticais

Residência LP: Corredores e halls de entrada  por Zani.arquitetura
Zani.arquitetura

Residência LP

Zani.arquitetura

Terminamos este passeio com uma visão da área de circulação vertical, onde as escadas conduzem ao segundo andar e sua beleza em madeira com acabamento rústico e estrutura de metal nos lembra uma estética industrial, acentuada pelo uso dos tijolinhos nas paredes. Enfim, uma casa casual, despreocupada e que oferece uma alternativa de vida que busca por qualidade, saúde e muita leveza na vida diária.

Aproveite e conheça mais um projeto igualmente intrigante:

Apartamento perfeito em Porto Alegre!

O que você acha da ideia de usar a madeira de demolição na arquitetura?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!