Como decorar sua casa gastando pouco

Lara Berol Lara Berol
Loading admin actions …

Se decorar a casa está pesando no seu orçamento, é hora de buscar alternativas que possam baratear esse custo. Não se preocupe, não é preciso gastar dinheiro com materiais de baixa qualidade ou fazer arranjos que não fiquem ao seu gosto. Para saber organizar do melhor modo possível, basta seguir o bom senso e confiar no seu instinto. Não esqueça que garimpar ofertas também é uma arte e exige algum esforço.

Antes de sair em busca das pechinchas, saiba o que você pretende fazer em seu espaço. Tire medidas de tudo e comece sua busca. Entenda que nem sempre será possível seguir o planejamento e esteja aberto à sugestões e adaptações diversas. Pense nesse processo como algo positivo e enriquecedor. Será como montar um quebra-cabeças em sua casa!

Para conhecer melhor as dicas sobre como decorar gastando pouco, acompanhe esse artigo e se surpreenda com tantas maneiras de fazer bonito mesmo com o orçamento limitado!

1. Participe de comunidades colaborativas de sua cidade!

Casa ReFit: Salas de estar rústicas por Ferraro Habitat

Você já ouviu dizer que é possível trocar seu tempo livre e suas habilidades com as de outras pessoas? Se sim, parabéns, você já sabe o que é uma rede colaborativa. Se não, fique sabendo que esse novo método de cooperação está ganhando o mundo e já possui adeptos dispostos a trocar favores em todo o mundo. Se você tem tempo livre e sabe fazer alguma coisa, mas não é tão bom em outras, pode se oferecer para desenvolver tarefas com suas habilidades para pessoas que não as dominam, e vice-versa. O trabalho é pago com o trabalho que cada um sabe desenvolver melhor. Esse tipo de rede colaborativa ganhou o mundo e já movimenta a economia de diversos locais do mundo.

No Brasil, uma das poucas plataformas disponíveis é a Bliive, que reúne membros de outros países também. Lá é possível encontrar aulas de piano, inglês e defesa pessoal em troca de suas habilidades. A lista é bem variada e você também pode encontrar algum design por lá. Quem sabe até um arquiteto, não é mesmo? Apelar para um marceneiro ou qualquer outro profissional que possa te ajudar com a decoração também é possível.

2. Participe de feiras de compartilhamento de mobília

Cobertura Recreio dos Bandeirantes- RJ: Cozinhas clássicas por Duplex Interiores
Duplex Interiores

Cobertura Recreio dos Bandeirantes- RJ

Duplex Interiores

Se seu problema são os móveis, é possível resolver a questão em locais que disponibilizam mobília gratuita. Esse sistema é bastante comum em países da Europa e nos Estados Unidos. Por aqui, mesmo sendo pouco comum, já há postos que cedem móveis para famílias carentes ou situação de risco. Se você e sua família não se encaixam nesse perfil, podem optar por outras soluções.

Sem dúvida, em sua região, deve haver os famosos brechós, casas de prego ou lojas de móveis usados. Lá é possível encontrar móveis diversos e eletrodomésticos por preços muito abaixo dos concorrentes que comercializam móveis novos. Em alguns casos a economia chega a 50%. Dependendo do estabelecimento, e se você for comprar mais que um item, a pechincha não está descartada. Sabendo negociar a economia pode ultrapassar o percentual antes mencionado.

3. Seja um descobridor de objetos vintage nos mercados de usados

Esses locais costumam guardar verdadeiras relíquias por preços bem acessíveis. Se você precisa de móveis ou itens de decoração, saiba aproveitar essa oferta e tente compor ambientes que façam a peça ganhar destaque. Os móveis em estilo retrô ou repaginados ganharam fama na decoração e estão por toda a parte. Qualquer ambiente pode ganhar um toque vintage e ainda ganhar novos ares.

Saiba usas essas peças e aprenda nesse artigo a decorar sua casa seguindo essa inspiração e mesclando peças modernas aos móveis antigos.

4. Torne-se um caçador de talentos. Dê chances para designers em início de carreira

Já pensou em sair das lojas renomadas de decoração e partir para a feira de artesanato de sua região? Saiba que essa dica pode te render peças exclusivas e sem que você precise pagar muito por isso. Nesses redutos é possível encontrar artistas que estão em começo de carreira ou que vendem suas peças a granel. Por isso, não competem com as grandes redes e conseguem fazer preços mais acessíveis.

Sendo assim, é possível negociar peças exclusivas, sob medida e ainda com valores bem abaixo do que os praticados pelo mercado. Reveja bem a decoração de sua casa, pense no que espera e saia em busca. Quem sabe aquela excursão para uma cidade vizinha que sua mãe tanto insisti para que você não renda um belo quadro para sua sala? Pense nisso e arrisque! Com esses artistas também é possível negociar, afinal, você estará tratando diretamente com o dono do trabalho.

5. Comece a se apaixonar pelo Faça Você Mesmo

Se você é daqueles que sempre veem os tutoriais ensinando sobre como fazer uma luminária, por exemplo, e sempre torcem o nariz, saiba que você está perdendo dinheiro. Ser um apaixonado pelo Faça Você Mesmo vai te garantir horas de diversão e peças super criativas para a sua casa.

Com pouco investimento, é possível reciclar objetos que você já possui e criar utensílios com novas utilidades. Além disso, é muito fácil encontrar orientações na internet sobre como criar diversas coisas a partir de outras tantas! São ideias que não acabam mais e prometem agradar todos os gostos. Se tornar adepto dessa técnica permite que você ainda economize bastante.

Essa casa em Petrópolis, projetada por Chicô GouvêaArquitetura, utiliza essa técnica, que confere estilo despojado a essa cozinha.

6. Não se esqueça de dar uma olhada no porão de seus pais

Um bom local para arrumar móveis e objetos de decoração – e ainda fazer isso com muitas lembranças da infância – é o porão ou sótão dos seus pais. Peça para eles para você dar uma olhada nas relíquias. Eles com certeza irão receber a ideia com orgulho. Caso você tenha outros parentes que estejam dispostos a te ajudar com isso, agradeça e parta para busca. Em alguns casos, os parentes podem te emprestar ou te dar tudo aquilo que você precisa. Calcule a economia!

Não se envergonhe em pedir, afinal, a situação exige. Pense que ter objetos que pertenceram a família em sua nova casa pode trazer aconchego e imprimir características próprias ao seu espaço. Abuse de sua criatividade, se possível customize seus móveis e faça disso um lazer! Sua casa vai agradecer e seu bolso também.

Gostou das dicas? Mostre-nos como ficou sua decoração! 
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!