Ombrelone: Saiba Tudo sobre esta Cobertura para a Área Externa | homify
Error: Cannot find module './CookieBanner' at eval (webpack:///./app/assets/javascripts/webpack/react-components_lazy_^\.\/.*$_namespace_object?:3654:12) at at process._tickCallback (internal/process/next_tick.js:189:7) at Function.Module.runMain (module.js:696:11) at startup (bootstrap_node.js:204:16) at bootstrap_node.js:625:3

Ombrelone: Saiba Tudo sobre esta Cobertura para a Área Externa

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
Casa AP Varandas, alpendres e terraços rústicos por Start Arquitetura Rústico
Loading admin actions …

Com a chegada dos meses quentes, a permanência em áreas externas como quintais, jardins e piscinas é sempre muito agradável, mas exige cuidados com os riscos decorrentes da exposição ao sol. Por isso, é preciso procurar maneiras de evitar ao máximo essa exposição, o que pode ser feito com a criação de zonas de sombra.

É aí que entra um móvel de jardim muito especial: o ombrelone, uma espécie de cobertura mais ampla e sofisticada do que o velho guarda-sol. Existem ombrelones quadrados e redondos, assim como ombrelones de parede e ombrelones articulados, cada um deles indicado para um determinado espaço. 

Os suportes para ombrelones podem ser centrais ou laterais. O ombrelone para piscina é do tipo lateral e perfeito para proteger espreguiçadeiras ou piscinas infantis. Já a mesa com ombrelone – com haste central – também é uma boa pedida, pois permite a confraternização ao ar livre sem se preocupar demais com a exposição ao sol. Neste livro de ideias, você vai saber direitinho o que é ombrelone, assim como suas vantagens e os cuidados que ele exige. Confira!

O que é ombrelone

O uso das áreas externas de uma casa, como o quintal, o jardim e a piscina, é muito agradável nos meses quentes, mas é preciso tomar cuidado com a exposição ao sol, especialmente quando se trata de crianças. É por essa razão que, entre os móveis de jardim, deve estar previsto uma peça de nome curioso: o ombrelone.

O ombrelone guarda muitas semelhanças com o conhecidíssimo guarda-sol. Ambos têm por objetivo proteger as pessoas da incidência do sol e do calor excessivo quando estão em atividades ao ar livre no quintal, no jardim ou na piscina da casa.

O guarda-sol é mais compacto, fácil de ser transportado e pode ser guardado dentro de casa sem ocupar muito espaço. Ele é fabricado em vários materiais, cores e estampas, sendo possível utilizá-lo na praia ou colocá-lo em uma base no jardim ou na beira da piscina.

Já o ombrelone é uma cobertura que parece um grande guarda-sol e que serve de alternativa às coberturas fixas para criar uma área de sombra no quintal ou no jardim, como as pérgolas e os gazebos. Em relação a essas estruturas, ele tem a vantagem de poder ser trocado de lugar a qualquer momento. Em relação aos guarda-sóis, o ombrelone tem a vantagem de ser mais resistente aos ventos, já que ele tem uma saída de ar na parte superior que permite que ele aguente as rajadas mais fortes. Ele tem também uma base de concreto, que, junto com a abertura no toldo, garante sua estabilidade.

Mais sobre o ombrelone para piscina e áreas de lazer

Apesar da função básica que compartilha com o guarda-sol, o ombrelone é muito mais sofisticado, pois conta com mecanismos de regulagem que simplificam a sua abertura e também permitem a mudança de inclinação do toldo a fim de se ajustar melhor à posição do sol e proteger totalmente o local onde estiver instalado. Além disso, é leve e fácil de ser guardado, especialmente quando apresenta uma catraca com manivela de giro.

O ombrelone pode ser encontrado em diversas formas e tamanhos de modo a se adequar a cada situação. O ideal é que exista ao redor da área onde está instalado o ombrelone uma área livre igual ou maior àquela a ser ocupada pela estrutura, tanto por questões estéticas, quanto por questão práticas (escoamento da água das chuvas, por exemplo). Os modelos mais utilizados são os redondos e os quadrados. Para escolher um dos dois formatos, é preciso considerar a área da instalação. Os ombrelones redondos são indicados para quando todas as laterais do espaço estão livres, enquanto que os ombrelones quadrados, mais indicados para locais menores, podem ficar encostados ou serem fixados em um muro ou parede.

Já as hastes que servem de apoio para o ombrelone podem ser centrais ou laterais. É preciso lembrar que a haste regula a envergadura do ombrelone e a direção da sombra, além de ser um contrapeso para a sombrinha que, juntamente com a base, torna estável o ombrelone. A haste, que conecta a sombrinha ao pé da base, apresenta ainda um mecanismo de abertura e fechamento que permite que o ombrelone seja montado

Ombrelone para varandas, sacadas e terraços

Quando o apoio é uma haste central, a mais indicada para espaços pequenos, o ombrelone pode cobrir cadeiras soltas ou uma mesa que tenha um furo no meio do tampo para encaixar a haste. Por sua vez, o apoio de uma haste lateral libera a parte central para qualquer finalidade. Ele é geralmente posicionado ao lado de uma mesa de jardim sem furo, de espreguiçadeiras ou de uma piscina infantil, por exemplo, de modo que a sombrinha se estenda por uma grande área, gerando uma boa sombra. Nesse caso, a sombrinha é normalmente giratória e pode ser movida de acordo com a mudança da posição do sol.  Aliás, os ombrelones articulados – ou seja, os de haste lateral que permite mudar a sombra de lugar em até 360 graus – são a melhor opção, pois facilita a inclinação do toldo para projetar a sombra de acordo com a necessidade dos usuários.

Quanto ao material usado no ombrelone, a estrutura dele pode ser feita em madeira, aço inox ou alumínio. Já a sombrinha deve ser resistente à ação do clima, em especial à chuva e ao sol. Assim, as lonas de PV, os modelos com tecido FPS, as telas acrílicas ou solares são os mais recomendados. O nylon, por sua vez, deve ser evitado, pois, apesar de bloquear a luminosidade, deixa passar grande quantidade de raios ultravioleta (UV). Já os tecidos impermeáveis são bem-vindos, pois permitem driblar mudanças de tempo repentinas, como garoa ou chuva leve. Falando em tecidos, os toldos mais indicados são aqueles de tramas fechadas e mais pesados, como o algodão, o bagum, a lona e o poliéster. Isso porque a trama aberta deixa o local mais exposto aos raios solares.

No que se refere às cores dos ombrelones, os tecidos mais escuros absorvem melhor os raios UV, mas também esquentam, o que indica que a escolha deve priorizar as cores intermediárias. Já quando se pensa na decoração, as cores dos ombrelones deve levar em consideração o tipo de móveis de jardim presentes. Se os móveis são mais sofisticados, a sugestão é que se escolha cores neutras e elegantes para a sombrinha. Já se os móveis de jardim são discretos, pode-se ousar mais com cores vibrantes como vermelho e amarelo.

Suporte e base para ombrelone

Mas há ainda um elemento importante no ombrelone: a base para ombrelone, que garante a sua estabilidade no solo na ocorrência de ventos fortes. A base de concreto é um complemento indispensável no ombrelone, pois sem ela a estrutura não se sustenta. O peso da base deve ser escolhido de acordo com o tamanho dessa estrutura (ou seja, a haste mais o toldo): quanto maior ela for, mais pesada a base deve ser. Esta base pode ser revestida em aço ou plástico. Um importante detalhe que deve ser considerado antes de comprar um ombrelone é o diâmetro da haste, que deve corresponder ao diâmetro do furo da base. Existem modelos de base para ombrelone mais simples, para sobreposição ou encaixe, projetados para uma haste de tamanho específico; e modelos mais sofisticados, com a opção de regulagem do diâmetro. Outro modelo de base é aquele com rodízios, ideal para quem deseja deslocar o ombrelone em áreas de solo plano e regular como terraços e áreas de piscina.

Para finalizar, é interessante destacar que existem modelos de ombrelones que podem ser utilizados mesmo de noite, pois contam com luzes LED carregadas com energia elétrica ou mesmo energia solar.

Vantagens do ombrelone

  • Mobilidade e versatilidade – O ombrelone pode ser deslocado com facilidade e se apresenta em versões com e sem rodízios.
  • Conforto – Pode-se utilizar um ombrelone para sombrear cadeiras soltas, mesas, espreguiçadeiras, piscinas infantis, ofurô e hidromassagem ao ar livre, entre outras coisas, proporcionando conforto e tranqüilidade em momentos de diversão ou relaxamento.
  • Durabilidade – O material com que é confeccionado o ombrelone já é projetado para suportar o calor do sol e a água da piscina, assim como os ventos. Nesse quesito, porém, convém amarrar uma corda para prender a haste a um elemento fixo.
  • Proteção – A sombra proporcionada pelo ombrelone contribui para manter a pele longe dos malefícios da exposição solar, além de evitar o calor excessivo e as queimaduras ocasionadas pela exposição sem cuidados.

Como escolher o ombrelone

jardim com ombrelone Jardins rústicos por Paula Ferro Arquitetura Rústico
Paula Ferro Arquitetura

jardim com ombrelone

Paula Ferro Arquitetura

A escolha de um ombrelone exige a consideração de alguns fatores:

  • Tamanho – Esta questão é decisiva para a definição do modelo mais apropriado para o quintal, o jardim ou a área da piscina. Como já dissemos, é conveniente que haja uma área livre equivalente ou maior àquela a ser ocupada pelo ombrelone. E, se o espaço for pequeno, o melhor é optar pela haste central.
  • Local – O local também é importante. O ombrelone redondo é ideal para áreas com laterais livres, enquanto o ombrelone quadrado é perfeito para áreas com laterais fechadas.
  • Cor – Embora os tons mais claros pareçam mais atraentes para muita gente, eles deixam passar mais raios UV, diminuindo a proteção proporcionada pelo ombrelone. Já as cores escuras oferecem uma proteção maior, mas retêm mais calor. O ideal, portanto, são as cores intermediárias.
  • Tecido – A trama mais aberta deixa o local mais exposto aos raios solares, de modo que o mais indicado é optar por tecidos com pontos mais fechados.

Cuidados e limpeza de ombrelone

Piscina Varandas, alpendres e terraços modernos por homify Moderno
homify

Piscina

homify

É recomendável que a sombrinha do ombrelone fique fechada quando estiver fora de uso, pois a exposição intensa e desnecessária às intempéries pode danificá-la. Se possível, desmonte e guarde o ombrelone para que a estrutura não seja prejudicada pelas condições climáticas. Já para limpar o ombrelone satisfatoriamente, basta utilizar água e sabão neutro uma vez por semana.

Você tem um ombrelone no jardim ou na piscina?
Casas modernas por Casas inHAUS Moderno

Precisa de ajuda para projetar a sua casa?
Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!