Dicas para iluminar melhor a sua cozinha!

Rafaela Maia Rafaela Maia
Google+
Loading admin actions …

A cozinha é um local muito importante dentro de casa, destinado para o preparo das refeições, mas também pode ser considerado um ambiente da área social, especialmente quando ela esta integrada a outros cômodos da casa. Portanto este é um local que requer mais luminosidade, em pontos específicos como as bancadas, e também de uma forma geral, para uma melhor circulação, já que na cozinha ficamos nos movimentando de um ponto a outro constantemente. A iluminação deste local deve ser separadas por tipo, cor e intensidade, sendo necessário que ela seja mais forte, mais focada e preferencialmente branca nos locais de manuseio de alimentos, e mais suave, espalhada e amarelada no espaço de maior circulação.

Uma boa iluminação da cozinha significa conforto e eficiência e funcionalidade,  enquanto uma iluminação mal planejada é capaz de desvalorizar e prejudicar completamente o bom funcionamento deste espaço.

Confira neste artigo, algumas dicas para planejar a iluminação adequada de acordo com as necessidades específicas para a sua cozinha!

O necessário para a melhor iluminação

Para garantir que a cozinha tenha a iluminação adequadas em diferentes pontos do cômodo, seja estratégico. Pense na necessidade de cada ponto. Por exemplo, as lâmpadas de cor branca e fluorescentes é melhor para a iluminação geral da cozinha e também as bancadas,  pois ela deixa os objetos mais nítidos, reproduzindo melhor as cores reais dos alimentos. A luz em determinados pontos, pode ser mais focada e mais quente, ajudando a trazer um clima mais agradáveis para o bem estar no ambiente e também mais sensíveis aos olhos. Se a cozinha for aberta e estiver integrada à cozinha, é interessante criar uma continuidade na iluminação através da tonalidade semelhante, pelo menos parcialmente, para não criar um contraste, trazendo um clima mais frio para e destacado de todo o ambiente. Balanceie as cores e tonalidades de acordo com cada necessidade, para garantir um ambiente com a iluminação equilibrada e confortável. 

Instale trilhos de luz

Nesta cozinha projetada por Márcio Campos Arquitetura e Interiores, o teto recebe a iluminação com uma régua com 4 spots que direcionam a luz para a bancada de preparo dos alimentos, armários e também pontua a mesa para refeições integrada a cozinha. As lâmpadas direcionadas para diferentes pontos do ambiente,  contribuem para uma iluminação mais quente e agradável neste ambiente. 

Luz nos armários da cozinha

Cozinha  por Txell Alarcon
Txell Alarcon

Devies Cook Company

Txell Alarcon

Se a sua cozinha é um ambiente que só possui a iluminação central, invista na iluminação em pontos diferentes da cozinha. Aplique você mesmo a iluminação nos armários da cozinha, utilizando lâmpadas portáteis ou fitas de LED por baixo dos armários. O efeito na decoração é incrível.  

Luz na coifa

Importantes e muitas vezes esquecidos, são os pontos de luz sobre as áreas de preparo e cocção, como na coifa acima do fogão. A luz direcionada é fundamental para evitar que o corpo do cozinheiro faça sombra sobre o mobiliário e a comida, garantindo uma visualização focada nesta área de trabalho. Esta cozinha desenvolvido pelo arquiteto Pedro Bazani.

Foco de luz na decoração

É possível utilizar diferentes tipos de iluminação para cozinha. Dentre elas a lâmpadas de LED, são uma opção prática e bastante econômica fazem bonito na decoração e trazem modernidade e estilo a cozinha. Quando aplicadas  na parte inferior das prateleiras, ajudam a destacar melhor os condimentos e utensílios expostos na cozinha.

Luz embutida no teto

Esta cozinha espaçosa assinada por Piloni Arquitetura, a iluminação gera conforto e um clima aconchegante para o morador preparar seus pratos preferidos. O ambiente tem iluminação independentes em pontos importantes do ambiente como, os armários, a ilha de cocção e a mesa de jantar. Para a iluminação geral do cômodo, a iluminação embutida no forro clareiam a cozinha por completo. As lâmpadas halógenas de cor mais amarela espaçadas pelo teto, contrastam com a luz fria dos spots fluorescentes, valorizando ainda mais a iluminação do ambiente.

Luz em excesso nunca é demais

A cozinha deste ambiente assinado por Bibiana Lattuca, aproxima-se da luz natural e mantém o ambiente claro e com ótima visualização para o preparo das refeições. A iluminação com rasgo do forro de gesso e com lâmpadas frias e fluorescentes, oferecem um fluxo maior da luminosidade e reproduz melhor as cores naturais. Para clarear o ambiente por inteiro, o mobiliário e os revestimentos das paredes na cor branca, reforçam ainda mais a iluminação, gerando amplitude para o espaço.  

Iluminação irreverente

Para imprimir uma atmosfera irreverente na cozinha, além da iluminação geral com luzes que ajudem a manter este ambiente iluminado para a boa visualização e o preparo dos alimentos, invista em uma iluminação mais quente e diferenciada. Traga para a sua cozinha uma linguagem visual moderna e despojada, por meio das luminárias, pendentes ou luz embutidas e brinque com diferentes temperaturas e cores.

Gostou das dicas para melhorar a iluminação da sua cozinha? Deixe seu comentário.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!