Como combater a umidade no teto e paredes

Eduardo Prado – homify Eduardo Prado – homify
Google+
Loading admin actions …

Cada escolha feita é especial para o lar. Os detalhes da cozinha, a composição do banheiro e a iluminação bem distribuída em todo o espaço trazem encanto a cada olhar, a cada percepção obtida pelas escolhas feitas com cuidado. Tudo vai bem até que um pontinho escuro é percebido em certa parte do teto. Este pontinho é ignorado, até que surge um irmão, depois um filho, depois a família inteira e, sem que você haja, o ponto toma conta de todo o espaço como se fosse um país de pontos escuros. Pontos escuros que, infelizmente, são mofos.

Ver um espaço da casa tão querida e bem cuidada, tomada pela presença do mofo é muito irritante e traz um desconforto contínuo a cada verificação do espaço. E, para que você não fique olhando sempre para este ponto de incômodo, é preciso tomar atitudes que possam combater este mal. Para isto, trouxemos um artigo especial que irá ajudar você nesta missão para que estes pontos pretos possam ser eliminados do seu lar e, assim, você possa resgatar todo o amor por seus espaços. 

O mofo geralmente aparece quando os espaços não recebem constante ventilação. Esta situação somada a umidade, pode tornar o seu banheiro ou sua cozinha o habitat perfeito para que o mofo se instale a partir da umidade. A boa notícia neste caso, é que o combate é possível e rápido. A má notícia é que será preciso mexer na estrutura da sua parede ou teto. Esta necessidade é particularmente complicada quando é necessário remover uma grande área revestida. E como estamos falando de bons e maus pontos de vistas, a melhor solução neste caso é pensar pelo lado positivo e pensar que uma renovação será muito bem-vinda ao seu lar – mas, sobre isto, falaremos em um próximo artigo.

Para ajudar você a encontrar as melhores soluções para o combate ao mofo no seu banheiro, trouxemos um ótimo conjunto de dicas para combater esse invasor no seu lar. Temos certeza de que, seguindo estas sugestões, o seu lar ficará perfeito e brilhante novamente. Aproveite e venha conosco!

Identifique a origem

Suíte Master - CASA COR 2013 - (Fotos Lio Simas): Banheiros ecléticos por ArchDesign STUDIO
ArchDesign STUDIO

Suíte Master – CASA COR 2013 – (Fotos Lio Simas)

ArchDesign STUDIO

Em um primeiro momento, identificar a origem do mofo é fundamental. É muito possível que no local onde está o mofo, sejam encontrados vazamentos ou infiltrações, seja de origem interna ou externa. Descobrir esta origem é fundamental para que os prejuízos não sejam ainda maiores quanto a estrutura do seu lar. Para que este problema seja devidamente sanado, não hesite em considerar o acompanhamento de um bom profissional. Com o foco devidamente identificado, a remoção do problema, certamente, será muito mais fácil para você. 

Na imagem, um projeto belíssimo de banheiro desenhado pela ArchDesign Studio, de Florianópolis (SC), com a estrutura devidamente protegida e iluminada.

Limpeza química

Apartamento Cupertino Durão.: Salas de jantar modernas por Ateliê de Arquitetura
Ateliê de Arquitetura

Apartamento Cupertino Durão.

Ateliê de Arquitetura

Já com a origem do problema devidamente identificada, é hora de partir para o tratamento. Para isto, você precisará de um rolo de lá de carneiro, lixa grossa, água sanitária, tinta anti-mofo, máscara e luvas. 

Aproxime-se da área mofada utilizando as luvas e a máscara para evitar o contato direto do mofo com os poros de sua pele. Lixe bem a área atingida pelo problema e limpe com a água sanitária. Após isto, seque o local e prepare a tinta anti-mofo de acordo com as indicações do fabricante. Aplique a primeira demão de tinta e espere a secagem de acordo com as especificações do produto e, após isto, aplique a segunda demão. Lembre-se de procurar todas as áreas afetadas pelo mofo para que a solução seja eficaz e a pintura fique uniforme no ambiente.

Limpeza caseira

Caso você prefira, existem ainda alternativas caseiras e que funcionam muito bem para a limpeza das áreas com mofo. Para estas alternativas, você precisará de água sanitária, esponja, água e um pano limpo. Basta aplicar a água sanitária diretamente sobre a superfície com mofo, esfregar com a parte grossa da esponja e limpar com o pano seco. Outra alternativa interessante é a utilização de vinagre de álcool, bicarbonato de sódio e limão aplicado sobre a superfície afetada. Deixe a solução agir por alguns minutos e faça a limpeza com água. 

O mais importante nestas dicas é saber que estes são produtos facilmente encontrados no seu próprio lar e que auxiliam na remoção do problema com um custo muito baixo. Portanto, aproveite!

Na imagem, um banheiro belíssimo projetado pelo escritório Isabela Canaan Arquitetos e Associados, de Nova Lima (MG). 

Impermeabilize

Casa Horto OBM 79: Salas de estar tropicais por Maria Claudia Faro
Maria Claudia Faro

Casa Horto OBM 79

Maria Claudia Faro

Se você descascou ou lixou a parede para que ela recebesse o devido tratamento, é hora de pensar na impermeabilização do espaço como forma preventiva para que o mofo seja evitado. Você poderá encontrar impermeabilizantes de diversos tipos para a correta aplicação, seja como uso de tintas ou massa corrida. O ideal é que o produto seja aplicado em toda a extensão da parede ou teto em caso de infiltração. Com a correta impermeabilização do local, a precaução estará garantida e os seus problemas com o mofo serão resolvidos por um longo período.

Na imagem, um aconchegante projeto da arquiteta Maria Cláudia Faro, do Rio de Janeiro (RJ).

Ventile o local

Projetos: Salas de estar modernas por tfarqdesign
tfarqdesign

Projetos

tfarqdesign

Como dissemos anteriormente, o mofo prolifera-se facilmente em ambientes fechados, úmidos e com pouca ventilação. Por isso, uma solução necessária é uma melhor ventilação no ambiente que estava afetado. Sempre que possível, mantenha as portas do local abertas e verifique a possibilidade de construir pequenos vãos que possibilitem a ventilação do ambiente, nos casos de impossibilidade de abertura de janelas. Esta medida somada às soluções que diminuem a umidade no local, serão perfeitas para que você não sofra novamente com a presença do mofo.

Medidas preventivas

Assim como acabamos de citar, as medidas preventivas são fundamentais para que o mofo não volte ao seu lar. Além de aplicar a impermeabilização das paredes e teto e promover uma melhor ventilação no ambiente, você poderá utilizar medidas caseiras, como, por exemplo, deixar pequenos recipientes com a quantidade de uma xícara de amido de milho para que a umidade do local seja absorvida. Troque a porção a cada quinze dias ou sempre que perceber excesso de umidade no amido.

Na imagem, um projeto de cozinha maravilhosa da talentosa designer de interiores e paisagista Iara Kílaris, de Americana (SP).

E você, tem alguma dica especial para combater o mofo?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!