Vista externa: Casas familiares  por Play Arquitetura

Dicionário de Arquitetura: Simplificando Termos Técnicos Usados Pelos Arquitetos

SOLICITAR ORÇAMENTO

Número incorreto. Por favor, corrija o código do país (+55 para o Brasil), código da cidade ou número de telefone.
Ao clicar em 'Enviar', confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação será processada para responder ao meu pedido.
Nota: Poderá anular seu consentimento enviando email privacy@homify.com com efeito futuro
Loading admin actions …

Se você conhece ou convive com arquitetos, provavelmente já ouviu termos de arquitetura muito estranhos e que chegam a soar engraçados, se não entendermos o significado. Caso você seja arquiteto, com certeza já falou algum termo técnico de arquitetura que ninguém entendeu e ainda fez trocadilhos, não é mesmo? Nessas ocasiões as pessoas costumam fazer piadas e dizer que é necessário um dicionário de arquitetura, de tantas palavras estranhas que são usadas neste universo. E é mesmo! Por isso nós vamos esclarecer, explicar e simplificar as expressões mais comuns, os termos usados na arquitetura e termos de decoração nesse compilado que é quase um glossário de arquitetura e urbanismo.

Pé direito e Pé esquerdo

Vista interna da edificação com dormitório no andar superior:   por A+R  arquitetura
A+R  arquitetura

Vista interna da edificação com dormitório no andar superior

A+R arquitetura
  • Pé direito: O termo curioso “pé direito”, ao contrário do que você pode estar pensando, significa a distância vertical do piso ao teto (ou forro) de um ambiente, e é comum medir entre 2,50m a 2,70m.
  • Pé direito alto e pé direito duplo: Quando a altura entre o piso e o teto é superior a 3,00m, este já é considerado um pé direito alto. O pé direito duplo acontece necessariamente em lugares que tem dois ou mais pavimentos, ou um mezanino, e significa que em parte do espaço ele vai ter a altura total igual a soma da altura dos dois pavimentos, ou seja, duas vezes a medida do pé direito.
  • Pé esquerdo: Este é mais um dos termos técnicos de arquitetura, e significa a distância vertical entre o piso e a parte superior da laje (ou do piso do pavimento superior). Ou seja, ele é a soma da medida do pé direito com a medida da espessura da laje.

Planta baixa e Layout

  • Planta Baixa: Desenho técnico, semelhante a um diagrama, de uma construção vista de cima. Este desenho se dá a partir de um corte horizontal imaginário a uma altura de 1,50m do piso, onde é possível visualizar os ambientes e suas respectivas medidas. Usamos a medida de 1,50m porque é nesta altura que é possível vãos de aberturas, como as portas e janelas. 
  • Planta livre: Esse termo técnico quer dizer que os pilares ficam nas extremidades do pavimento, deixando a planta completamente integrada e flexível para diversos usos. Essa é uma das principais características da arquitetura modernista.  
  • Layout: Este é um dos termos presentes no dicionário de decoração e arquitetura de interiores. O layout é representado em planta baixa e conta com a posição e desenho dos móveis e equipamentos que o cliente deseja ter e usar na sua casa.

Corte

  por Teresa Ledo, arquiteta
Teresa Ledo, arquiteta

Alçado Lateral

Teresa Ledo, arquiteta

Desenho técnico que representa as dimensões verticais de uma edificação. É como se contássemos uma construção e ficássemos com uma fatia que mostra os andares, a altura e o pé-direito, por exemplo.

Termos técnicos de estrutura

nichos como estante: Salas de estar  por omnibus arquitetura
omnibus arquitetura

nichos como estante

omnibus arquitetura

Estes termos estão em qualquer glossário de arquitetura! 

  • Viga: Elemento estrutural que sustenta uma edificação horizontalmente e transmite sua carga para os pilares.
  • Pilar: Estruturas verticais que geralmente recebem os esforços das vigas e às transferem para a fundação da edificação.
  • Tanto a viga quanto o pilar costumam ser associados ao ao sistema laje-viga-pilar. 
  • Coluna: Elemento estrutural que recebe cargas verticais e as transmite para a fundação. A função é praticamente a mesma de um pilar, mas geralmente é mais esbelta, com detalhes e em formato cilíndrico.
  • Pilotis: Conjunto de colunas (geralmente bem esbeltas) de sustentação de uma construção que deixa livre e sem fechamento o pavimento térreo.
  • Verga e contra verga: Elementos estruturais que ficam dentro da alvenaria e funcionam como pequenas vigas nos vãos de portas e janelas. A contra verga fica na parte de baixo das janelas ou aberturas que tenham peitoril.

Água (de telhado)

Não é a água que você está pensando! Na arquitetura água quer dizer cada uma das superfícies inclinadas de um telhado.

Dica: Não existe meia água! O menor telhado que pode existir vai ter pelo menos uma água. Por exemplo, a casa acima tem um telhado de uma água.

Eira e beira

Já ouviu a expressão “sem eira nem beira”? Ela faz referência a dois elementos arquitetônicos muito presentes na arquitetura das casas coloniais. 

  • Eira: Um espaço de terra batida, lajeada ou cimentada próximo às casas onde os cereais ficavam ao ar livre e ao sol para secar. Portanto, quem tinha eira geralmente eram os agricultores.
  • Beira (beiral): Extensão do telhado que serve para proteger da chuva. Quanto maior as beiras , mais ricas eram as famílias.

A expressão foi criada para denominar pessoas que não tinham nem teto nem terras, e é usada até hoje para pessoas que vivem em situações de precariedade.

Estrutura em balanço

Vista externa: Casas familiares  por Play Arquitetura
Play Arquitetura

Vista externa

Play Arquitetura

Este é um recurso arquitetônico que proporciona leveza ao projeto, e permite a livre circulação de pessoas abaixo da estrutura, pois não tem pilares tocando no solo. A sustentação da estrutura acontece em apenas uma das extremidades.

Mão francesa

Estrutura similar à forma da letra L ou a um triângulo, e é usado principalmente na sustentação de bancadas ou prateleiras – para ligar uma estrutura em balanço à um plano reto (como uma parede ou painel). 

Neste projeto foram usadas mãos francesas para dar sustentação às prateleiras e à bancada alta.

Mucheta e Shaft

Os dois termos se referem a mesma coisa, mas a diferença é que o shaft está previsto em projeto e a mucheta é um improviso de obra: os dois significam vãos internos na construção para passagem de tubulações e instalações verticalmente. É bem comum ser encontrado nas áreas molhadas de uma casa, especialmente na parede atrás do chuveiro.

Casa Geminada

Este termo vem da palavra gêmeas, ou seja, se refere à construção de duas ou mais casas grudadas umas às outras, em um mesmo lote e que compartilham a estrutura, a alvenaria e o telhado.

Inspire-se nestes projetos de casas!

Cobogó

Nome dado a elementos vazados que completam paredes e muros, e possibilitam maior ventilação e luminosidade no interior de uma construção. Normalmente são feitos de cimento ou cerâmica.

Muxarabi

Detalhe em Muxarabi: Casas  por RABAIOLI I FREITAS
RABAIOLI I FREITAS

Detalhe em Muxarabi

RABAIOLI I FREITAS

Trama de ripas de madeira usada na arquitetura. Assim como o cobogó, o muxarabi permite aproveitar a iluminação e a ventilação natural, sem perder a privacidade.

Bisotado

Apartamento Jovem Casal - Jantar e Estar: Salas de jantar  por Studio Bene Arquitetura
Studio Bene Arquitetura

Apartamento Jovem Casal – Jantar e Estar

Studio Bene Arquitetura

Superfície com as extremidades chanfradas. 

Esse é um termos de decoração e geralmente é usado em vidros e espelhos.

Iluminação Zenital e Clarabóia

RESIDÊNCIA SÃO CONRADO | Escada Acesso Principal: Corredores e halls de entrada  por Tato Bittencourt Arquitetos Associados
Tato Bittencourt Arquitetos Associados

RESIDÊNCIA SÃO CONRADO | Escada Acesso Principal

Tato Bittencourt Arquitetos Associados

Estes dois termos técnicos sempre estão no dicionário do arquiteto e muitas vezes se confundem, mas existe uma diferença simples: 

  • Iluminação Zenital: Técnica usada a partir de uma abertura no alto/ no teto das edificações que permite a passagem de luz e ventilação.
  • Clarabóia: É a mesma coisa que a iluminação zenital, mas obrigatoriamente é coberta.

Gentrificação

Residência Lago Telmo: Casas  por Gláucia Britto
Gláucia Britto

Residência Lago Telmo

Gláucia Britto

Este é um dos termos presentes no glossário de arquitetura e urbanismo, e é um processo de transformação de áreas dos centros urbanos que se dá através da mudança dos grupos sociais de baixa renda para que moradores de camadas mais ricas possam passar a morar ali.

Este fenômeno ocorre como consequência da revitalização urbana de alguns espaços que até então estavam abandonados, e passam a ser vistos com potencial imobiliário por determinados grupos econômicos. Com isso, o custo de vida nestas áreas acaba aumentando e afaste moradores tradicionais.

Usocapião

Este termo está em qualquer dicionário de arquitetura e urbanismo. É uma forma de adquirir legalmente uma propriedade pela posse prolongada de um terreno ou edificação.

Qual desses termos do Dicionário de Arquitetura foi novidade para você?
Casas  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!