​Plantas de casas populares: exemplos, ideias e dicas de economia Plantas de casas populares: exemplos, ideias e dicas de economia

SOLICITAR ORÇAMENTO

Número incorreto. Por favor, corrija o código do país (+55 para o Brasil), código da cidade ou número de telefone.
Ao clicar em 'Enviar', confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação será processada para responder ao meu pedido.
Nota: Poderá anular seu consentimento enviando email privacy@homify.com com efeito futuro

​Plantas de casas populares: exemplos, ideias e dicas de economia

Casa Legno Casas campestres por Graziela Alessio Arquitetura Campestre
Loading admin actions …

A planta baixa é o primeiro desenho técnico apresentado em um projeto arquitetônico. Ela define a medida de todos ambientes, a distribuição dos espaços e das aberturas. Muitas vezes vemos ótimas soluções em casas pequenas, mas não conseguimos entender como aquilo seria representado em planta baixa.

Por isso, selecionamos exemplos, ideias e dicas para economizar no seu projeto através de definições que já podem ser tomadas nessa etapa inicial de projeto. Se irá construir e está procurando ideais de plantas de casas populares, vale a pena seguir as dicas abaixo:

Tenho um terreno pequeno, e agora?

Planta Pavimento Térreo por Arquiteta Elaine Silva
Arquiteta Elaine Silva

Planta Pavimento Térreo

Arquiteta Elaine Silva

Planta Pavimento Superior por Arquiteta Elaine Silva
Arquiteta Elaine Silva

Planta Pavimento Superior

Arquiteta Elaine Silva

Os terrenos de loteamentos populares estão sendo colocados a venda cada vez mais estreitos. Isso acontece para que o proprietário do loteamento consiga otimizar o espaço colocando o máximo de terrenos possíveis, respeitando a testada (frente do terreno) imposta pelo Plano Diretor de cada município.

Na maioria dos municípios brasileiros, a testada mínima permitida em loteamentos populares é de 5m. Isso torna o projeto das plantas baixas de casas populares um grande desafio, porque é preciso aproveitar o espaço e proporcionar ventilação para todos os ambientes.

Se o terreno for assim tão estreito, geralmente é necessário construir dois pavimentos ou criar um pátio interno para que os principais cômodos tenham janelas. No projeto da arquiteta Elaine Silva, todos os ambientes, inclusive banheiros e lavabo, possuem iluminação e ventilação natural. Além de deixar a casa mais fresca, a utilização de iluminação natural pode ajudar na economia do consumo de energia.

Áreas mínimas

Planta baixa por eearquitetura
eearquitetura

Planta baixa

eearquitetura

Cada cidade determina através do seu Código de Obras quais as áreas mínimas que cada cômodo deve ter. Caso o município não possua Código de Obras, o que é bastante comum em cidades menores, deve-se seguir a NBR (Norma brasileira) 15575, que determina que:

  • Banheiro: Largura mínima de 1,10m (exceto no box), com uma faixa de circulação de pelo menos 40cm entre o vaso e a parede em frente ao vaso. 
  • Sala de jantar ou estar:  largura mínima de 2,40m, com uma faixa de circulação de pelo menos 50cm em frente ao sofá. 
  • Cozinha: largura mínima de 1,50m, com uma faixa de circulação de pelo menos 85cm em frente à bancada da pia e fogão. 
  • Área de serviço: largura mínima de 1,50m, com uma faixa de circulação de pelo menos 50cm entre mobiliário e parede. 
  • O pé direito mínimo exigido para áreas de permanência (cozinha, sala e quartos) é de 2,50m e para banheiros, corredores, halls e despensas é de 2,30m.

Poucas paredes hidráulicas

As instalações elétricas e hidráulicas consomem uma boa parte da verba da obra, tanto em material quanto em mão de obra. 

Antigamente existia um preceito de criar pontos elétricos em paredes bem específicas. Para perceber, basta observar casas antigas: é comum haver apenas uma tomada em cada quarto e ainda utilizar a mesma descida de energia para criar um ponto em cada ambiente. Com o uso de equipamentos eletrônicos e celulares que precisam ter suas baterias carregadas constantemente, hoje é usual se colocar mais tomadas em cada cômodo, tornando a instalação elétrica mais cara.

Entretanto, o mesmo não acontece com a instalação hidráulica, que ainda pode ser pensada de maneira bem econômica, através da redução do número de paredes hidráulicas.

As “paredes hidráulicas” são aquelas que têm pontos de água e esgoto. Quando a tubulação de água sai da caixa d'água, ela deve percorrer o caminho mais objetivo possível até chegar nas paredes hidráulicas. Se a planta contemplar cinco paredes hidráulicas, haverá cinco ramificações para chegar até as descidas de água. Mas se a planta contemplar apenas duas parede hidráulicas, como no projeto acima, haverão duas ramificações e isso irá gerar economia na obra.

Duas maneiras de diminuir a quantidade de paredes hidráulicas podem ser vistas no projeto acima: utilizar a mesma parede hidráulica da cozinha para a área de serviço e, caso houver dois banheiros na casa, construí-los de maneira espelhada.

Não crie corredores

Esta casa de 70m² conta com três quartos sendo uma suíte e duas demi-suítes (que compartilham o mesmo banheiro), cozinha, banheiro social e sala com lavabo. 

Nota-se que na planta praticamente não há espaços que serviriam apenas para a passagem dos moradores. Os corredores são espaços apenas de transição que não precisam existir dentro de uma casa pequena. No projeto de casas populares, os arquitetos priorizam espaços que se conectam um com o outro sem a necessidade de corredores longos ou grandes áreas de circulação.

Outro ponto a ser observado é que foi proposto um tipo de piso para as áreas íntimas e outro para toda a área social e externa. Geralmente em uma casa são utilizados mais que dois pisos diferentes, mas optar por menos variedade traz economia porque o valor de produtos em maiores quantidade é sempre melhor.

Nem sempre é necessário uma parede

Essa casa térrea em um terreno de 150m² não possui uma parede que divide a sala da quarto. Este é um artifício que pode ser muito bem utilizado para quem mora sozinho ou em casal para economizar o valor de uma parede construída, além do reforço da estrutura para sustentar a parede.

Essa solução é indicada apenas para plantas de casas pequenas onde moram uma ou duas pessoas porque uma estante ou guarda roupa não irá isolar tão bem acusticamente dois ambientes, se comparado a uma parede tradicional.

Padronização das aberturas

Uma boa maneira de economizar nas plantas de casas simples é padronizar as aberturas internas e externas – portas e janelas.

  • Portas internas: os tamanhos padrão disponíveis no mercado são 0,80x2,10m, 0,70x2,10m e 0,60x2,10m. As portas nesses tamanhos são cerca de 25% mais baratas do que em tamanhos que fujam do padrão. 
  • Janelas para quartos e salas: tanto as janelas de madeira quanto às de alumínio e PVC possuem uma altura padrão de 1,00m ou 1,20m. Já largura varia a cada 0,50m, por exemplo: 1,00m, 1,50m, 2,00m etc. Os tamanhos mais encontrados no mercado são 1,50x1,00m, 2,00x1,00m, 1,20x1,00m, 1,50x1,20m e 2,00x1,20m.
  • Janelas de banheiros: no mercado estão disponíveis janelas padronizadas de 0,50x0,50m, 0,40x0,60m, 0,60x0,60 e 0,80x0,60m.

Além das dicas acima, para definir plantas baixas de casas simples, é muito importante procurar soluções inteligentes para economizar, então confere essa seleção de 10 plantas de casas inteligentes para você se inspirar e mais 4 exemplos de plantas baixas aqui embaixo:

1. Casa térrea com dois quartos

Planta baixa de casa térrea com dois quartos quartos sendo uma suíte.

2. Sobrado em terreno estreito

Planta Baixa - Pavimento Térreo por Arquiteta Elaine Silva
Arquiteta Elaine Silva

Planta Baixa – Pavimento Térreo

Arquiteta Elaine Silva

Planta Baixa - Pavimento Superior por Arquiteta Elaine Silva
Arquiteta Elaine Silva

Planta Baixa – Pavimento Superior

Arquiteta Elaine Silva

Planta baixa de sobrado em terreno estreito, com três dormitórios sendo uma suíte. Graças ao recuo natural, todos os ambientes da casa recebem iluminação e ventilação natural.

3. Casa com suíte no segundo pavimento

Planta baixa do pavimento térreo Casas campestres por Graziela Alessio Arquitetura Campestre Madeira maciça Multi colorido
Graziela Alessio Arquitetura

Planta baixa do pavimento térreo

Graziela Alessio Arquitetura

Planta baixa do pavimento superior Casas campestres por Graziela Alessio Arquitetura Campestre Madeira maciça Multi colorido
Graziela Alessio Arquitetura

Planta baixa do pavimento superior

Graziela Alessio Arquitetura

Nesse projeto, a suíte foi colocada no segundo pavimento, aproveitando a queda do telhada, como se fosse em um sótão.

4. Casa geminadas

Condomínio Residencial Mont Blanc - planta baixa pavimento térreo por Cláudia Legonde Moderno
Cláudia Legonde

Condomínio Residencial Mont Blanc – planta baixa pavimento térreo

Cláudia Legonde

Condomínio Residencial Mont Blanc - planta baixa pavimento superior por Cláudia Legonde Moderno
Cláudia Legonde

Condomínio Residencial Mont Blanc – planta baixa pavimento superior

Cláudia Legonde

Esse tipo de edificação sempre aproveitam bem toda a extensão do terreno e demonstram soluções compactas e interessantes na planta baixa.

De qual dica você mais gostou?
Casas modernas por Casas inHAUS Moderno

Precisa de ajuda para projetar a sua casa?
Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!