Saiba lidar com a saudade vivendo fora

Josi Monteiro – homify Josi Monteiro – homify
Google+
Loading admin actions …

Lidar com a saudade é difícil, mas não impossível! Ao estudar em outra cidade ou estado, mudar-se para uma nova casa ou apenas sair de viagem, você pode sentir saudade do lar. Os sintomas podem variar de uma pessoa para outra, mas em geral, a saudade pode deixar você angustiado, isolado ou solitário. Você também pode sentir falta até das coisas simples, como seu travesseiro antigo ou do cheiro da sua casinha. Essa situação pode afetar pessoas de todas as idades em quase qualquer circunstância, portanto não fique envergonhado se sentir falta de casa, da família e dos amigos.

Existe uma palavra inglesa bem específica para essas ocasiões: homesickness – você vai ouvir frequência. Ela significa ter saudades de casa e, – do nada, surgirá em você uma sensação de desespero e solidão – talvez porque você esteja lotado de tarefas e provas, ou porque chegou um feriado nacional e os seus amigos nativos viajaram com suas respectivas famílias; talvez porque tenha chegado o aniversário da sua mãe e você não vai participar da festinha. Motivos não faltam para sentir saudades!

O sintoma da saudade é bem maior do que apenas sentir falta da casa em si; ela pode causar uma variedade de sentimentos e efeitos colaterais que podem impactar seu funcionamento diário. Aprender a reconhecer esses sintomas pode ajudar você a descobrir por que está se sentindo do jeito que está e a se ajudar. Procure levar e manter uma vida saudável. Morar no exterior é um desafio e logo que você chegar em casa, acredite a saudade será de partir novamente. Confira as dicas para lidar com o sintoma da saudade!

Iluminação no quarto

Mantenha sempre seu quarto com boa iluminação, pois é importante ter um ambiente iluminado. Na primeira noite, você vai deitar a cabeça no travesseiro de sua nova casa, seja ela qual for, e é bem possível que pensamentos diversos surjam em sua mente: Agora eu sou uma pessoa internacional, sozinho, a quilômetros e quilômetros de casa. O que é que eu estou fazendo aqui? Não se espante se o pensamento vier acompanhado de algumas lágrimas – é normal! 

A iluminação no quarto é importantíssimo, pois as pessoas que sentem saudade de casa, às vezes, experimentam depressão porque não têm mais os suportes sociais que tinham antes. Você também pode sentir que tem menos controle sobre a própria vida, o que pode piorar os sintomas. Então, para espantar a tristeza mantenha janelas abertas e encha seu quarto de luz natural. 

Bidê no banheiro

Ter um banheiro privado é tudo de bom, ou seja, sem esperar o outro para tomar banho, entre outras coisas… E um bidê faz toda diferença, acredite! O bidê serve para que você se limpe após utilizar o banheiro. Ele pode ser utilizado junto do papel higiênico ou sozinho. Algumas pessoas consideram o bidê um substituto mais higiênico do papel higiênico, mas muitas utilizam ambos.

Apesar de ser um objeto simples, ele pode causar o sintoma da saudade, mas verdade: qualquer coisa familiar, estável, confortável e positiva pode causar saudade. 

Sofá preferido

Ficar um dia ou outro jogado no sofá da sua nova residência, digo, que não é nada horrível! Aquele sofá estranho pode tornar o seu cantinho preferido. É interessante notar que a saudade de casa pode tirar você da sua rotina normal e mudar completamente a maneira como você responde às coisas. Por exemplo, se você não costuma ser uma pessoa irritada, mas está se percebendo mais nervoso – respire!

Tente manter seu foco positivo, pois é importante olhar para o lado bom das suas novas experiências. Pense nas coisas divertidas que está fazendo ou em como algo novo faz você lembrar de uma coisa maravilhosa de casa.'

Cheiros reconfortantes

Ter coisas de casa pode ajudar a aliviar sua saudade dando a você uma âncora, por exemplo, aquele aroma que lembra cada cantinho da sua casa ou o seu perfume preferido. Além disso, objetos com valor sentimental ou cultural, como fotos de família ou um item ligado à sua identidade cultural podem ajudar você a se sentir conectado com sua casa, mesmo estando longe. Experimente aos poucos colocar sua personalidade no seu novo ambiente e, assim logo você sentira confortável. 

Comidas favoritas

Salas de estar rústicas por ÁBATON Arquitectura
ÁBATON Arquitectura

CASA TRANSPORTABLE ÁPH80

ÁBATON Arquitectura

Coma suas comidas favoritas de casa. Comer alimentos familiares da sua infância ou da sua cultura podem fazer com que você se sinta mais feliz e mais seguro em seu novo ambiente. Tente apresentar seus pratos favoritos a novos amigos para fortalecer a conexão entre fontes familiares de conforto e novas fontes de apoio emocional.

Você provou e provou, mas nada te agrada na culinária do país. Aí você vai aos supermercados e não encontra o seus produtos – aquela bebida que você ama, os ingredientes e temperos com os quais você está acostumado. Invente e recrie os pratos com o que você encontrar no mercado, mas sempre mantenha uma alimentação saudável.

Seleção de roupas, principalmente sapatos

Depois de superar todos estes desafios listados acima, você se sentirá em casa. Terá feito vários amigos, se apaixonado pelo país, aprendido a usar todos os transportes públicos, se tornado um frequentador assíduo do café da esquina, etc. E quando os estudos acabarem, você não vai querer voltar para casa! Deixar tudo isso para trás talvez seja o seu maior desafio de toda esta experiência. Afinal, morar fora também é querer comprar tudo o que vê pela frente. E quem não gosta de sapato, hein?! O difícil será desapegar de tudo depois. 

O projeto foi criado pelo escritório Karla Silva Arquitetura e Interiores, localizada em Florianópolis. 

Gostou do artigo? Comente.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!