Casas pré-fabricadas  por GhiorziTavares Arquitetura

Laje Pré-moldada: conheça as Vantagens e Desvantagens

Eduardo Prado – homify Eduardo Prado – homify
Google+
Loading admin actions …

Existem muitos tipos de soluções que podem facilitar a construção de uma casa. E entre elas, está o uso das lajes pré-moldadas, como conheceremos hoje!

Rapidez, segurança e economia sempre fazem um conjunto imbatível de soluções para a casa. Desde as paredes à cobertura para o telhado, é preciso sempre entender quais são as possibilidades para que o resultado esperado fique o melhor possível. 

Nesse contexto, a escolha de lajes pré-moldadas pode ser uma excelente solução tanto para cobrir a casa, quanto para estruturar o piso. Fáceis de serem adaptadas e com montagem rápida, esses tipos de lajes são fáceis de serem encontradas e podem até mesmo diminuir os custos totais se compararmos com soluções manuais que envolveriam maior esforço com mão de obra. 

Nos projetos apresentados por nossos profissionais para construção de casas, as lajes pré-moldadas vêm ganhando grande destaque quando bem complementadas em projetos residenciais ou comerciais. A partir de ideias inteligentes e funcionais, o uso desses tipos de lajes certamente chamarão a sua atenção e passarão a ser consideradas em sua próxima obra de construção ou reforma. 

Para saber muito mais desse tipo de material, convidamos você a seguir conosco abaixo. Traremos muitas dicas sobre a laje pré-moldada, suas vantagens e em quais projetos ela pode ser perfeita.

O que são lajes pré-moldadas

Nem precisamos falar sobre o quanto os elementos da estrutura são importantes para a obra, afinal, são eles que irão proteger, garantir a segurança e proporcionar durabilidade a edificação. 

As lajes pré-moldadas são alternativas para lajes construídas totalmente do zero. A função delas é cobrir, proporcionar conforto térmico e acústico, além de ser possível a sua utilização para futuros complementos para os ambientes, como criar um sótão, por exemplo. 

De maneira geral, as lajes pré-moldadas têm o peso distribuídos sobre vigas e pilastras, sendo possíveis serem encontradas em concreto e lajotas que podem ser de concreto ou cerâmica. Esses tipos de lajes podem ser encontrados facilmente em muitas lojas de materiais para construção.

2. Por que usar lajes pré-moldadas

Economia, praticidade e rapidez são pontos fundamentais para garantir que a obra não ultrapasse o orçamento estabelecimento no início do cronograma. E nesses pontos, são muitas as vantagens das lajes pré-moldada ou pré-fabricadas. 

Esses tipos de lajes ocupam grandes espaços e vãos a partir de pouca quantidade na altura. Isso permite agilidade na obra e reduz essencialmente a etapas de construção, além de diminuir a necessidade de mão de obra e maior rapidez para o processo como um todo. 

Outra vantagem é quanto a facilidade para utilizar esse tipo de laje com facilidade em diferentes pavimentos, permitindo extensões verticais para a construção. 

A desvantagem é a possível dificuldade para a execução em coberturas com alguma angulação. Outro ponto é o possível desconforto térmico, com exceção das lajes pré-moldadas de isopor. 

3. Quais são os principais tipos de lajes pré-moldadas

Existem diferentes tipos de lajes pré-moldadas. A escolha varia de acordo com o projeto de construção e indicação do arquiteto. Abaixo, falaremos das principais opções:

  • Lajes com treliças e lajotas

São vigas pequenas com concreto armado construídas com concretação na base, servindo como apoio para a treliça e que podem ser revestidas com materiais como travelas que podem ser de concreto ou cerâmica. 

O sistema desse sistema deve receber um capeamento de concreto que unam as peças utilizadas. São lajes pré-moldadas versáteis e que são interessantes em obras que podem ser de pequeno ou grande porte. O que determinará a possibilidade de aplicação desse tipo de laje é a dimensão da armadura ou o espaçamento para as vigotas. 

- Lajes com treliças em EPS

O que difere esse tipo de laje para as lajes com treliças simples é o revestimento, que nesta opção, é feita com placas de isopor (EPS), tendo como vantagem o melhor isolamento térmico e acústico, o que é indispensável para regiões mais urbanas, como grandes cidades. Além disso, as lajes de isopor são mais fáceis de serem montadas e instaladas.

- Lajes Alveolares

Embora o nome seja incomum, esses tipos de lajes são bem simples, pois são feitas com painéis de concreto protendido que ficam vazados, além de alvéolas longitudinais. Esse tipo de composição é importante para reduzir o peso das peças. 

Uma das grandes vantagens desse tipo de laje é sua maior resistência às situações de compressão, além do modelo de aço escolhido que é próprio para protensão. 

São lajes comumente utilizadas para prédios de grandes portes ou outros tipos de grandes edificações, tais como hospitais, shoppings, faculdades, lojas de grande porte e tipos de galpões. 

- Lajes com painéis treliçados

São muito semelhantes às lajes treliçadas, sendo também construídas com vigotas que levam concreto armado, sustentando treliças metálicas, sendo que as lajes de painéis treliçados têm maior base, resultando em espessuras maiores e que suportam maiores cargas. 

Estes tipos de painéis ficam paralelos e formam uma estrutura específica para receber concreto, sendo indicados para suportar mais de mil kgf/m2. Além disso, as lajes com painéis treliçados não demandam reboco, pois contam com painéis com excelente acabamento, o que permite apenas uma demão adicional de verniz que impermeabiliza a laje e evita futuras corrosões. 

- Lajes com vigotas no formato de T

Projeto residencial com 80 metros quadrados: Casas modernas por Construtora Lima Projetos
Construtora Lima Projetos

Projeto residencial com 80 metros quadrados

Construtora Lima Projetos

Estas são as mais conhecidas, já que são formadas por vigas de concreto e tavelas concretadas ou de cerâmicas. Se você não sabe o que é vigota, elas são trilhos secionadas tranversionalmente em T, facilitando os encaixes para as tavelas que, por sua vez, são blocos que servem como revestimento da laje. 

Para a execução das vigotas, utiliza-se as tavelas como encaixe, garantindo que sejam mantidas distâncias entre as vigotas, que dependerão das medidas das tavelas. 

Como conector as peças, é utilizado o concreto como camada superior, procedimento chamado popularmente de capa. A utilização desse tipo de laje pré-moldada é direcionada principalmente para pequenas construções, já que não suportam muito peso. 

Quais são as principais vantagens das lajes pré-moldadas

Quando se fala em lajes pré-moldadas, fica fácil enumerar as suas vantagens, como veremos abaixo:

  • Rapidez no término da obra: Como o processo de montagem dessas lajes é razoavelmente simples, como consequência temos o rápido término da obra, o que é excelente para prazos curtos ou orçamentos apertados.
  • Resistência: Por ser produzida industrialmente, essas lajes contam com um processo de fabricação de alta tecnologia, o que, consequentemente, traz excelente qualidade para a construção das edificações de qualquer porte. Além disso, se comparadas às lajes tradicionais, as lajes pré-moldadas proporcionam melhor acabamento e resistência. 
  • Custo reduzido: Se comparados ao processo demandado em lajes tradicionais, as lajes pré-moldadas garantem ganho econômico, reduzindo os investimentos para o projeto como um todo. 
  • Melhor organização: Por serem entregues pré-moldadas, esses tipos de lajes facilitam a organização no canteiro de obras. Além disso, essa montagem não demanda concreto ou pedra e, com isso, a limpeza e organização do canteiro. 
  • Durabilidade: Como é um produto pré-moldado, esses tipos de lajes precisam de menos cuidados durante seu manuseio, com isso, não há necessidade de utilização de produtos químicos para proteger as peças.
E você, o que acha de usar as lajes pré-moldadas?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Solicite sua consulta grátis

Encontre inspiração para sua casa!