7 dicas para decorar o jardim com uma fonte de água

Eduardo Prado – homify Eduardo Prado – homify
Google+
Loading admin actions …

Não ha dúvidas de que a água é uma fonte vital de energia. Energia esta que alimenta tanto o corpo, quanto a mente. Ouvir o som da água em movimento é terapêutico ao relaxar a mente, fazendo com que, involuntariamente, passemos a meditar sem esforço para que os pensamentos fiquem silenciados. Quem tem a sorte de manter por perto um gostoso jardim, seja tradicional ou de inverno, sabe o quanto uma fonte de água faria diferença para deixar o ambiente ainda mais gostoso e convidativo. E, embora muitas pessoas imaginem o contrário, ter por perto essa fonte de água pode ser mais econômica e fácil do que possamos imaginar.

É certo que, em tempos de crises hídricas e de epidemias geradas por larvas de mosquitos, todo o cuidado com a utilização de sua fonte é necessário. Para isto, existem soluções eficientes, que evitam o alto consumo de água por parte das fontes e também a contaminação dos reservatórios. Para beneficiar um consumo consciente de água na sua fonte, é fundamental que você escolha uma bomba d'água de boa qualidade, que mantenha a água do recipiente sempre em movimento constante, fazendo com que não sejam necessárias reposições. Este cuidado é fundamental também para o reservatório, que deverá ter tamanho suficiente para que a água não escoe por suas bordas. Quanto ao cuidado com a dengue, existem larvicidas muito eficazes que poderão ser adicionados à sua fonte, evitando assim qualquer proliferação de ovos do Aedes aegypti. 

Com alguns cuidados, um bom espaço para a instalação da fonte e poucos materiais, você já poderá fazer uma fonte de água em qualquer tamanho. Após a instalação, bastará apenas a manutenção quanto a limpeza para que o local esteja sempre limpo e convidativo.

Portanto, se você ama o seu jardim e aprecia a calma do gostoso som da água em movimento, venha conosco e tome nota de algumas dicas que ajudarão você, a fazer por si mesmo, uma linda e relaxante fonte para deixar o seu jardim mais bonito e incrementar ainda mais a sua decoração. 

Venha conosco e inspire-se!

Defina o local

Definir o local de sua fonte é o primeiro e mais importante passo para que ela fique perfeita como elemento decorativo em seu lar. Para isto, prefira um local onde o solo seja nivelado e limpo, para que a instalação seja a mais fácil possível. Depois de instalada a fonte, se desejar, você poderá utilizar pedras para repassar a sensação de irregularidades naturais do espaço. Se a instalação for na parte externa da casa, certifique-se de que o local tenha fácil acesso a tomadas de energia, que serão fundamentais para que a fonte mantenha o movimento da água. Em casa de jardins de inverno (dentro de casa), opte por locais que não dificultem o trânsito no lar e ofereçam espaço para a decoração com cadeiras. Lembre-se de que a principal função de sua fonte de água é contribuir para a decoração do seu lar, por isso, defina um ponto de fácil acesso em meio ao jardim. 

Neste lindo projeto da paisagista Junia Lobo, a fonte de água ficou em meio às plantas, onde foi montado com 5 quedas de água, deixando o local perfeitamente harmonizado, natural e acolhedor. 

Escolha o modelo da fonte

Existem inúmeros modelos prontos de fontes de água. Alguns especificamente destinados para áreas externa e outros direcionados para o uso dentro de casa. Em geral, nas áreas externas, as fontes externas têm reservatórios menores que proporcionam facilidade para a queda d'água. Para ambientes internos, a ideia é utilizar recipientes de maior tamanho. 

Caso deseje fazer a sua própria fonte, você poderá optar por um jarro de barro, uma cuia de barro e uma bomba d'água. Para isto, fure um ponto na extremidade inferior do jarro e coloque-o dentro da cuia. Após isto, instale a bomba de água para que a vazão não transborde dos recipientes e termine a decoração do espaço.

Lembre-se de instalar uma fonte de água que fique em perfeita harmonia com o restante da decoração, utilizando cores e tamanhos proporcionais com os elementos do ambiente. 

Defina o recipiente

A escolha do recipiente é fundamental para que sua fonte de água se destaque em meio a sua decoração. Para isto, pesquise com cuidado as opções existentes no mercado e conte sempre com a consultoria de um profissional paisagista. Internamente, em espaços específicos para a decoração de jardins, você poderá encontrar recipientes de tamanhos grandes, que poderão ser perfeitamente somados à decoração já existente. Um ótimo exemplo desta ideia é este lindo projeto desenvolvido pelo escritório MC3 Arquitetura, Paisagismo e Interiores, de Santo André (SP). Com a escolha de longos vasos com iluminação própria, a profissional decorou de forma perfeita o espaço que acolheu um belo jardim de inverno. A escolha por conjuntos em cores brancas ficou perfeita para que as plantas presentes pudessem se destacar ainda mais no ambiente. 

Armazenamento de água

Caso você decida por instalar uma fonte em conjunto com um espaço onde a água ficará armazenada, a primeira medida é definir qual será o uso do espaço. Em casos de utilização para banhos, prefira a instalação de piscinas ou locais que propiciem espaços o suficiente para que as pessoas se refresquem sem correr riscos. Outra boa possibilidade é a instalação de aquários em conjuntos com as fontes. Esta opção poderá ser direcionada tanto para a área interna quanto para o quintal do lar. Neste belo projeto paisagista também da MC3 Arquitetura, Paisagismo e Interiores, de Santo André (SP), a escolha por carpas foi uma ótima ideia para deixar ainda mais belo o jardim de inverno decorado com a presença de uma fonte. 

Vazão da água

Assim como outros elementos decorativos da sua fonte, a vazão d'água será o grande diferencial em dar uma decoração mais calma ou não ao local onde será instalada a fonte. Para isto, a escolha da bomba de água é fundamental. Consulte em casas especializadas e profissionais paisagistas quais são as melhores opções para que a vazão de água se enquadre na sua ideia de decoração. Lembre-se de que, para fontes pequenas, não há necessidade de bombas potentes. Tenha em mente que, quanto maior e mais alta sua fonte de água, mais potência deverá ter a bomba.

Na imagem, um lindo projeto de bica d'água presente no jardim e com decoração em peças de concreto, realizado pela paisagista Luciana Moraes, de São Paulo (SP). 

Formato do jardim

Definir o formato do seu jardim será fundamental para que a sua decoração tenha o estilo desejado. Em espaços abertos, como o quintal, coloque as plantas posicionadas de maneira a ficarem à margem do local com água. Em ambientes internos, uma boa opção é a escolha por jardins verticais acompanhados com bicas de água com boa altura, que poderão ser instaladas facilmente em qualquer local pequeno no lar.

Importante: Lembre-se sempre de tratar a água com larvicida e outros elementos que evitam a proliferação da dengue.

Na imagem, um ótimo projeto desenhado pelo paisagista Eduardo Lobo, de São Paulo (SP). 

Decoração

Para a decoração lembre-se: a presença de plantas é fundamental para que o ambiente fique ainda mais naturalmente valorizado. Opte também por pedras de diferentes tamanhos e cores e elementos decorativos que lembrem a vida natural, como peças de artesanatos em formas de animas.

Na imagem, uma fonte de água perfeitamente decorada com plantas, madeiras e elementos decorativos, criado pela arquiteta Simone Flores, de Ilhéus (BA). 

O que você acha de ter uma fonte d'água em casa?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Solicite sua consulta grátis

Encontre inspiração para sua casa!