Dicas para decorar um espaço para yoga e meditação

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
Google+
Loading admin actions …

Muita gente adoraria ter um espaço em casa para fazer yoga, meditação ou simplesmente relaxamento. Todos sabem dos benefícios que essas atividades trazem à saúde, equilibrando espírito, mente e corpo. O yoga, por exemplo, ajuda a conquistar e manter uma boa saúde; alivia doenças respiratórias e dores nas costas; auxilia na perda de peso e nas desordens do aparelho digestivo; melhora o sistema cardiovascular, o funcionamento das glândulas endócrinas e pode ser utilizada como terapia de apoio para inúmeras enfermidades. Também beneficia o sistema nervoso e o cérebro. Além disso, alivia ou elimina gradativamente problemas físicos originários de causas psíquicas (doenças psicossomáticas) e possibilita sensível melhora da condição estética e definição corporal, sem aumento de volume de massa muscular. Também é excelente para o primoramento do intelecto, concentração e memória,  melhora e reforça a auto-estima, a auto-imagem e a força de vontade, melhora a forma de nos relacionarmos conosco, com os outros e com o mundo, proporciona alívio de estresse, possibilita entrarmos em contato com a real expressão de nosso potencial latente e, por fim, proporciona auto-conhecimento e paz interior. Nada mal , não?

Já a meditação, como o yoga, previne o estresse futuro e libera o estresse acumulado no sistema. Fisicamente, abaixa a pressão sanguínea; abaixa os níveis do lactato sanguíneo, reduzindo a ansiedade; diminui qualquer tensão relacionada com a dor, como dores de cabeça, úlcera, insônia, dores musculares e problemas nas articulações; aumenta a produção de serotonina, melhorando o humor e o comportamento; e melhora o sistema imunológico. Entre os benefícios mentais estão a diminuição da ansiedade; o aumento da estabilidade emocional; o aumento da criatividade; o aumento da alegria; o desenvolvimento da intuição; o ganho de mais clareza e paz na mente; o aguçamento da mente através do ganho de foco e a sua expansão por meio do relaxamento. Também só coisa boa.

Por isso, usar um espaço vazio que se tem em casa para uma sala de yoga e meditação pode ser uma decisão muito saudável. Mas como preparar e decorar essa sala ou quarto especial? É preciso dar atenção a detalhes como ventilação, luz natural, luz artificial, tipo de piso, tipo de colchonete, presença de plantas, escolha de um mobiliário essencial e decoração que traga serenidade. Acompanhe as nossas dicas e monte o seu cantinho da saúde.

Luz natural

As amplas janelas dessa sala de meditação e yoga fornecem farta luz natural, excelente para essas práticas e sempre mais indicada. O projeto de  Cactus Arquitetura e Urbanismo, aliás, é perfeito: sem falar das paredes rústicas de tijolinho e das vigas em madeira aparentes, que deixam o ambiente mais orgânico, os colchonetes são apropriados, a decoração com quadros e esculturas evoca espiritualidade, o aparador serve como uma espécie de altar, tudo para dar o clima necessário para a realização dessas práticas. O ambiente é simples, só apresenta o mínimo, evitando distrações. Arandelas suavizam a luz artificial, o que permite manter a calma e a serenidade no espaço mesmo à noite.

Ventilação

É sempre adequado que a sala de meditação e yoga seja bem arejada, movimentando o ar do espaço continuamente. Nessa sala com telhado vazado e entradas sem portas, pode-se praticar yoga e meditação praticamente ao ar livre. O ambiente rústico, com madeira e pedra, é orgânico, portanto, condizente com essas práticas. Na falta do colchonete, a cama de massagem pode ser uma boa substituta improvisada. A presença de natureza no entorno é propícia para se entrar no clima para as práticas.

Plantas e flores

Um ambiente de meditação e yoga se beneficia da presença de plantas e flores, porque elas trazem vida e energia da natureza, que é uma energia positiva e poderosa. Assim, decore a sua sala de yoga e meditação com plantas verdes, como árvores baixas e arbustos, bem como com flores as mais variadas. Só não exagere na quantidade, pois a energia das plantas e flores é muito intensa e pode perturbar o relaxamento, no caso de excessos. Costume variar o tipo de flores e tente reconhecer aquelas que produzem em você um estado maior de sintonia e equilíbrio, cujos perfumes facilitam a entrada em outros estados de consciência.

Piso

Spas ecléticos por Дизайн студия 'Дизайнер интерьера № 1'
Дизайн студия <q>Дизайнер интерьера № 1</q>

Дизайн интерьера помывочной в русской бане в г. Москва.

Дизайн студия "Дизайнер интерьера № 1"

Como tudo em um espaço voltado de yoga e meditação, o piso deve ser orgânico. Assim, a sala pode ter o piso revestido de madeira, como no ambiente acima. A madeira é aconchegante, simples e bonita, combinando com tudo. É importante também que, seja qual for o piso escolhido, que ele seja antiderrapante, para evitar acidentes desnecessários. Se a escolha recair sobre a madeira, dê preferência aos tons mais claros, para deixar o ambiente leve.

Colchonetes

Quando for montar a sua sala de yoga e meditação, dê muita atenção aos colchonetes para que eles sejam apropriados para essas práticas. Geralmente, os colchonetes com essa finalidade são finos e devem ser acompanhados por pequenos travesseiros. Os colchonetes de tecido são melhores do que aqueles com cobertura plástica que se costuma encontrar em academias. Devem ser mais firmes do que macios. Você pode compor um ambiente com vários colchonetes coloridos, de preferência com cores suaves e tons pastéis.

Almofadas

No espaço em que escolher para praticar yoga e meditação, não tenha almofadas demais. Recostar-se nelas pode ter um efeito indesejado: você pode dormir em vez de meditar. Escolha-as a dedo, procurando compor um ambiente relaxante, mas não demais. Você pode usar cores nas almofadas, mas procure não escolher aquelas com vibração energética mais intensa, como vermelho, laranja e amarelo. Se quiser usar essas cores, procure alternativas como estampas coloridas. Geralmente, as almofadas são na verdade travesseiros: por isso, escolha aquelas mais confortáveis para a sua cabeça quando deitado: não finas demais nem grossas demais.

Mobiliário mínimo

Uma sala de meditação e yoga não deve ter nada além do necessário para a realização dessas práticas. Portanto, evite colocar móveis, poltronas, sofás, cadeiras, mesas, abajures, tapetes. Restrinja-se aos colchonetes, às almofadas ou travesseiros e à decoração. É claro que você pode aproveitar esse espaço para fazer um altar, mas use um aparador simples e nada mais. Quanto mais clean o espaço, menos distração se tem na hora das práticas. 

Luz artificial

Spa Botanique - Campos do Jordão, SP | Brasil | 2012: Spas minimalistas por Coletivo de Arquitetos
Coletivo de Arquitetos

Spa Botanique – Campos do Jordão, SP | Brasil | 2012

Coletivo de Arquitetos

A sala de yoga e meditação deve ter um bom projeto de luminoténica, que permita que a sala fique totalmente iluminada quando se quer ou iluminada de forma indireta e suave quando preciso. Um dimer pode ser uma alternativa para esse espaço.

Decoração

A decoração deve ser discreta, mas traduzir o seu estado de espírito e objetivos. Pessoas mais místicas podem querem ter panôs com deuses indianos, esculturas com budas chineses, símbolos e objetos religiosos ou espirituais. Já pessoas que não estão interessadas nisso podem decorar a sala com velas, espelhos diferentes, pôsteres ou quadros com paisagens ou figuras interessantes. Tudo isso é válido já que ambas as práticas têm raízes espirituais, mas são também praticadas no Ocidente como métodos de conquistar saúde e bem-estar. Para outras dicas sobre relaxamento, leia este artigo.

Como seria seu espaço de yoga e meditação?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Solicite sua consulta grátis

Encontre inspiração para sua casa!