Diga qual estilo prefere e te diremos quem és!

Lara Berol Lara Berol
Loading admin actions …

Elementos da arquitetura e da decoração podem revelar muito mais que gostos pessoais, as escolhas e preferências por determinados estilos podem revelar um pouco mais sobre a personalidade e o modo de vida de cada um. Geralmente, as casas e apartamentos são as identidades de seus donos impressas em móveis e objetos de decoração.

Para saber qual estilo tem mais a ver com os traços de sua personalidade, leia abaixo algumas características principais de cada um deles e veja se combinam! Quem sabe a sua casa não esteja precisando de mudanças para se adequar ainda mais ao seu jeito? Conte para nós a sua experiência!

A. Escandinavo: Prático e extrovertido

Nascido a partir da união de um casal de artistas, o estilo escandinavo utiliza elementos de madeira, misturado às cores claras como predominância e sempre com um ponto de fuga em cor. Com detalhes de decoração que flertam com o minimalismo, os elementos de artesanato se destacam. Lustres pendurados no teto, como no exemplo dessa cozinha, são outra marca do estilo. Janelas amplas, que privilegiam a luminosidade natural devem estar presentes em casas com o estilo escandinavo, assim como os quadros, que não necessariamente precisam estar pendurados nas paredes.

Quem elege esse estilo têm como principal objetivo para todas as coisas da vida a praticidade. Nada de elementos para complicar a casa ou as relações. Simplicidade e funcionalidade, esses são seus lemas. Geralmente são pessoas extrovertidas que gostam de reunir os amigos em casa e estão sempre rodeadas de gente alegre.

B. Country: Leal e sincero

Se você busca a simplicidade das coisas, o ar bucólico dos sítios e fazendas, sua aposta com certeza será no estilo country, conhecido também como rústico. Nesse estilo, imperam objetos de madeira com ar natural, tons pastéis e objetos de decoração que remetam à vida no campo. Se empregado em grandes ambientes, ganha ainda mais evidência os tons em marrom e paredes de uma só cor, com aparência mais rudimentar. Aqueles definem o estilo rústico para suas casas são pessoas que buscam a simplicidade em primeiro lugar. Como principais características são leais e sinceros. Não há volteios para chegar em determinados assuntos, e são suas amigas para toda a vida. Geralmente, algumas dessas pessoas passaram alguma parte da vida do campo ou possui parentes que vieram de lá, por isso já possuem grande parte de objetos da casa, que foram passados de geração em geração. Outras, no entanto se encantam com o estilo e acabam se tornando colecionadoras.

C. Eclético: Tem muita criatividade, mas prefere esconder algumas coisas

Engana-se quem pensa que o estilo eclético não tem nenhum fundamento ou regra, basta decorar a casa com elementos aleatórios. O ecletismo, na verdade, é combinação de elementos que vinham da arquitetura clássica, medieval, renascentista, barroca e neoclássica, e que acabou culminando na criação de uma nova linguagem arquitetônica. Tudo isso também foi transposto para a decoração. Mas, mais que a mera distribuição de objetos de gosto pessoal pelo ambiente e mistura de estilos, ecletismo exige que haja harmonia entre eles. A funcionalidade e a beleza também são dois itens exigidos. As pessoas que optam por seguir esse estilo em suas residências são geralmente pessoas criativas e que adoram imprimir essa característica em tudo o que fazem. Porém, elas também são adeptas de um certo mistério. Sabe aquela sensação que a pessoa ainda guarda um pequeno segredo ou sempre está prestes a falar alguma coisa? Pois então…

D. Industrial: Dinâmico e cheio de vida

O estilo industrial tem como berço a cidade de Nova York, entre os anos 1960 e 1970. Nessa época, os espaços antes ocupados por fábricas começaram a ser comercializados para fins de moradia. Tentando preservar a história do lugar, e sem mexer muito no que o loft disponibilizava, os proprietários decidiram manter características como tijolos aparentes, concreto no piso e algumas vigas à mostra. Nesses amplos espaços, divisórias como estantes e biombos surgiram como solução. Porém, caso outras soluções, como tapetes e cores do piso fossem efetivas, melhor! A ideia de manter o espaço de moradia e de trabalho de modo integrado foi um dos atrativos que chamaram a atenção para esse tipo de loft na época. Ainda hoje, os que buscam locais nesse estilo preservam essa comodidade. Tendo como principais características a dinâmica, quem mora em um local com estilo industrial não costuma perder as oportunidades e quando elas chegam se agarram com unhas e dentes. Primando por uma casa bem decorada, com elementos vintage e coloridos, as pessoas que se encantam pelo industrial costumam escolher obras de arte, desenhos ou grafites bem grandes para combinar com as janelas amplas do local.

E. Minimalista: Sofisticado e autêntico

Onde o menos é mais! O estilo minimalista busca priorizar o uso e forma em detrimento à decoração apenas. Para essas pessoas, o sentido prático dos objetos deve estar em primeiro plano. Enfeites sem muita utilidade ou representatividade não têm lugar. Geralmente, em casas que seguem o estilo minimalista, nunca se vê nada fora do lugar. Isso porque essas pessoas também não suportam bagunça. Além de ditar um estilo para a casa, o minimalismo também se torna um modo de vida, que determina que tudo o que é supérfluo pode ser eliminado. Apesar de dar prioridade ao uso e à forma, os móveis da casa minimalista devem ser de excelente qualidade. A durabilidade dos objetos é prioridade, sua capacidade multifuncional também é bem-vinda. Não se espante se encontrar mais linhas retas e menos curvas nas casas de quem decidiu seguir esse estilo. Esse banheiro minimalista foi desenvolvido por Patrícia Azoni Arquitetura + Arte.

F. Shabby Chic: Sensível e romântico

O estilo Shabby Chic tem como característica utilizar coisas antigas como principal atrativo na decoração. Sabe aquele sofá usado da casa da vovó? Pois então, ele pode ganhar cara nova com estilo Shabby Chic. Além de aproveitar peças antigas, com alto valor emocional, esse estilo dá nova cara aos objetos, com elementos bastante românticos e dando preferência às cores claras, eles podem até ganhar novos usos. As pessoas adpetas do Shabby Chic podem nem saber o nome do estilo, mas são extremamente ligadas ás lembranças da família e estão sempre buscando um meio de coloca-las em evidência na decoração ou no modo de vestir. Por isso, são consideradas sensíveis e românticas, buscando sempre colocar identidade e significado em tudo o que os rodeia. 

Descobriu qual estilo tem mais a ver com você? Conte para nós!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!