Cozinha integrada: de tendência à realidade

Eduardo Prado – homify Eduardo Prado – homify
Google+
Loading admin actions …

Tendências são boas ideias que tem tudo para serem adotadas. Normalmente, muitas pessoas se arriscam a apontar o que deve ser ou não tendência na moda, decoração, roupas e estilo. Quando acertam, as grandes empresas tendem a adaptar suas ideias a estas novas novidades que, quando acertadas, são utilizadas por muitas pessoas no mundo. Quando pensamos em decoração há até alguns anos, a tendência era por apartamentos e casas cada vez menores, com os cômodos sendo adaptados para uma melhor utilização, apostando em funcionalidade e integração. As cozinhas, como parte deste prognóstico colocado em prática, foram ficando cada vez menores, até que a melhor solução foi adapta-las para espaços que se somam a outros ambientes, como a sala de jantar ou a sala de estar.

Com estas mudanças no tamanho e espaço da cozinha, outras adaptações passaram a ser necessárias, como a decoração que possa trazer unidade e complemento neste novo formato de lar. E é sobre estas decorações que trabalham a integração da cozinha, que iremos falar hoje. 

A utilização da cozinha integrada tem excelentes vantagens. A amplitude visual de um espaço que, na verdade, é reduzido, é uma delas. Quando há integração da cozinha com outros ambientes de forma equilibrada, a percepção que temos é a de que há espaços de sobra no ambiente. Esta sensação visual traz uma forma agradável de interagir no ambiente, já que, desta forma, todos estarão sempre no mesmo espaço, sem barreiras que impeçam a comunicação. A unidade na decoração também é uma importante vantagem a ser destacada. Permitir que os espaços conversem entre si, utilizando cores e objetos que não conflitue, a decoração é, certamente, um bom segredo para que se acerte em cheio.

Para este artigo, separamos estas e outras boas vantagens e dicas sobre como você pode deixar a decoração da sua cozinha integrada simplesmente perfeita e com um formato bastante agradável. Para conferir cada ideia acompanhada de projetos incríveis baseados em cozinhas integradas, venha conosco e confira as imagens abaixo. Temos a certeza de que você encontrará excelentes soluções para deixar o seu lar ainda mais amplo, bonito e perfeitamente decorado do seu jeito. 

Venha conosco e inspire-se!

Organização

Organização é, sem dúvidas, o primeiro passo para definir quais serão as prioridades quanto ao uso do espaço integrado presente no seu lar. Se será o uso de uma cozinha ampla voltada às atividades gourmet do lar, se o espaço para a sala de jantar, com o uso de uma longa mesa será a intenção ou, ainda, se haverá mais valorização da sala de estar, com o uso de móveis e painéis. Tudo isto, claro, de uma forma equilibrada e de acordo com o seu espaço disponível. 

Neste projeto com um amplo espaço para a adaptação de três ambientes, a arquiteta Heloísa Titan, de Belém (PA), definiu de maneira muito inteligente a distribuição da cozinha, sala de jantar e sala de estar. Utilizando conjuntos de madeira nas cadeiras e mesas e apostando em uma iluminação em tons claros, a arquiteta trouxe unidade a todo o ambiente, proporcionando uma integração perfeita entre todos os ambientes.

Iluminação

QG do Chef - Casa Cor 2014 : Cozinhas modernas por Sandro Jasnievez Arquitetura
Sandro Jasnievez Arquitetura

QG do Chef – Casa Cor 2014

Sandro Jasnievez Arquitetura

Em ambientes integrados, a distribuição inteligente entre os espaços é fundamental. Para a delimitação, a utilização deve ir além de a utilização de móveis e bancadas. Saber distribuir a iluminação com inteligência no espaço é fundamental para que o ambiente repasse uma boa percepção de equilíbrio em todo o lar. Para isto, opte por lâmpadas dicroicas que sejam espalhadas de forma igual entre os quatro cantos do teto. Luminárias compridas que se alongam entre os diferentes também são excelentes opções para dar a sensação de integração entre os ambientes. É isto o que podemos perceber, por exemplo, neste projeto do arquiteto Sandro Jasnievez, de Porto Alegre (RS), que distribuiu de maneira igual os diferentes tipos de iluminação em todos os ambientes que se somam à cozinha. 

Piso

Como falamos anteriormente, apostar na unidade de elementos é sempre importante para que os ambientes integrados pareçam maiores. Uma das formas de dar unidade a diferentes tipos de ambientes é a utilização de piso igual em todos os cômodos. Esta escolha, além de dar a integração necessária entre os espaços, poderá dar amplitude ao lar. 

Neste projeto da arquiteta de interiores, Juliana Goulart, de Belo Horizonte (MG), a escolha por um piso de cores claras auxiliou na ideia de integração entre os espaços e ainda trabalhou em favor da iluminação no ambiente. Tudo isto combinando a ampla utilização da madeira em tons crus no ambiente. Um resultado brilhante.

Toque pessoal

Mesmo com a importância de ambientes integrados e peças semelhantes que equilibram os espaços, é sempre importante lembrar de que um toque pessoal nunca é demais. Por isso, separe objetos decorativos e elementos que explorem parte de sua personalidade, especialmente na cozinha pequena. Isto poderá ser feito com a utilização de quadros, cores, objetos decorativos e etc. Um bom exemplo disto, é a decoração criativa das luminárias pendentes sobre o balcão que divide os espaços neste ótimo projeto da arquiteta Carolina Lisot, de Porto Alegre (RS), que explorou perfeitamente a criatividade do proprietário, mesmo em um espaço ínfimo. 

Cores

A utilização das cores em um ambiente integrado, deve ser uniforme. Para isto, o branco é sempre uma ótima escolha, já que é uma cor fácil de ser trabalha e combinada com os diferentes tipos de decoração, além de proporcionar melhor iluminação nos ambientes. No entanto, nem só do branco vivem as cozinhas integradas. Optar por um objeto decorativo com cor contrastante ao ambiente é uma ótima opção e poderá dar mais personalidade ao ambiente. Neste projeto da Carina Dal Fabbro Arquitetura e Interiores, de São Paulo (SP), a utilização de um fundo em cor branca ficou excelente para que o ambiente possa receber uma iluminação ainda melhor e ficou ainda mais valorizado com a decoração com peças em madeira nos diferentes ambientes.

Pronta para tudo

A cozinha integrada é, sem dúvidas, um ambiente que está sempre preparado para tudo, seja a reunião com amigos ou as refeições rápidas no dia a dia. Por isso, deixá-la perfeitamente combinada com os demais ambientes, será uma ótima forma de proporcionar acolhimento e aconchego, como neste lindo projeto da arquiteta Pauline Kubiak, de Curitiba (PR).

De qual destas cozinhas você mais gostou?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!