Como tornar sua sala um ambiente multifuncional

Lara Berol Lara Berol
Loading admin actions …

Com as casas e apartamentos de hoje, o mais comum é encontrarmos espaços bem apertados para tentarmos decorar da melhor maneira possível e ainda fazer com que tudo o que a gente pretende caiba ali. A missão não é fácil, mas esse desafio tem sido tornado muito comum para arquitetos e decoradores.

Na falta de espaço, a criatividade tem que imperar. Mostrando a que veio, a maioria dos profissionais da decoração tem encontrado saídas inusitadas e brilhantes para o problema. Sem medir esforços, eles conseguem transformar qualquer cubículo em um cômodo confortável e muito funcional. A ideia de salas multifuncionais surgiu seguindo essa tendência. Para conseguir compor esse ambiente de maneira correta, sem deixar de lado os desejos do cliente e muito menos as exigências de conforto ambiental, os profissionais encontraram saídas bem interessantes que podem ser copiadas por você.

Mobiliário conversível

Não pense que só o sofá cama é um móvel conversível. Há diversas opções no mercado que hoje podem se adequar a essa função fundamental para aqueles que sofrem com a falta de espaço. Há mesas que podem ser dobradas e guardadas em um cantinho quase imperceptível, há cadeiras que podem ser montadas a partir de quadros decorativos.

Existem também, e inclusive já estão bem populares no Brasil, os banquinhos que se adequam à parte debaixo da mesa. Eles podem passar despercebidos, ou serem colocados em uso caso as visitas cheguem. Além de manter o ambiente em ordem, esse tipo de mobília facilita a vida de quem precisa tirar um coelho da cartola toda vez que alguma visita chega.

Mas, além de móveis em si, é possível dar novos usos aos objetos da casa, colocando-os em posições que facilitam o acesso a eles em um ou mais cômodos. Como é o caso desse projeto do escritório paulistano DudaSenna Arquitetura e Decoração, que coloca a televisão um apoio que permite girá-la tanto para a sala, como para a cozinha. Já pensou preparar aquele prato enquanto não perde nenhum lance do jogo de futebol?

Use todos os cantos

Não desperdice espaço! Essa é a regra de ouro para aqueles que possuem uma sala pequena e querem transformar o local em um ambiente multifuncional. Procure um especialista para desenhar um projeto sob medida. Cada casa ou apartamento tem peculiaridades e por isso, o projeto varia conforme o tamanho do espaço e as necessidades do cliente.

Há quem prefira uma adega, um frigobar ou um armário. Prateleiras também são bem-vindas nesses casos. Caso seu armário já seja de canto e a viga do armário está fazendo você perder espaço, tente conversar com o marceneiro para eliminar essa parte e assim você ganhar uma prateleira mais extensa e ampla. Cada centímetro faz total diferença nesses casos. Não pense que os cantos são espaços mortos, sempre há uma solução que pode se adequar em seu projeto.

Instale diferentes dispositivos para se sentir confortável

Apartamento 180m² em Boa Viagem: Sala de estar  por André Caricio Arquitetura
André Caricio Arquitetura

Apartamento 180m² em Boa Viagem

André Caricio Arquitetura

Há dois cenários possíveis. Ou a sala tende a ser pequena demais, ou espaçosa demais. Porém, nesses dois casos o uso de determinados dispositivos pode ajudar a solucionar a questão. Televisões em painéis amplos podem dar sensação que o espaço é menor, aparelhos de som que possuem caixas em diversas saídas podem melhorar a acústica do ambiente. A dica é utilizar sempre a tecnologia como aliada nessa hora.

O ar condicionado também pode se tornar herói ou vilão. Saiba usar esse aparelho com parcimônia, principalmente se sua sala for pequena. Se tiver dúvidas sobre instalação, qual o melhor tipo para o seu ambiente, confira as dicas sobre o assunto nesse artigo.

Use prateleiras para dividir e decorar

Se a sua questão é separar os ambientes, mas, ainda assim uma porta de correr ou um biombo não cabem em seu projeto, tente pensar sobre a possibilidade de usar uma estante com prateleiras. Além de práticas para organizar e armazenar livros, objetos de decoração e outros itens, elas podem compor o projeto. Trazendo linhas e formas para a sala multifuncional.

Enquanto um dos lados da estante serve para atender a sala de estar, por exemplo, do outro lado pode ficar a sala de jantar ou a entrada do ambiente. Sem muitos segredos e com designs arrojados, elas fazem a diferença na decoração.

Use iluminações diferentes

Itaquera | Decorados: Salas de estar modernas por SESSO & DALANEZI
SESSO & DALANEZI

Itaquera | Decorados

SESSO & DALANEZI

Então já ficou decidido, em uma parte da sala será a sala de estar e a outra vai ser ocupada pela sala de jantar. Geralmente, essa escolha tende a ser a mais comum e a mais sensata, porém, a maioria das pessoas esquece de um pequeno detalhe que pode fazer total diferença: a iluminação.

Estudos comprovam que o projeto luminotécnico pode interferir no clima e no uso do ambiente. Por exemplo, se sua intenção é montar uma sala de jantar no mesmo ambiente que a sala de estar, saiba que onde serão servidas as refeições a luz deve ser clara e incidente. O apetite costuma mudar se você faz as refeições em locais escuros e em ambientes de penumbra. É natural que as pessoas sempre queiram ver muito bem o que estão comendo. Pode apostar, até o sabor ficar mais apurado se a luminosidade está correta.

Para receber os amigos, as luzes podem ser mais amenas. Artifícios que podem ajudar no controle da iluminação são as luzes com reguladores de intensidade. É possível até instalar lâmpadas de diferentes cores no ambiente. Tudo isso trabalhando de modo conjunto, pode fazer com que a sala se torne até mais espaçosa e confortável.

Brinque com dois estilos de decoração

Já pensou em alternar estilos no mesmo cômodo? Pois isso é possível nesses casos! Não que seja uma regra, mas quando o projeto te dá essa possibilidade, de explorar em um mesmo ambiente estilos distintos, a criatividade e a ousadia de quem é o responsável pela obra agradecem.

Mas, se é possível fazer isso, como seriam as divisões nesse caso? Essa dúvida pode surgir, mas é possível solucionar esse impasse sem alterar muito o projeto ou deturpar o sonho de abrigar dois estilos distintos em um mesmo ambiente. Cores diferentes nas paredes ou no piso, ou até mesmo um tapete podem delimitar as áreas diversas. Caso não seja possível pintar o piso de uma cor diferente ou colocar um tapete, ainda existe o recurso de utilizar pisos distintos nos lugares. Se optar por colocar um piso único, basta intercalar o modo de colocação, formando desenhos diferentes nos ambientes.

Você tem uma sala multifuncional? Conte para nós como você a organizou! 
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!