Como plantar uma árvore dentro de casa

Eduardo Prado – homify Eduardo Prado – homify
Google+
Loading admin actions …

Não há estresse que resista ao ar puro. Estar em um lugar com a presença de plantas acalma o espírito. Quando este lugar é nosso lar, o refúgio parece perfeito. Ter a companhia de plantas é, antes de tudo, terapêutico. Vê-las crescerem e se desenvolverem a cada dia, é uma tarefa prazerosa que movimenta nosso esforço com o carinho e a dedicação que este tipo de cultivo demanda. E sempre vale muito a pena. Quando somamos a presença de pequenas árvores na decoração do lar, tudo fica ainda mais vivo. E, embora esta pareça uma tarefa um tanto difícil, o cultivo de pequenas árvores, frutíferas ou não, é muito mais simples do que imaginamos.

Ter a companhia das árvores é calma para a mente. Doces, calmas, pequenas e muito companheiras, cultiva-las no lar parece ser parte dos planos comuns de vida quando lembramos do ditado que diz todo ser humano deve plantar uma árvore, escrever um livro e ter um filho. Se este ditado faz ou não sentido para você, certamente, depois de ver o crescimento de uma árvore no seu lar, você se sentirá recompensado por sua escolha. 

Quando pensamos na presença de árvores em meio a grandes cidades, tudo parece distante da realidade. No entanto, basta um local com boa iluminação natural para tornar isto possível. 

Muitas espécies têm ótima adaptação ao cultivo em pequenos espaços, seja a varanda de um apartamento ou um pequeno jardim. Para isto, a preparação correta de um vaso com todos os passos é necessária para o melhor desenvolvimento da planta. E hoje, esta será o tema de nosso artigo. 

Para começar, a sua planta poderá ser escolhida por meio do plantio de sementes, que podem demorar cerca de um ano e meio para um melhor desenvolvimento, ou, ainda, com o uso de plantas enxertadas, que crescem com maior rapidez. Entre estas espécies, algumas frutíferas, como pitangueira, jabuticabeira, limoeiro, romãzeira, laranjinha kinkan e amoeira, podem ser facilmente adaptadas ao cultivo dentro de casa.

Para começar a plantar sua árvore, você precisará de:

- 1 vaso no tamanho proporcional da muda escolhida; 1 muda da planta escolhida; argila; terra em quantidade proporcional ao vaso; substrato; manta de bidim; tesoura e pedriscos.

Com os materiais em mãos e a sua espécie preferida escolhida, é hora de seguirmos juntos para algumas ótimas dicas que ajudarão você a plantar lindas árvores em sua casa e, quem sabe, colher ótimos frutos para comemorar a sua escolha. 

Venha conosco e aproveite! 

Tamanho do vaso

O tamanho do vaso deve ser proporcional ao tamanho da muda escolhida. Neste caso, não há preferência pelo material do vaso. Preocupe-se com o espaço suficiente para o desenvolvimento da raiz, bem como o do caule. Caso a sua escolha seja por uma peça de cerâmica, utilize um bom impermeabilizante para que a porosidade do material não acumule grande quantidade de água – isto poderá apodrecer a raiz de sua árvore. Posicione o vaso em um local onde os raios do sol estejam presentes, no mínimo, 3 horas por dia. É muito importante que você defina um local para evitar mudanças constantes da planta no ambiente. A posição do vaso pode ser em um canto da varanda, em lugar visível ou, ainda, em locais com pisos rebaixados, em meio a um jardim de inverno, como podemos notar neste belo projeto com uma pequena árvore à beira da escada. 

Preparo do vaso

Uma boa decoração com pequenas mudas deixa qualquer ambiente mais especial, como neste ótimo projeto da arquiteta Patrícia Aguiar, de São Paulo (SP). Nele podemos perceber o quanto é muito importante que você escolha um vaso de tamanho adequado e o prepare da melhor forma possível para acomodar a muda da árvore, já que, se for parte da decoração, possivelmente ela não será replantada em outro lugar. Logo, escolher um bom vaso onde a planta irá passar sua vida é fundamental. 

Comece o preparo adicionando uma manta de bidim ao fundo do vaso, para que a terra não escape no fundo. Adicione sobre a manta, uma camada de argila para facilitar a drenagem da água. Coloque uma nova manta de bidim sobre a argila e, por fim, uma quantidade de terra que seja proporcional ao tamanho da muda a ser plantada. Meça a altura com o vaso de onde sua pequena muda será transplantada.

Centralize a planta

Após colocar a terra e medir a altura da muda no vaso, retire o torrão do plástico onde veio a planta, com cuidado, para não danificar a raiz e faça o replantio da pequena no centro do vaso. Complete os espaços com terra, deixando a superfície uniforme. Neste ponto, confira se a planta está perfeitamente centralizada, para que a sua raiz se desenvolva da melhor forma o possível. Em seguida, seguiremos com o passo da adubação. 

Adubação

Jardins de inverno clássicos por EVGENY BELYAEV DESIGN
EVGENY BELYAEV DESIGN

House on St.George Hill

EVGENY BELYAEV DESIGN

A adubação correta é fundamental para que sua árvore cresça forte e com os nutrientes necessários para estar sempre bonita no seu lar. Por isso, após completar o vaso com terra e acomodar a sua mudinha, misture um pouco de substrato e húmus de minhoca. Esta adubação deverá ser feita de 3 a 4 vezes no ano, para que a planta esteja sempre com os nutrientes necessários. A terra orgânica e o húmus de minhoca são facilmente encontrados em qualquer supermercado ou casas especializadas. 

Neste projeto, a ornamentação do espaço com duas plantas em cada canto da varanda em formato de tenda, deixou o ambiente equilibrado e com um cenário que parece ter saído do Olimpo. Lindo!

Incrementando

Já com a muda devidamente plantada no centro do vaso, adubada e deixada no local onde receberá toda a iluminação natural necessária, é hora de incrementar o espaço onde a pequena dará o ar de sua graça por muitas estações ao longo dos anos. Para isto, utilize pedrinhas brancas sobre a terra do vaso, com o cuidado de deixar apenas a parte superficial enfeitada. Se preferir, coloque pedras brancas de maior tamanho ao redor do vaso para marcar o ambiente. 

Rega

Por fim, o principal cuidado depois de preparado o seu vaso é a maneira certa de regar sua pequena árvore. A primeira rega é a mais importante. Molhe até que a água esteja ao nível do vaso, para que a água retire todo o ar presente na terra. Após isso, regue a planta 3 vezes por semana ou quando perceber que a terra está muito seca. Para isto, faça o teste tocando a terra com a ponta dos dedos. 

Agora é só cuidar bem de sua pequena muda para que em breve ela vire uma linda árvore, deixando a decoração do seu lar ainda mais bonita! 

Gostou das dicas? Qual a sua árvore preferida?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!