Dicas: como fazer uma reforma sustentável no lar

Eduardo Prado – homify Eduardo Prado – homify
Google+
Loading admin actions …

Valorizar a natureza é ter em troca alternativas excelentes para o lar. Há algumas décadas, inúmeras pesquisas nos alertam quanto a necessidade de consumir os recursos humanos com maior consciência. Aberturas na camada de ozônio, derretimentos de calotas polares em níveis recordes e aquecimento global decorrente de desmatamentos, são assuntos importantes a todos nós. Embora estes exemplos sejam vistos a partir de uma esfera macro, ou seja, resultante de modificações em todo o mundo, o nosso comportamento diário é a causa destes problemas ocorrerem com o mundo. 

Embora o consumo desenfreado tenha virado moda no início e meio do século XX, isto trouxe consequências que são cada vez mais desastrosas. Ter em mente que hábitos sustentáveis melhoram não só as nossas vidas, mas também a de animais, da natureza e de todos os recursos naturais que nos cercam, é ajudar o mundo a ser um espaço melhor, mesmo em pequenas coisas do cotidiano.

Embora seja vista em segundo plano, a relação do consumo consciente com a decoração do lar tem ligações diretas. É muito importante que nos momentos de reformas e construções nos habituemos a perceber a origem dos produtos, assim como os selos de controle de qualidade. O uso de materiais com indicação sustentável não só melhora a qualidade do seu imóvel, como também proporciona uma vida mais saudável dentro do lar e valoriza comercialmente sua casa. Por isso, fazer pequenas trocas de materiais que estejam alinhadas às necessidades do meio ambiente é fundamental. 

Por isso, hoje trouxemos algumas dicas iniciais muito importantes que poderão fazer do seu lar um lugar mais sustentável. Além dos benefícios com relação ao respeito ao meio ambiente, estas dicas poderão ser uma boa solução para economizar em suas contas domésticas. Anote o que for possível e, assim que possível, efetue a troca gradual dos seus equipamentos antigos por novas soluções sustentáveis.Certamente você sentirá toda a diferença que estas boas trocas farão para você, seu lar e, por consequência, ao meio ambiente.

Venha conosco e inspire-se!

Gesso

A utilização do gesso é uma excelente alternativa por diversos motivos. Além de proporcionar um acabamento mais bonito, a decoração do gesso em conjunto com luminárias LED proporciona um efeito visual incrível ao cômodo onde está instalado. Sua fácil instalação e ação antichamas, são outras qualidades destas práticas peças que são perfeitas para incrementar qualquer ambiente. No entanto, mesmo com todas as vantagens do uso de gessos na decoração do ambiente, ao final da obra ficam muitos resíduos do gesso, que, quando descartados diretamente no meio ambiente, trazem más consequências à vida natural. Uma forma de evitar este descarte em meio à natureza é solicitar a retirada destes resíduos por empresas que reciclam este tipo de material. Estas empresas podem ser encontradas por meio de pesquisas na internet ou, ainda, contatando a empresa que forneceu o gesso para a venda.

Lâmpadas

A troca dos modelos de lâmpadas vem sendo feita massivamente pela sociedade em geral. Desde que desenvolvidos os modelos fluorescentes, as pessoas deixaram de utilizar as lâmpadas incandescentes, que inclusive estão banidas para a venda no Brasil. Os modelos fluorescentes oferecem maior vida útil e economia comparadas ao modelo incandescentes. No entanto, outra opção muito interessante é o uso de lâmpadas LED, que são ainda mais econômicas, evitam qualquer mudança de temperatura ambiente e têm a vantagem de ser colocadas por meio de mangueiras em locais embutidos, como os gessos. Para fazer uma melhor compra voltada à preocupação ambiental, é preciso estar sempre atento às especificações de eficiência energética, assim como o recolhimento das lâmpadas pelo fabricante. Isto certamente será parte do processo de escolha de materiais de qualidade para o seu lar e que, de quebra, contribuam com o meio ambiente. 

Materiais cerâmicos

Banheiros industriais por Equipe Ceramicas
Equipe Ceramicas

​Evolution Inmetro Dark Grey / Evolution Gris Oscuro 7,5x15

Equipe Ceramicas

A escolha dos materiais cerâmicos é feita principalmente com base na escolha do tamanho e cores das peças. É comum que estas escolhas sejam feitas de forma cuidadosa, já que o revestimento em questão ficará por longos anos até que chegue a hora de ser trocado. Existem no mercado peças feitas de polipropileno que podem ser 100% recicláveis quando o interesse em troca-las surgir. Mesmo com a composição feita de forma diferente ao material cerâmico, estas peças se assemelham muito no aspecto visual. Vale a pena fazer o teste e conferir a novidade corretamente ecológica na decoração do seu lar!

Plásticos

As peças de diferentes tipos de plástico são muito comuns na decoração. O material que é muito comum na fabricação de peças como, nichos, cadeiras, mesas e tantas outras peças, é um dos que mais agridem o meio ambiente pelo longo tempo que demorar até serem decompostos. O material plástico demora, no mínimo, 100 anos para ter uma decomposição completa em ambiente natural. Por isso, é essencial que sejam observadas as etiquetas que indiquem material plástico de origem reciclada e que, ao final de seu uso, poderão ser reciclados novamente. Embora a maioria do material plástico tenha origem em fontes não renováveis como o petróleo e gás, já existem muitas alternativas sustentáveis feitas a partir do uso de cana de açúcar, que além de serem melhores ao meio ambiente, são menos nocivos à sua saúde. 

Vidros

Salas de estar minimalistas por 21arquitectos
21arquitectos

Sala de Estar

21arquitectos

O vidro, sem dúvidas, quando usado de forma criativa na arquitetura, produz efeitos incríveis, modernos e que transformam o ambiente. No entanto, assim como outros materiais, o vidro quando descartado de forma incorreta no ambiente traz consequências danosas, como grandes queimadas. Uma alternativa inteligente e ótima para a economia do seu lar é a opção por vidros com películas que filtram a entrada dos raios solares no ambiente interno, deixando o ambiente mais fresco e, assim, reduzindo o consumo de aparelhos elétricos como o ar condicionado e ventiladores. 

Janelas

Salas de estar modernas por Architekturbüro Lehnen
Architekturbüro Lehnen

​Dachgeschoss mit Glasgaube

Architekturbüro Lehnen

Como dissemos anteriormente, o uso do vidro na decoração oferece um visual mais bonito e elegante para o lar. Para utiliza-lo em maior quantidade na reforma de sua casa, uma das opções é trocar suas janelas atuais por grandes janelas envidraçadas. Instaladas em tamanho amplo e ótimas para permitir a iluminação natural do ambiente, este tipo de janela pode transformar completamente a sua convivência no imóvel.

Chuveiros e torneiras

Com um consumo que pode representar até 60% do total, o chuveiro é sem dúvidas o principal inimigo do consumo sustentável de água quando o mau uso é rotineiro. O problema do desperdício pode acometer também torneiras com problemas de vazamentos, que podem desperdiçar, no mínimo, 46 litros de água por dia. Uma ótima solução, além das etiquetas de eficiência energética das embalagens, é optar por redutores de água nos chuveiros ou, ainda, chuveiros que misturem vapor à água, diminuindo o consumo. Para as torneiras, uma ótima solução em consumo sustentável, são modelos automáticos, que interrompem a água poucos segundos após de pressionada a tampa. 

Um banheiro bem decorado e sustentável, como é este projeto do arquiteto de interiores, Rafael Sardinha, de São Paulo (SP), fará muita diferença não só para os seus banhos relaxantes, mas também para a saúde do mundo.  

Gostou das dicas? Quais são seus hábitos sustentáveis no seu lar?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!