Antes e depois: sobrado em ruínas se transforma em casa linda!

SOLICITAR ORÇAMENTO

Número incorreto. Por favor, corrija o código do país (+55 para o Brasil), código da cidade ou número de telefone.
Ao clicar em 'Enviar', confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação será processada para responder ao meu pedido.
Nota: Poderá anular seu consentimento enviando email privacy@homify.com com efeito futuro

Antes e depois: sobrado em ruínas se transforma em casa linda!

Luciana P Luciana P
Salas de estar  por Estudio de Arquitectura Sra.Farnsworth
Loading admin actions …

Apresentamos hoje aqui no homify um projeto incrível, intitulado de Polly Pocket: uma reforma que parecia impossível em uma obra que apresentava alto nível de dificuldade. Tudo desenvolvido pelo talentosíssimo escritório espanhol de arquitetura Sra. Farnsworth.

Contaremos neste livro de ideias a história por trás desta reforma que realizou uma empreitada emocionante, onde os arquitetos tiveram de enfrentar desafios desde o primeiro traço. O edifício em questão possui três andares, cada um de 27 metros quadrados, cujo estado gritava por uma revitalização total. E além dessa urgência, a intenção do proprietário era também de converter cada andar em uma unidade singular que pudesse ser alugada. 

Vamos descobrir como estava seu estado anterior?

Antes: Fachada destruída!

Estreito, entre dois edifícios e com apenas uma fachada exterior são os pontos mais evidentes que podem descrever o prédio nesta imagem. Um outro, mais importante, tem a ver com o estado do edifício: antes da reforma, encontrava-se quase em estado de ruína, onde suas condições não somente o tornavam inabitável, como também ameaçavam sua própria estabilidade.

Condições anteriores

Além disso, a situação do edifício, envolvido por outros prédios, gerava uma iluminação complicada e ventilação ineficiente dos ambientes internos, forçando-os a sofrer terríveis condições qualidade. 

Estas três primeiras imagens mostraram o edifício antes da reforma. Então, vamos descobrir como ficou o resultado…

Interiores antes da reforma

Os espaços interiores não estavam em sua melhor forma. Refletindo o exterior, o hall do edifício tinha perdido sua utilidade. Os materiais necessitavam ser substituídos por novos e os espaços precisavam ser repensados e reprojetados para melhor otimizar o pequeno tamanho de cada planta e tirar mais proveito da única fachada com janelas.

Depois: Uma reforma com perfeição!

Iniciamos com o piso térreo. Antes de entrar em detalhes, vamos esclarecer a respeito da nova distribuição dada aos andares do edifício. A primeira casa trata-se de um duplex abrangendo o primeiro andar e também segundo. A segunda casa construída corresponde à tipologia de estúdio e se localiza no último andar da construção. A junção entre os dois é feita por escadas em comum: uma fase conturbada do projeto, que foi resolvida com êxito e um excelente acesso. 

Aqui acessamos a área social do duplex destinada à sala de estar e cozinha. A janela quadrada, que podemos ver na imagem, é seu único contato com o exterior. No entanto, podemos ver como o interior é bem mais iluminado do que antes. A parede de pedra abraça este ambiente dando-lhe um toque de cenário rústico.

No primeiro andar

Subimos a escada de metal que vimos na imagem anterior. Seu design leve não só lhe permite passar despercebida e ocupar o menor volume possível, mas através dele, a luz também passa sem barreiras. 

No andar de cima está o banheiro, um closet e quarto de casal. Para fazer melhor uso da luz que penetra as escadas, foi utilizado como recurso um recorte na lage onde o vidro o transforma em uma claraboia para nutrir de luz o piso térreo.

O estúdio

Agora vamos para o último andar do edifício: o estúdio. Aqui o programa também foi organizado em andares,  graças à construção de um mezanino que se utiliza da elevação do telhados de duas águas. O esquema é semelhante ao primeiro apartamento: andar inferior com área social com cozinha e banheiro; e na área superior, o quarto, que com vista privilegiada em pé direito duplo. 

A cor escolhida por todo o edifício foi o branco, onde apontou-se com mais destaque também a pintura da estrutura do telhado. E precisamente no ponto mais alto deste estúdio abriram-se dois pontos de iluminação zenital no telhado, que permitem que o céu vaze para paisagem interior. Sensacional!

Iluminação

Terminamos a nossa visita a este edifício na Península Ibérica, onde o resumo da essência o projeto pode ser muito bem resumido: a luz. Apesar das dificuldades, eles têm mostraram uma grande ênfase em explorar todas as possibilidades para desfrutar ao máximo da luz em todos os cantos possíveis.

Se você gostou deste artigo e deseja conhecer mais projetos de antes e depois, convidamos a visitar:  

Antes & Depois: Reforma de um apê vintage

Gostou desta reforma super iluminada? Então conte pra gente o que achou!
Casas  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa?
Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!