Como escolher o chuveiro certo para a sua casa

Eduardo Prado – homify Eduardo Prado – homify
Google+
Loading admin actions …

Relaxar ou energizar. Aquecer ou refrescar. Seja qual for a função principal do seu chuveiro, é impossível viver sem ele. Assim como muitos elementos no nosso lar, o chuveiro é um item básico e imprescindível – mesmo para as pessoas que preferem a banheira. A presença do chuveiro há muito tempo deixou de ter uma importância apenas para o uso básico. Atualmente, o modelo do chuveiro pode contribuir para a estética na decoração do banheiro, deve somar qualidade e economia de água e energia elétrica e ter uma boa durabilidade. Portanto, escolher o modelo de chuveiro deve ser algo cuidadoso e planejado para que as suas necessidades quanto a conforto, economia e decoração sejam plenamente atendidas. 

Atualmente o mercado oferece uma infinidade de modelos de chuveiro. Podemos encontrar duchas com espalhador grande ou pequeno, chuveiros elétricos com multitemperaturas e até mesmo modelos que ofereçam a sensação de hidromassagem por conta da pressão exercida pelo jato de água. Podemos citar ainda, modelos que vêm com iluminação em LED para indicar a temperatura da água. Cada qual com suas utilidades, funções específicas e preços para as diferentes realidades.

Em tempos de crise, é sempre interessante ficar atento quanto ao consumo de energia do chuveiro – um dos itens que mais consome energia no lar. Procurar por modelos certificados pelo Inmetro, com que variam da classificação A' até a G, é essencial para ter uma noção melhor sobre o modelo que você está adquirindo. Chuveiros com classificação A são mais econômicos, mas, sua contrapartida é um aquecimento mais brando na temperatura. Este modelo é uma ótima escolha para pessoas que moram em regiões muito quentes e não carecem tanto do calor do chuveiro. Já modelos com classificação D ou mais oferecem um maior aquecimento e são excelentes para regiões mais frias.

Esteticamente, os chuveiros devem fazer combinações com as demais peças que complementam a área de banho. Chuveiros cromados fazem bons conjuntos com saboneteiras e outros suportes com aparência cromada ou metalizada. Chuveiros brancos, em plástico, devem fazer conjuntos com peças que sejam do mesmo material. 

Para falarmos ainda mais sobre os chuveiros e algumas curiosidades que poderão ser ótimas referências no momento de sua escolha, trouxemos alguns excelentes projetos para dar bons exemplos de como a escolha certa do chuveiro ou ducha é fundamental para a sua rotina.

Venha conosco conhecer alguns projetos incríveis desenhas por profissionais homify e veja como o chuveiro é muito mais importante do que imaginamos.

Aproveite e inspire-se!

Chuveiro x Ducha

PROJ. DESIGNER JOSIANE CASTRO: Banheiros modernos por BRAESCHER FOTOGRAFIA
BRAESCHER FOTOGRAFIA

PROJ. DESIGNER JOSIANE CASTRO

BRAESCHER FOTOGRAFIA

Quando for comprar a ducha ou chuveiro para a sua casa, poderá ocorrer de você ficar em dúvidas sobre qual dos dois escolher. Afinal, são semelhantes e vendidos de forma parecida nas lojas especializadas. No entanto, é preciso estar atento quanto a informações quanto a pressão e aquecimento no seu lar. Casas com instalações elétricas são mais comuns e direcionam a escolha para os tradicionais chuveiros elétricos e suas variações na chave de temperatura. Já para as casas com aquecimento a gás, solar ou de outras fontes, o ideal é a escolha por duchas, que permitem uma maior pressão de água e proporcionam mais economia ao uso rotineiro. Seja qual for a sua escolha, opte por um modelo que tenha em conjunto uma boa vazão de água e economia elétrica para que sua escolha possa ser um investimento que irá durar alguns bons anos.

Na imagem, um projeto lindo da Designer de Interiores Josiane Castro e fotografado pelo escritório Braescher Fotografia, de Porto Alegre (RS).

Modelo Elétrico

O modelo elétrico de chuveiro é o mais comum no Brasil. Estes chuveiros com uma variação entre 3 ou 4 temperaturas diferentes e podem ser utilizados para casas e apartamentos onde a pressão de água seja de alto desempenho. Existem modelos com espalhadores de água grandes ou pequenos que se adequam perfeitamente conforme as suas necessidades. Uma boa dica no momento da compra, é verificar informações como: eficiência energética, potência e voltagem (110V ou 220V). Quanto ao custo benefício fica outra dica importante: chuveiros elétricos de até 5.400 watts são mais baratos, mas têm a contrapartida de queimarem com maior frequência. Por isso, uma boa dica para economizar é: prefira pagar um pouco mais em modelos que tenham mais de 5.400 watts para que você precise se preocupar menos vezes com a troca da resistência ou mesmo com a troca do chuveiro.

Consumo de água

Em tempos de consciência ambiental, o consumo de água de seu chuveiro é algo que não pode passar despercebido. Um banho de 15 minutos com ducha em casa, pode gastar até 135 litros de água, enquanto que, se este mesmo banho for em um apartamento, poderá gastar até 243 litros. Já com chuveiro, o consumo de água em 15 minutos é de 45 litros em média. Isto ocorre porque as duchas demandam mais tempo para aquecer a água e isto fará com que você deixe o chuveiro aberto por algum tempo antes de iniciar o banho.

Se você mora em um apartamento nos andares mais baixos do seu prédio, a pressão de água poderá ser maior do que o normal. Para solucionar este problema, o regulador de pressão é uma boa solução. Utilize-o para conter o consumo de água no seu lar. 

Seja qual for a sua escolha, lembre-se: o consumo de água apenas do banho pode representar até 54% do gasto mensal. Evite desperdícios. 

Multitemperatura x Eletrônico

A tecnologia sempre oferece possibilidades de melhorar nossas escolhas. A diferença entre chuveiros com multitemperaturas e eletrônicos, é que, na segunda opção é possível determinar precisamente qual a temperatura ideal da água no banho. Os chuveiros multitemperaturas vêm com chaves pré-programadas que definem a temperatura da água – aqueles mais comuns que encontramos normalmente.  Por isso, se você prefere perfeição no controle de temperatura ou até mesmo água, prefira um chuveiro a ducha eletrônicos. Caso não sinta esta necessidade, os multitemperaturas serão de bom tamanho.

Na imagem, um projeto maravilhoso de área para banho, da arquiteta Elisabete Primati, de São Paulo (SP).

Tamanho do espalhador

O espalhador tem a função de direcionar o jato de água no momento do banho. Espalhadores maiores têm como benefício proporcionar um banho mais rápido e fácil. Já espalhadores de água menores direcionam mais especificamente as regiões a serem higienizadas. Existem modelos de espalhadores de tamanho pequeno que podem ser utilizados como hidromassagem, dependendo da pressão do jato. Defina sua escolha com o tamanho do seu box e o tempo médio do seu banho. 

Na imagem, um belíssimo projeto do escritório Minuscoli Martini Arquitetos, de Porto Alegre (RS). 

Tamanho do box

O tamanho do box para o banho é outro fator que influencia muito no momento da escolha. Para box menores, o ideal é escolher chuveiros ou duchas com espalhadores menores e pressão de água regulada. Isto evitará que o box inunde ou que poças de água permaneçam sobre o local por muito tempo. 

Neste projeto da Milla Holtz Arquitetura, o chuveiro foi perfeitamente escolhido para combinar com o tamanho do box. 

Economia

No fim, o que vale é economizar água e eletricidade. Por isso, coloque todas as nossas dicas na ponta do lápis, escolha um modelo que seja adequado às suas necessidades e desfrute ao máximo o relax que só um bom banho pode dar! 

Gostou das nossas dicas? Qual o seu modelo preferido de chuveiro?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!